O treinador bom e o treinador mau | Relvado

O treinador bom e o treinador mau

Para meu 1º artigo escolhi um assunto que enche bancadas de estádios, cafés, paragens de autocarros.
 
Vítor Pereira, Jorge Jesus e Domingos

Boas tardes, antes de mais, quero dizer que é um gosto a partir de hoje fazer parte deste mundo, que me parece acessível, e bem mais correto que outros do mesmo género.

Para meu 1º artigo escolhi um assunto que enche bancadas de estádios, cafés, paragens de autocarros, conversas de táxi, conversas nas filas de espera e por ai fora...

Hoje em dia o que é um bom treinador? Que qualidades tem de ter um treinador de futebol? É o treino diário o mais importante? O trabalho psicológico tem a mesma importância, que o treino, que o conhecimento do grupo?

A verdade indiscutível é que é sempre a 1ª cabeça a rolar quando algo não corre com o que esta planeado, é a forma mais fácil de abafar alguns problemas graves com que alguns clubes se debatem...

No futebol de hoje, quem programa uma equipe e uma época? o treinador? O diretor desportivo? Ou alguns presidentes que por terem umas "notas de euro" se julgam capazes para preparar equipes e saber com inteligência aquilo que as mesmas necessitam?

Acho que todos aqueles que entendem um pouco de futebol conseguem olhar para um clube e entender que tipo de plano foi utilizado por aquela instituição, de que forma é ou não bem visto determinado treinador, as suas ideias, o seu passado, mas principalmente se gera consenso dentro de um clube.

Domingos era o homem ideal para o universo sportinguista? Jesus é para todos os benfiquistas o senhor certo para levar o Benfica à gloria? Vítor pereira tem todo o espaço para trabalhar no Porto e é um nome bem visto pelas bancadas do Dragão? Sá pinto mudará de vez o Sporting, para voltar a ser um verdadeiro candidato?

Acho que em todas estas perguntas, existem mil formas de conseguir responder...

Na minha humilde opinião, entendo que o futebol português, o nosso futebol deve crescer, deve olhar à sua volta, deve de uma vez por todas conseguir entender a qualidade que tem, e que dela pode viver, sem recorrer sempre aos mesmos mercados, e sem dar sempre aos mesmos senhores as boas possibilidades de negócio.

Em Portugal existe imensa gente que sabe muito de futebol, mas também existe muita gente sem tempo para o entender.

Para o bom treinador é necessário tempo e para o mau treinador também. E só depois do tempo... devemos tirar ideias e decisões.

Não existe tanto clube que não dá tempo e perde épocas de trabalho na mesma? Então...

diversos:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Mais um Relvinha da treta

Registou, enviou.... publicou!

Que vergonha de site que espanta os bons relvinhas e depois socorre-se de artefícios para ter artigos!

Tanta indagação..., até nas "bichas" dos autocarros, bai lá bai.

"...Domingos era o homem ideal para o universo sportinguista? Jesus é para todos os benfiquistas o senhor certo para levar o Benfica à gloria? Vítor pereira tem todo o espaço para trabalhar no Porto e é um nome bem visto pelas bancadas do Dragão? Sá pinto mudará de vez o Sporting, para voltar a ser um verdadeiro candidato?"

Entre outras questões..., é mesmo para quê???, sim treinador bom e mau???

Cá para o "JE" depende da bola que entra e a bola que passa a «"rés-vés a razar o poste ou o campo-de-ourique...»

Bom é quem ganha, mau é o que perde ou que fica em segundo o primeiro dos últimos..., para bom entendedor dos propalados..., é, é (NENHUM)!!!