Pequim 2008: Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro | Relvado

Pequim 2008: Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro

 


Pequim 2008: Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro
Nélson Évora é campeão olímpico do Triplo Salto. O atleta conquistou para Portugal a primeira Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim. É o segundo pódio para o nosso país depois da Prata de Vanessa Fernandes no Triatlo. Nélson Évora conseguiu o primeiro lugar com um salto de 17,67 metros.



O português ficou à frente do britânico Phillips Idowu (17,62 metros) e de Leevan Sands (17,59 metros), das Bahamas.

Depois de ter sido campeão do mundo nos Mundiais de Osaka, no Japão, em 2007, com uma marca de 17,74 metros, Nélson Évora não defrauda as expectativas e torna-se campeão olímpico.


Em Pequim, Nélson Évora fez 17,31 metros no primeiro salto e 17,56 à segunda tentativa.

O terceiro salto foi nulo e no quarto atingiu os 17,67 metros.

Ao quinto "voo" alcançou os 17,24 metros e no último salto, quando já tinha a certeza do Ouro olímpico, fez 16,52 metros.

A cerimónia de entrega das medalhas do Triplo Salto é amanhã, sexta-feira.


Fotos: Lusa


Jogos Olímpicos:

Comentários [170]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Força Nélson!!

Chega de clubismos... POR PORTUGAL!!!!

Já está!

Parabéns Nélson! Parabéns Portugal!

tá quase!:)

Re: Pequim 2008: Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro

Já se ouviu o HINO!! Foda-se perdão a minha linguagem mas até chorei :) Força Portugal, Obrigado Nelson!

Nelson de Ouro!!!!!!!!

Obrigado por este grande momento nesta participação atípica e cheia de casos loladas que nos envergonharam!!!!!!!! Grande campeão!!!!!! Cumps.

Finalmente...

As minhas expectativas cumpriram-se. Sempre achei este Nélson lutador, consistente e concentrado. Mostrou o ser e conseguiu cumprir o objectivo proposto e deixou o país radiante e orgulhoso pela quarta vez na história. Os melhores resultados de sempre que estes foram, não cumprimos totalmente os objectivos mas de qualquer forma Nélson e Vanessa estãode parabéns pois conseguiram finalmente orgulhar Portugal e só me resta agradecer-lhe por me deixar cheio de orgulho por ser Português. Grande Nélson, GRANDE PORTUGAL!

Força Nelson

Tu mereces miudo!!!

Parabéns

Para o Nelson apenas posso mandar os Parabéns e dizer que com ele a competir tenho orgulho em ser português. Aos portugueses apenas quero dizer que comecem a olhar menos para o futebol e mais para estes atletas, que festa teriamos feito se fossemos campeoes do Mundo e Olimpicos em futebol? Façamos uma maior ainda, porque este atleta não tem metade dos "mimos" dos futebolistas.

Aos autistas que misturam SLB com Portugal

Quantas vezes - tirando a lógica da bola de um argentino - viram competir com a camisola do Benfica o Nélson Évora ou a Vanessa Fernandes? Nojento a RTP que não conseguiu relatar em directo um feito destes ter logo depois transmitido uma reportagem em que por duas vezes referem o atleta do Benfica... Um nojo... p.s. - Atenção que a Rosa Mota foi medalhada quando era atleta do Foz e não do FCP, conforme muitos têm referido...

Um OURO para um CAMPEÃO!

Nelson Évora, campeão do mundo em 2007, campeão olímpico em 2008!! Parabéns! És grande Nelson! É nestes momentos que temos orgulho dos nossos atletas mas temos de ter também quando acontecem coisas más, pois sabemos que só não ganharam porque não puderam! Parabéns Portugal!

Parabens ao Nelson...

..sem muito barulho, conversas e promessas alcançou o objectivo duma vida e deu-nos uma alegria que muitos já não auguravam. Obrigado, Campeão!

Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro

MUITOS PARABENS NELSON E O MEU MUITO OBRIGADO.

Até Já!!!

Super Nelson, num super salto!!!! Obrigado por fazeres do meu dia normal, um dia em grande com o teu salto!!! Até já Campeão !!!! Vemo-nos dia 30!!!

Laurentino Palhaço

Depois de mais uma medalha oferecida por um atleta do grande SLBENFICA a todos os portugueses, mesmo aos que não a mercecem, quero ver se o sacana do Laurentino não pedir para fazerem um testezinho anti-doping. Só de me lembrar que este palhaço ainda se mantém no cargo graças a duas medalhas benfiqusitas quase que me apetece que as atirem ao rio Yang Tse. Parabéns Évora.

Re: Laurentino Palhaço

Então não te custa admitir que o Sporting é o clube português com mais títulos, com mais taças europeias e que tirando o Barcelona é o 2ºcom mais titulos europeus .

PARABÉNS NÉLSON!!!!!!!!

