Particular Boavista-Benfica antecipado para não colidir com Portugal-Suécia | Relvado

Particular Boavista-Benfica antecipado para não colidir com Portugal-Suécia

 


Particular Boavista-Benfica antecipado para não colidir com Portugal-Suécia
O jogo de futebol Boavista-Benfica, a realizar no âmbito de uma iniciativa de apoio ao clube "axadrezado" promovida pela PT, foi antecipado para as 20:30 de sexta-feira, 27 de Março, para não colidir com o Portugal-Suécia.




A revelação foi hoje feita à Agência Lusa pelo presidente do Boavista, Álvaro Braga Júnior, que fez questão de «agradecer a disponibilidade da PT e do Benfica para que o jogo fosse alterado e não suscitasse qualquer dúvida». O encontro estava inicialmente marcado para as 17:00 de sábado, igualmente no Estádio do Bessa, pelo que terminaria duas horas antes de começar o jogo de apuramento para o Mundial2010 entre Portugal e a Suécia, com início marcado para as 20:45 no Estádio do Dragão, também no Porto.

Quando soube «do desagrado da Federação Portuguesa de Futebol [FPF] e das declarações de Gilberto Madaíl», o presidente da FPF, Álvaro Braga Júnior iniciou contactos com o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e com o administrador da PT ligado ao processo, Rui Pedro Soares, para alterar o jogo. «A Selecção nacional é para nós uma questão unânime, como queremos que o Boavista também seja», sublinhou o presidente "axadrezado", para quem o que passa a acontecer é que «o aperitivo» do Portugal-Suécia passa a ser na véspera e não três horas e 45 minutos antes do jogo de Selecções.

Lembrando que «são públicas as dificuldades do Boavista» - com graves problemas financeiros e na época passada despromovido à Liga de Honra na sequência do processo "Apito Final", após ter sido campeão nacional em 2000/01 -, Álvaro Braga Júnior congratulou-se por o clube contar com o apoio da PT e do Benfica. «São públicas as dificuldades do Boavista e naturalmente ficamos satisfeitos por conseguir envolver uma empresa como a PT e um clube como o Benfica numa iniciativa importante na caminhada que tenta envolver o clube com a cidade do Porto e devolver o clube ao seu passado brilhante. Isso só é possível com empresas fortes», afirmou.

O jogo particular Boavista-Benfica resulta de uma iniciativa de apoio ao clube "axadrezado" promovida pela PT, cujas receitas revertem para o emblema da Liga de Honra. O Boavista debate-se com um passivo de 90 milhões de euros e, quando a iniciativa foi apresentada, na quarta-feira, o administrador da PT Rui Pedro Soares adiantou que «este primeiro apoio não será o último».

Sem revelar o valor de aquisição, Rui Pedro Soares disse que «a PT comprou os 30.000 lugares do Estádio do Bessa e vai revendê-los a um valor mais baixo [dois euros]», mas o Boavista também vai beneficiar das receitas resultantes da negociação dos direitos de transmissão televisiva, através da BenficaTV, e publicidade, entre outras fontes. «Não podíamos assistir com indiferença àquilo que se está a passar com o Boavista. As pessoas não podem permitir que aconteça ao Boavista o que aconteceu ao Salgueiros», acrescentou o administrador da PT, que se apresentou como «simpatizante de um clube da cidade que não o Boavista».

Lusa

II Liga:

Comentários [1]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Atitude sensata

e esperada. Não fazia sentido nenhum ser no mesmo dia que a selecção. Cumps