O que o PSD pretende fazer no Desporto | Relvado

O que o PSD pretende fazer no Desporto

Fique a saber o que o partido que venceu as eleições promete no seu programa eleitoral, na parte de
 

O Relvado mostra-lhe, na íntegra, o que o PSD, partido que venceu as eleições legislativas deste domingo, prometeu para o Desporto no seu programa eleitoral. "Profissionalizar os agentes desportivos" é um dos itens.

O programa do PSD para o Desporto:

"Os Desafios da Mudança
Em primeiro lugar importa referir, para mais no atual contexto crise, o modelo prosseguido nos últimos anos, o qual é marcadamente determinista e pouco cooperativo com outros parceiros envolvidos no sector.

O PSD entende o Desporto como uma componente essencial do desenvolvimento integral dos cidadãos e pretende criar condições para estimular, não só o desporto escolar, mas também o desporto amador, e o de alto rendimento e ao mesmo tempo estimular a população portuguesa a ser mais ativa na prática do exercício físico.

Objetivos-chave para a Mudança
- Incrementar a prática desportiva, quer em termos de número de praticantes como de frequência, contribuindo para uma população portuguesa mais saudável;
- Melhorar a acessibilidade e aumentar em especial a participação desportiva por parte de franjas particulares da sociedade (portadores de deficiências, crianças e jovens, praticantes seniores, imigrantes), promovendo a sua Inclusão;
- Promover um modelo colaborativo e uma ação concertada entre os vários intervenientes da sociedade civil, movimentos associativos (clubes, associações e federações), agentes desportivos (praticantes, dirigentes, técnicos, juízes e árbitros) e entidades públicas (Administração Central, autarquias e escolas, entre outros);
- Atuar de forma mais interventiva na construção de uma sociedade eticamente desportiva, erradicando a violência, vandalismo, dopagem, intolerância, racismo e xenofobia.

Eixos de Ação para a Mudança
- Efetivar um Programa que fomente a prática desportiva contínua ao longo da vida, contemplando inicialmente a introdução à prática desportiva e competição através da dinamização do desporto escolar, clubes e associações e promovendo a identificação, desenvolvimento e profissionalização de talentos em centros de alto rendimento;
- Apostar num projeto de identificação e desenvolvimento de Talentos no âmbito dos Programas de Preparação Olímpica e Paralímpica;
- Ajustar os estatutos de acesso ao alto rendimento, compatibilizando-os com a formação escolar dos seus atletas (“carreiras duais”) e definição de modelos de gestão dos seus centros que incluam não só a administração pública desportiva como as autarquias e federações desportivas;
- Promover o Mecenato Desportivo e abrangê-lo no âmbito do Estatuto do Mecenato;
- Profissionalizar os agentes desportivos e qualificá-los através de um Plano Nacional de Formação em parceria com as Universidades, mas também internamente nas Federações;
- Analisar a gestão de direitos desportivos, de propriedade intelectual e media para assegurar o financiamento independente das atividades desportivas, respondendo em simultâneo à procura e preferências culturais e às regras de mercado e da concorrência;
- Avaliar e redefinir os critérios de apoio públicos, tendo em conta o contexto macroeconómico e novos critérios de integração no estatuto de alto rendimento e a sua conciliação com outros financiamentos das federações e comités olímpicos. Ainda assim, com critério perspetiva-se:
- Assegurar a requalificação e melhoria das infra-estruturas e materiais de apoio à prática desportiva e modernizar o Centro de Alto Rendimento do Jamor, assim como alterar o seu modelo de gestão
- Alterar o modelo de gestão do serviço público de medicina desportiva, privilegiando a instalação de unidades médicas e de controlo de treino nos Centros de Alto Rendimento
- Projetar o Desporto Nacional internacionalmente e de forma concertada com o Turismo. Ainda que se pretenda maior critério em candidaturas a grandes eventos, limitando o apoio somente aqueles que assegurem um efetivo retorno económico, turístico e desportivo, Portugal tem condições para criar um Programa de Embaixadores que beneficie da notoriedade internacional dos praticantes desportivos nacionais e também da de internacionais que atuam em Portugal.
- Promover uma maior cooperação com países do espaço lusófono, europeu e ibero-americano, assim como junto de Organizações Internacionais."

