Rui Santos: Paulo Bento pode ser despedido sem indemnização | Relvado

Rui Santos: Paulo Bento pode ser despedido sem indemnização

O comentador fala do acordo de renovação entre o selecionador e a Federação e também considera que R
 
Rui Santos no Relvado 1 (fundo verde)
Miguel Ribeiro Fernandes/VIA

Rui Santos considera que "Rui Patrício está a ser uma das figuras do campeonato". Na sua habitual análise no programa "Tempo Extra, da SIC Notícias, o comentador constata que no embate de sábado, no Estádio do Dragão, entre o FC Porto e o Sporting, "estiveram frente a frente dois jogadores que são os mais emblemáticos deste campeonato, Rui Patrício e Hulk".

Do avançado portista o analista desportivo refere que "foi uma das grandes figuras do FC Porto bicampeão", atestando que o brasileiro e o guarda-redes português são "duas figuras relevantes nesta Liga".

No seu comentário no programa televisivo, Rui Santos revela ainda que o acordo de renovação de Paulo Bento com a Federação Portuguesa de Futebol prevê duas cláusulas de "proteção mútua" que permitem a qualquer das partes a rescisão, após o Euro 2012, sem que haja contrapartidas financeiras envolvidas. "Este acordo permite às duas partes poderem libertar-se sem nenhum tipo de consequência", afiança o comentador.


Rui Santos nota que se trata de uma "solução boa", considerando que se o Campeonato da Europa "for um fracasso rotundo" para a Seleção Portuguesa, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) "tem a prerrogativa de dispensar o selecionador nacional sem nenhuma contrapartida". E se pelo contrário, Portugal fizer um "grande campeonato da Europa", com a consequente "valorização da Seleção, mas também do selecionador nacional", podendo assim aparecer eventuais "interessados" na contratação do treinador, "o que está estipulado no contrato é que Paulo Bento pode fazer um acordo com quem suscitar esse interesse", frisa Rui Santos.

"Não é um contrato espartano em que não haja nenhuma escapatória possível", considera ainda o comentador, notando que "as coisas aconteceram muito naturalmente, mas isto não ressaltou para a comunicação social". Foi um "assunto que demorou imenso tempo a resolver", analisa, apontando que a confirmação da renovação surge "168 dias depois de Paulo Bento ter suscitado essa questão, quase cinco meses e meio, é muito tempo para fazer um contrato que, segundo a comunicação social, foi só alterar a data". "Dá a sensação de que foi uma negociação muito complexa quando não foi", conclui.

Veja o vídeo com as declarações de Rui Santos sobre Paulo Bento no "Tempo Extra":

Seleção:

Comentários [2]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Como?

Seu curioso! Voyeur!!!

O Rui Patricio !!!!!

Só se for pelo PPCristovão filmar-lhe os tintins ou algo parecido.