GRANDE CAMPEÃO!!!!!!!!! PS:EM PORTUGAL HÁ MUITA GENTE QUE NÃO GOSTA DE DESPORTO..................LIMITA-SE A ADORAR CLUBES!!!!!!!

mais uma medalha olímpica para o BENFICA:

E vão três medalhas olímpicas para o nosso Benfica. Um clube que muitos acham que está morto e só vive do futebol e vamos conseguir pelo menos três medalhas olímpicas. Vanessa Fernandes, a forte menina do triatlo, Nélson Évora, esse faltado fantástico e o incrível Di Maria que está na final do torneio de futebol com a sua Argentina. Parabéns Benfica por te fazeres rodear dos melhores dos melhores Saudações Benfiquistas Paulo Aboim Pinto http://escreversobretudoenada.blogspot.com/

Lindo, Lindo, Lindo.

Vi os saltos em directo. Não sujem o momento e as lágrimas que o Nélson derramou. Hoje o nosso heroi é o Nélson Évora.

Está à frente do concurso

Aleluia!

Haja medalha de ouro para este país! PARABÉNS NELSON! PARABÉNS PORTUGAL! Afinal há um Nelson de ouro no Benfica... sim que o outro do futebol é de... lata! lol Cumprimentos!

Nélson imortal!

Obrigado pelo orgulho que acabaste de dar a todos nós!!!

Nélson Évora ganha a Medalha de Ouro

kero ver as capas amanha dos jornais....... Nelson um muito obrigado!!!!!

Por acaso quando foi campeão do mundo...

..teve uma capa fixe na ABola.Amanhã terá outra...a nãos er que o benfica garanta um novo reforço ou algo assim....

BENFICA

3ª Medalha do BENFICA! A NAÇÃO BENFICA é superior a muitos países do MUNDO! A NAÇÃO BENFICA salvou a imagem da NAÇÃO PORTUGAL!