Acompanhe os artigos do Relvado no Facebook e no Twitter.

diversos:

Comentários [51]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Prémios da Liga relvado

E os prémios (30ª jornada)? pá... não há?

Arealidade é só uma -

Arealidade é só uma - ESTAMOS ENTREGUES A DOIS RAPAZOLAS -

Nada, como é seu timbre, então coligadinhos com o paneleiro

vai ser o regabofe nacional, venham submarinos nucleares e mais abiões a jacto e mais uma carrada de blindados anti-motim, que isto vai ser o fim do mundo em cuecas, com este Paços do Concelho a dirigir a orquestra e o Paulinho das feiras a tocar saxofone de dois papos...

Alguem sabe onde posso..

..fazer o download do programa completo do coelhone?

Consultei-o no site do psd mas não dá para sacar. Ou se dá nã o consegui.

Sobre o desporto e o conteúdo propriamente dito que podemos ler, é um conjunto de tretas que ficam bem em qq programas mas que só farão algum sentido depois de vermos as medidas que serão colocadas em prática. Até lá valem o que valem.

Afinal

há uma coisa que me deixa intrigado, estes clubes jogam em relvado natural ou sintético.
Não é suposto que aqui se fale de futebol?
Agora também se fala de politica no Relvado?

Saudações (des)portistas

__________
Dragãoport

Enquadra-se totalmente...

Enquadra-se totalmente...

Este crápula se tivesse

Este crápula se tivesse vergonha na cara nem aceitava ser primeiro-ministro: primeiro de tudo por ter havido uma abstenção enorme, segundo porque provocou a crise propositadamente para ir para o poleiro.
Este país com gajos destes não vai longe.
Aliás, este país não sairá da miséria nunca mais.
Aguarde-se os protestos dos próximos dias, quando se souber verdadeiramente, que até agora nada se sabe, o que este gajo vai fazer.
Não me espantaria que este gajo superasse o governo de Sócrates quanto às manifestações. É que é mesmo o que vai suceder, quando ele começar a dizer: menos feriados, menos férias, menos salários, menos menos menos menos ... Pois para ele é tudo menos. Mais, só trabalho, porque os portugueses já trabalham pouco. Porcos de gajos.
Há portugueses a trabalhar 12 horas dias e estes gajos a dizer que devemos trabalhar mais, Há portugueses a trabalhar com 65 anos e quase sem terem forças para trabalhar e estes gajos a quererem aumentar a reforma.
Ou nos pomos finos ou então os nossos filhos nem viver vão poder, dado que só terão de trabalhar, trabalhar para sustentar este capitalismo hediondo, de que este crápula é grande adepto.

Mas se, como dizes, este gajo provocou isto...

...para ir para o poleiro, não foi o que conseguiu? E querias que agora desistisse? Onde está a lógica desse pensamento?

Haja paciência..

Haja paciência..
O país está de rastos e goste-se ou não, houve uns vencedores..
Vivemos em Democracia...

Nem tens o mínimo respeito..
Lamentável..

Mas tu és mesmo louco?

Insultas muito e acertas pouco! Mostras-te incapaz de entender o que é democracia e de conviver com os que têm idéias diferentes! E sobretudo nem sequer és capaz de dar um argumento decente!
José Sócrates foi o pior Primeiro Ministro da história deste país! Dobrou a dívida externa durante o seu consulado e conduziu-nos à bancarrota! Mentiu e enganou tudo e todos mas ainda há quem ache que devuia continuar! Felizmente são uma minoria senão este país estava tramado!
Vamos ter um novo governo e ainda bem! Precisamos de nos unir e de entender que este país precisa de uma mudança profunda para se construir um futuro melhor!
E dispensam-se bem os insultos gratuitos e a revelarem falta de educação e de espírito democrático!

