Jornalismo Vergonhoso! | Relvado

Jornalismo Vergonhoso!

 

O artigo do senhor é o seguinte:«PARA QUÊ?De 4 em 4 anos, a seguir aos Jogos Olímpicos, lá vem a história dos Paralímpicos. O pessoal com "handicap" (físico ou mental) aproveita as instalações desportivas olímpicas e vai também à caça à medalha. O Mundo considera isto um acontecimento! Mas não é. Quando muito é uma boa ideia que sobretudo serve de motivação a quem nasceu e cresceu com problemas. De aí até fazer dos Jogos Paralímpicos um acontecimento, com páginas de jornal, vai uma grande distância. A não ser pelo bizarro da coisa... Só consigo encontrar uma explicação para isto: os "eficientes" justificam a sua geral indiferença pelos "outros" com este tipo de paternalismo. A treta do costume. O desporto de alta competição nada tem a ver com esta espécie de ATL com cães-guias, próteses da Puma e jogos de salão...PS - Presente em Pequim, Laurentino Dias considerou a conquista de uma medalha de Ouro em Boccia (?????????) "o momento mais bonito do meu mandato". Ok, já sabíamos que não está a ser um grande mandato - o que não sabíamos é que ia assim tão mal...»Agora relvas, digam-me de vossa justiça...Todos os seres humanos têm direito às mesmas oportunidades e eu como português fico muito orgulhoso pelo esforço e dedicação que os Paralímpicos portugueses fazem em prol do nome de Portugal!RuiGouveia

Jogos Olímpicos:

Comentários [32]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Esse anormal...

Que nem merece a conotação de HOMEM, calado é poeta! Este texto sobre os Jogos Paralímpicos é simplesmente vergonhoso. Havia de ser proibido publicar o que escreve! P.S A propósito deste texto dava-me vontade de lhe responder... "Tens inveja deles é?! É que tens muito mais deficiências do que eles. Não percebo esse sentimento..."

Re: Esse anormal...

Censuras mais não! Está bem! Podes criticar o que entenderes, e por acaso até me parece que o artigo está bem feito e tem uma interpretação ao contrário, mas censura outra vez é que não! As pessoas têm direito à sua opinião mesmo que pensem errado!