Parabéns Nélson

Parabéns Portugal e Parabéns BENFICA! «Os Jogos Olímpicos do nosso contentamento Os Jogos Olímpicos têm corrido de forma excepcional ao Benfica. Duas medalhas já cá cantam. A de prata de Vanessa Fernandes e a de ouro ou de prata de Angelito Di María. Do nosso ponto de vista, estes Jogos Olímpicos estão a ser triunfais. Do nosso, entendem? Não falo do ponto de vista do País, em particular. Falo do ponto de vista da nação, da nação benfiquista, a nossa. Começo, pois, com uma recomendação sincera e apologética. Abstenham-se de ler este relambório os patriotas da causa geral. Os contabilistas do Hino, os aljubarrotas do século XXI, os agiotas do ouro, enfim, os que não são do Benfica. Vá, desapareçam daqui. Vão-se embora. Mudem de folha rapidamente. Procurai neste jornal as páginas com o noticiário dos vossos respectivos clubes, entusiasmai-vos com o bom ritmo dos treinos dos vossos plantéis, agora que o campeonato está à porta. Ide-vos daqui para fora e já! Há muita coisa para vos entreter nesta edição. Por exemplo: a programação televisiva completa dos quatro canais generalistas, os horários das transmissões em directo por cabo, outros artigos de opinião, aqui mesmo ao lado, menos tendenciosos, mais ponderados e, finalmente, têm sempre à vossa disposição o noticiário das modalidades ditas amadoras e do futebol internacional, dependendo da vossa inclinação para uma coisa ou para outra, ambas (as inclinações) respeitáveis. Não há, assim, razão alguma que justifique o facto dos leitores não-benfiquistas perderem tempo a ler estas linhas. E hoje, muito especialmente, é aconselhável que não o façam para não se irritarem mais do que têm por hábito. É que anda à solta uma choramingueira por causa dos Jogos Olímpicos. A missão tuga em Pequim não consegue de modo algum resolver as frustrações nacionais do nosso pequeno País periférico, carregando-nos de medalhas para que nos sintamos iguais aos demais países importantes. E menos em crise, obviamente. É exigir de mais aos nossos atletas, convenhamos. Tudo o que os nossos atletas sabem e são capazes de fazer não aprenderam na escola porque no nosso País o desporto escolar é insuficiente, vá lá, medíocre. E, na caça pura e dura ao subsídio, os clubes de futebol substituíram-se ao Estado na promoção da prática desportiva, chantageando o mesmo Estado em nome dos interesses e da saúde da mocidade portuguesa, exigindo e recebendo dinheirito para a construção de piscinas e de pistas de atletismo que, frequentemente, se consubstanciaram em pontas-de-lança contratados no Brasil através de um empresário amigo. Andámos nisto anos. Coitados dos nossos atletas. No final de contas não passam de atletas de um pequeno País bastante adorável que poderia até aspirar a ser uma espécie de Califórnia da Europa se não fosse, geneticamente, um modelo de desorganização e de desculpabilização, o que nos dá um certo encanto, dizem os estrangeiros que nos visitam e logo voltam melancólicos para as suas terras, nada exóticas, e muito bem tostados pelo nosso Sol. A imprensa de ontem vociferava contra o dinheiro que custou ao erário público subsidiar a preparação dos nossos atletas para os Jogos Olímpicos: 14 milhões de euros! Um escândalo. Quase metade do passe do avançado neozelandês Hulk, novo reforço do Futebol Clube do Porto, e quase meia dúzia de carris em plástico japonês importados para o TGV que nos há-de ligar ao mundo civilizado. Está, assim, o País numa tristeza profunda por causa dos Jogos Olímpicos e dos nossos atletas que não só não ganham nada como se esmeram em justificações que ainda entristecem mais do que as derrotas. Ah, se não fosse o Benfica, o que seria deste País? Duas medalhas já cá cantam. A de prata de Vanessa Fernandes e a de ouro ou de prata de Angelito Di María, esse portento argentino, titular indiscutível da selecção olímpica do seu país, incapaz de convencer a crítica portuguesa pela simples razão de ter orelhas de abanico. Os Jogos Olímpicos têm corrido de forma excepcional ao Benfica. Mesmo o que começou mal, terminou em glória. Regozijaram-se os nossos adversários pelo facto de Di María ter permitido que o guarda-redes do Sporting, Stojkovic, lhe defendesse dois pontapés de grande penalidade no decorrer do jogo Argentina-Sérvia. Foi-lhes Sol de pouca dura. A Sérvia ficou pelo caminho e a Argentina vai jogar a final do torneio olímpico. A medalha do nosso Di María está garantida. E a medalha da vossa Naide Gomes, onde está? Não há nada melhor do que um Benfica-Sporting em Pequim! Quanto a Vanessa Fernandes, o que dizer não da sua prata mas do que disse quando terminou a corrida? Enquanto os seus colegas de missão protestavam contra as horas roubadas ao calor dos lençóis, diziam mal dos cavalos e dos adversários, a nossa Vanessa Fernandes exibiu um discurso em tudo diferente, um discurso campeão na escolha das palavras. «No ciclismo as gajas estavam loucas, corriam todas à fussanga.» Isto sim, é saber estar, é saber ganhar, é saber perder, é ser grande. Numa palavra, é ser do Benfica. As últimas linhas ficam para Telma Monteiro, a nossa judoca benfiquista. Não chegou às medalhas, paciência. Explicou no final do seu combate que foi prejudicada pelo árbitro. Compreendemo-la perfeitamente. Console-se Telma, há situações, em perspectiva, bem piores do que a sua e que também nos dizem respeito. No próximo domingo começa o campeonato de futebol. Vamos a Vila do Conde jogar com o fogoso Rio Ave. Sabe quem é o árbitro? O Carlos Xistra. Olhe, com o Carlos Xistra de árbitro no Estado Olímpico de Pequim a Naide Gomes tinha conquistado o ouro. Viva Portugal! Vicente Moura, presidente do Comité Olímpico Português, anunciou a sua intenção de resignar ao cargo depois dos Jogos. Vicente Moura traçou objectivos e metas de sucesso para Pequim e vendo a impossibilidade de atingir o patamar proposto entendeu que é altura de dar o seu lugar a outro. Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, acha mal a decisão de Vicente Moura e veio a público dizê-lo. Em Portugal ninguém se demite, esta é uma regra de ouro, de prata e de bronze. E o presidente do Comité Olímpico não pode dar esse mau exemplo. Viva Portugal! Se Vicente Moura abandonar mesmo o cargo de presidente do Comité Olímpico Português um bom substituto seu seria o juiz António Gonçalves Pereira, que brilhou intensamente nas suas funções mal compreendidas de presidente do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol. Vão pensando nisso… Viva Portugal!» Leonor Pinhão

Re: Parabéns Nélson

Então não te custa admitir que o Sporting é o clube português com mais títulos, com mais taças europeias e que tirando o Barcelona é o 2ºcom mais titulos europeus .

Palavras da Pseudo-Jornalista...

...a tal miss palito,que escreve sob o pseudenomio de Carolina Salgado. LOLOLOLOLOLOL

Re: Parabéns

o seu estado de demencia é irreversivel trate-se porque pelo discurso ainda deve ter no maximo 12 anos e com ajuda medica pode ser que daí ainda saia um homenzinho

Re: Parabéns Nélson

Bem, agora é que confirmei. O Leonor é autista e ainda não sabe. Não lhe fizeram o teste do pézinho e deu nesta merda. Pena tenho eu da esposa, a realizadora desautorizada, que muita testosterona deve levar naquele anus. Familia à Benfica! E recordar ao autista que o Leitão também já deu muitas alegrias ao país e que as Motas e o Lopes deste país lutaram pelas quinas e não pela gaivota!

Re: Parabéns Nélson

Não pode haver maior clubite do que misturar precisamente os clubes com os Jogos Olímpicos. Especialmente no imediato após uma vitória espectacular e que nos enche a todos de orgulho. Daí a minha moderação. Cumprimentos.


www.casasdeapostas-portugal.com