Meu carro Dragão13! Quando o

Meu carro Dragão13!
Quando o senhor quiser discutir democracia a sério, pode-se marcar um encontro e aí discutimos democracia a sério. Mas antes, convém-lhe ler alguns livros sobre o tema; aconselho-o a ler Paideia, de Jaeger, para começar, que lhe dá ponto de vista do que era a democracia ateniense, e não só, bem como os direitos, etc. Depois, claro, deve ler República de Platão, mas não o leve muito a sério, que esse bem que enganou toda a gente, dado que via na democracia um mal e queria dar o poder aos sábios, esquecendo-se que a natureza humana é corruptível por natureza. Depois, leia Popper, cujo autor não gosto muito, mas leia as críticas que faz em The Open Society and Its Enemies ao programa de Platão. Depois, claro, leia mais uma plêiade de autores sobre o tema. Quando estiver preparado, aí podemos discutir democracia.
Por fim, meu caro, eu sou apolítico e apartidário, logo não me podem estar a acusar do que quer que seja. Mas sou sobretudo imparcial e tanto quanto possível racional na minha visão, e esta me diz que este homem é completamente ultra-liberal, o que, levará a um país ainda mais miserável. Não sou adepto do livre mercado desenfreado como esse senhor o é, tal como o Popper o era, e justamente por não ser e por ver este homem a querer abrir mão dos direitos e garantias dos trabalhadores para os enchafurdar ainda mais na miséria e mormente na escravatura, é que me insurjo contra ele.
Por fim, deixo-lhe estas palavras do Derrida, que pode ser que lhe façam luz no seu exímio pensamento:
“… Porque a democracia resta por vir, tal é a sua essência na medida em que ela resta: não apenas ela restará indefinidamente perfectível, logo sempre insuficiente e futura mas, pertencendo ao tempo da promessa, restará sempre, em cada um dos seus tempos futuros, por vir [à venir]: mesmo quando há democracia, esta não existe nunca, não está nunca presente, permanecendo o tema de um conceito não apresentável.”

me apetece aplaudir, o Dragão13 só sabe falar de futebol, verdade que tem bons gostos, pois é do F. C. do Porto, também não podia ter só defeitos. (brincadeira) lol

José Sócrates o pior PM da história?

Sendo tu uma pessoa já com alguma idade (não te estou a chamar velho), como podes dizer tal barbaridade? E como podes ignorar o momento que o país, a Europa e o Mundo atravessaram durante o mandato do socialista?

No último ano e meio Sócrates

No último ano e meio Sócrates nem governou, foi uma autêntica espera pela ida ao pote. Se bem te recordas, desde essa altura o juro foi sempre aumentando. Eram os orçamentos de estado aprovados sempre no último dia, com o psd sempre a mostrar indecisões propositadas, nos pec's a mesma coisa... Isso levou ao aumento do juro e da dívida... Não te preocupes com o Sócrates, no mínimo daqui a 10 / 15 anos será PR. Até lá arranjará algo de topo na Europa ou Onu por exemplo...

Caro Dragao13

para todos os pontos de vista, há sempre duas maneiras de ver as coisas. Longe de mim defender o Socrates mas afirmar com todas as letras que foi o pior primeiro ministro da história isso sim é ir longe demais. Só por curiosidade...lembra-se do Durão? E o Santana? E que tal o Guterres? Sem esquecer o grande Cavaco...

Azar é termos continuadamente a pior "cambada" politica da história da humanidade durante mais de 30 anos de democracia!

Falta Mário Soares, para pior

Falta Mário Soares, para pior de sempre estou entre um e outro. O Guterres ainda se esforçou, mas a concorrência foi demais!

Não colocar aí o Cavaco... é

Não colocar aí o Cavaco... é clubite aguda. :p

LOL

bem metida.
Mas considero em especial o segundo governo de cavaco um dos piores. Aquilo é que foi esbanjar dinheiro dasss

O 1º governo do Cavaco foi

O 1º governo do Cavaco foi mesmo muito bom, houve grandes reformas na altura. O 2º já sofreu de "tachismo" mas tendo em conta o que se seguiu, acho que injusto será coloca-lo no mesmo saco.

Sócrates também teve 3 anos

Sócrates também teve 3 anos bons e ao 4º levou com a crise em cima perdendo a maioria que tinha... Perdemos 1,5 anos taxativos, mais os que aí vêm escusadamente... mas pronto somos latinos.

JS foi um péssimo PM

Só pelas mentiras constantes que foi contando, JS foi um péssimo PM.
Acima de tudo, é necessário a verdade para se ultrapassar as dificuldades, JS mentiu permamentemente sobre o estado do país.

