Simulações devem ser punidas? | Relvado

Simulações devem ser punidas?

 

fjpc sublinha que "senão, vamos assistir
ao longo desta temporada ao cinema que se tem vindo a assistir: no campo parece
que mataram o homem, para o mesmo à saída do balneério vir dizer que afinal nem
lhe tocaram..."

I Liga:

Comentários [9]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Acho que é bastante claro...

...que as simulações em altura alguma devem ser punidas. A questão está no exigir árbitros de qualidade que saibam distinguir simulação de falta.

Assim, são criadas outras injustiças que se podem tornar bem mais graves. Do tipo do jogador que é derrubado e que o árbitro ainda por cima castiga por eventual simulação. E depois à todas as questões de castigos aplicados na secretaria que criam polémica e "cheiram sempre muito mal".

Agora a tripeirada toda anda em completo transe alimentado pelo empate (feliz empate) na primeira jornada e pelo castigo ao Capucho. Não conheço o "caso" Capucho nem me interessa!
Quanto agora tão propalado anti-jogo e descontos, apenas duas ideias gerais :
1) Anti-jogo, já vi o Porto fazer, muito e sujo,
2) Um jogo de futebol tem em norma 90 minutos e aí estão compreendidos todas as incidências do jogo. Não vamos chegar ao cúmulo de estar a contar apenas o tempo de futebol jogado, senão iriamos cair no ridículo e na cretinice de jogos como o basket onde por vezes estramos ali meia-hora para ver jogar o último minuto, e aquela merda nunca mais acaba. Cronómetros deixo-os para a tripeirada, para depois virem com as bacoradas do costume que deviam ter sido 10mim de descontos. Já não tenho paciência para este tema!

Re:Acho que é bastante claro...

Obrigado por esta «excelente verborreia», ó Filho de um Malheiro...

Marco Aurélio

Não percebo porque é que refere o episódio do Marco Aurélio. O jogador só afirmou que não viu nada de anormal no túnel, ao contrário do Malheiro (que sabe-se lá como é que viu).
Quanto à moeda, foram estas as suas palavras, que não são difíceis de confirmar:
«Fui atingido na cabeça por um objecto lançado por alguém da bancada na
altura em que falava à Rádio. Fiquei a sangrar e um pouco atordoado mas,
passado algum tempo, segui para o balneário onde fui observado»
Que eu saiba ele não simulou nada. Por episódios semelhantes já se interditaram estádios. A sorte do FCP é que nós no CFB andamos muito benevolentes. Mas por mim não devia ser assim. Qualquer dia acaba-se o contra-sistema (se já não é outro sistema).

Simulações

Sou um adepto que acompanho o futebol todas as semanas e é claro que os culpados são os arbitros porque as regras mandão punir...Só que uns cumprem outros não,e parece que os relugamentos não são iguais para todos reparem...o Dário é expulso 3 semanas depois este jogador joga e depois é punido,mais o caso do Capucho..eu deixo uma pergunta..
Se algum desses jogadores fossem expulsos na semana passada ?

Má pergunta...

A pergunta não deve ser: ser
Simulações devem ser punidas?
porque, pelas regras do futebol as simulações são punidas!

A pergunta é:
Quando vão os árbitros começar a punir:
      1) as simulações?
      2) e os empurrões na área aquando dos pontapés de canto?
      3) e???

E quando teremos uma contagem de tempo eficaz que não permita o anti-jogo?

E???
Bem, fico-me por aqui...

sou árbitro

e estranho a sua forma de colocar a questão...
O antí-jogo é punido, como é punido qualquer comportamento antí-desportívo.

É a sua forma de ver e de sentir, não me revejo nela, mas ok... é a sua opinião.

Re:sou árbitro

O antí-jogo é punido, como é punido qualquer comportamento antí-desportívo.
Pois é! Ou melhor, pois deveria ser! O que eu pergunto é:
      - Porque razão alguns (poucos) árbitros cumprem a lei e a grande maioria não?

Só para dar um exemplo: uma equipa está a ganhar por um golo de diferença (não interessa se em casa se fora - são todas iguais)! Há um pontapé de baliza a executar e o guarda-redes demora uma eternidade a colocar a bola na pequena área e a pontapear a bola, certo?
Quantas vezes vimos um guarda-redes a "levar" amarelo numa situação destas? Muitas!
E quantas dessas vezes foram antes dos cinco minutos finais? Poucas, muito poucas (assim de memória não me lembro de nenhuma, porque será?)!

Há dois anos atrás o Guarda-Redes Quim (do SCBraga), num jogo com o VGuimarães demorou algum tempo a repôr a bola em jogo depois de uma defesa! Como sabemos, os regulamentos dão 6 segundos ao GR para repôr a bola! O árbitro (que nem me lembro quem era - não interessa para o caso) marcou (e bem, como vamos ver a seguir) livre indirecto dentro da área contra o SCBraga. O Braga estava a vencer por 1-0 e, se ainda me recordo bem, acabaria por perder o jogo! Verificou-se depois que o GR do Braga tinha demorado 6.1 segundos a "livrar-se" da bola!
Onde quero chegar com tudo isto? Que alguém me enumere mais algum caso de livre indirecto como este!

Com isto tudo o que quis dizer foi que, os árbitros já têm, na maior parte do tempo, dispositivos que lhe permitam combater aquilo que foi perguntado (o anti-jogo)! Agora a realidade mostra que eles (os árbitros) não aplicam as leis de jogo para toda a gente (e quando é um "grande" então é melhor nem contar com isso, senão...)

Fique bem, e não leve o relvado tão a sério... :-)

correcção

o meu proposito era debater um possivel castigo pela FPF ou CD ou outro orgão qualquer que viesse a castigar os actores que temos em campo apos o jogo, porque muitas as vez o arbitro não o principal responsavel pelo erro cometido (temos no nosso campeonato grandes promessas para futuras novelas da TVI).

um abraço

Re:correcção

E depois:
      ... andam a desautorizar as equipas de arbitragem...

:-)


www.casasdeapostas-portugal.com