Em 2008, ganhou umas eleições baseado num chorrinho de mentiras (passadas poucas semanas depois das eleições o défice duplicou.. foi tipo Supresa!!!).

700mil desempregados, a segunda maior vaga de emigração de portugueses e 80mil milhões de défice em 6 anos dizem tudo sobre o que foram os Governos de JS.

Vamos andar anos a recuperar desta governação.

Mas de quem prima pela Imagem acima de tudo, não é de admirar..

Vais andar anos...

...a recuperar da crise. Pior do que a merda que o Sócrates fez, só mesmo constatar que as pessoas colocam as culpas todas em cima do homem. E do historial do Passos Coelho ninguém fala?

Os portugueses são mesmo uma cambada de paus-mandados. Sócrates, nunca! Então vamos votar no outro badameco, é o que há, pelo menos mudamos....! Foda-se que tristeza de povo...

Nem mais. Vejo com agrado que

Nem mais. Vejo com agrado que há pelo menos alguém que tem a mesma visão do que eu. Não defendo ninguém em particular, muito menos o Sócrates, com quem nunca simpatizei, mas não deixo de lhe dar razão quando diz que o PSD provocou a crise política propositadamente para ir para o poder. E quando alguém faz isso, que moral tem para ser primeiro-ministro?

E como Socrates começou no poder?

Santana estava no governo há poucos meses e Sampaio deitou o governo abaixo, quando este em coligação com o CDS estava em Maioria... Foi o maior golpe politoico de que me lembro, uma manobra (esta sim9 para chegar ao poder a qq custoi....

O PSD não provocou coisa nenhuma, o PEC 1 passou, o 2 tb , o 3 igualmente... até ao 4!!!!!

Quantos PEC's querias tu?

Olha aí está um bom exemplo

Olha aí está um bom exemplo para mostrar a minha imparcialidade, pois também aí estou de acordo. Foi uma filha da putice daquele senhor que toda a gente gosta: Jorge Sampaio. Dizem-no santo! Ora, mas tal como aí eu me insurgi, também agora me insurjo contra o crápula que lá entrou ontem , pois não só provocou a crise política, como a intenção de a provocar demonstra de que é feito esse indivíduo.

O PEC4 podia muito bem ter passado, mas ele nao quis porque estava sedento de poder.

o PSD provocou a crise

o PSD provocou a crise política propositadamente

Lol

upss 80 mil milhões..

Os 80mil milhões foram-nos dados porque os tipos da troika gostaram dos nosso olhos!!!

Sem essse dinheiro, este mês o país tinha capitulado, mas isso é algo insignificante..

Temos o país que merecemos..

Não confundas crise política

Não confundas crise política com crise económica e financeira. Esta, talvez a memória seja curta, foi ainda mais agravada com a crise política provocado pelos partidos de oposição, à cabeça o PSD, quando não aprovaram o PEC4. Depois da demissão de Sócrates foi só subir juros, etc. Mas as pessoas tendem a esquecer-se disso. E agora vou-me, que não tenho pachorra para discutir política quando se defende democracias que são uma fantochada.

A fantochada só agora vai começar??!!!

Meu caro,
Em Abril Portugal tinha uma crise financeira e económica.

Consideras sustentável pagar juros, ao nível que estavamos a pagar desde o inicio de 2011? Aliás, vê a trajectória dos juros desde o PEC 1 para veres a tendência dos juros.

Pior que isso tudo, eram as constantes mentiras em que vivemos.. Portugal vai penar e muito.. Andámos á anos a viver acima das nossas responsabilidades e alguma vez tinhamos que pagar..

"quando se defende democracias que são uma fantochada".
PS e PSD são assim tão diferentes????..lolololol..

Tom, o PSD (e o resto dos

Tom, o PSD (e o resto dos partidos) apenas não aprovaram o PEC4. O 1º amuou e demitiu-se, a crise politica foi ele quem a provocou.

Falta ainda 2 pontos; se após 3 correcções ao OE a coisa ainda não estava bem, quem garante que neste momento não estivéssemos a preparar o PEC6? Quando seria correcto deixar cair o geverno? Ao PEC18??; estamos (país) a pagar um juro da dívida externa extremamente alto, completamente sem necessidade, apenas por birrice e orgulho de uma única pessoa, a ajuda externa devia ter sido solicitada à muito, muito tempo.