Relações entre clubes | Relvado

Relações entre clubes

 

[r]elax diz: "Benfica e Sporting
encontram-se desde há muito de relações cortadas com o Porto. No entanto os 2
clubes de Lisboa, embora com uns despiques ocasionais, têm tido boas relações
nos últimos tempos, havendo até uma espécie de pacto de não agressão. Mas se
Dias Ferreira for eleito para presidente em Alvalade, parece-me que essas boas
relações acabarão. Na vossa opinião é boa política dos clubes a ruptura de
relacionamentos? No meu caso, se fosse presidente do Benfica tentaria sanar as
divergências com ambos os meus adversários e tentar ter a melhor das relações
possíveis. E vocês?"

I Liga:

Comentários [26]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

OFF TOPIC : Reportagem inedita na SPORT TV

Reportagem sobre o Nacional hoje às 22h00 na SportTV.Quem já deu uma olhada sobre o produto final disse que esta muito giro.Aproveitem para ver o produto da visita da Sport TV à Madeira para conhecer a realidade do Nacional e assim conhecer um pouco mais sobre o clube e quem sabe verem aspectos que nunca imaginariam dum emblema que está quase fazendo 100 anos e assim dismitificar muito do que de mau tem sido dito por muitos comentadores continentais que nada sabem sobre nós.

PS: a claque feminina é um dos destaques do programa...hehehehe

Relações dos clubes.

No entanto os 2 clubes de Lisboa, embora com uns despiques ocasionais, têm tido boas relações nos últimos tempos, havendo até uma espécie de pacto de não agressão.

É até ao dia em que alguém de um ou do outro clube se lembre de mandar uma boca forte, e depois lá se vão as boas relações que existem.
Sim, porque agora, e apesar de o presidente do meu clube ter uma costela do Benfica, ou dizer coisas que muitos sportinguistas não gostam de ouvir, ele já acabou com aquele manifesto que eu fiquei sem saber no que ajudou o Sporting ou o futebol português...

Mas se Dias Ferreira for eleito para presidente em Alvalade, parece-me que essas boas relações acabarão.

Talvez fosse positivo por aí a sua eleição, porque o Sporting não precisa de andar de mão dada com o Benfica ou com o Porto como aconteceu com o senhor Dias da Cunha, precisa nesse aspecto de uma pessoa com Dias Ferreira...
Mas depois quero ver o que ele faz por o Sporting e ver se se preocupa mais com o clube ou se anda a mandar bocas aos rivais...

No meu caso, se fosse presidente do Benfica tentaria sanar as divergências com ambos os meus adversários e tentar ter a melhor das relações possíveis. E vocês?

Não, boas relações entre presidentes no nosso futebol não existe, ou é muito raro, por isso mesmo que quisesse seria difícil.

A favor de boas relações com todos

É esta a minha opinião, devemos manter boas relações com todos os clubes, dentro de certos limites. No caso do Sporting, penso que seja impossível manter boas relações por exemplo com o Nacional, enquanto este presidente lá estiver!

Quanto ao caso Benfica, sou a favor de "boas relações institucionais", ou seja, os dirigentes e todo o staff, serem recebidos com qualidade no nosso estádio. E penso que isso basta, não vejo necessidade de andarem todos "aos beijinhos e abraços".

Sou até contra estas "boas relações", estando a favor da posição de Dias Ferreira, porque boas relações onde se assinam manifestos e se tomam posições públicas convergentes sobre, por exemplo, a arbitragem, para depois nas reuniões da Liga dar o dito por não dito, penso que só são boas relações para um dos lados!!

Basta ver o resultado de 2 anos e meios de "boas relações": Sporting-0 Benfica-3 (Taça 03/04;Campeonato 04/05; Supertaça 04/05).

Perante estes números, e da forma como, em algumas alturas foram sendo construídos, não hajam dúvidas que as "boas relações" só têm interesse nestes moldes para um dos lados!

Saudações Leoninas

impossivel ter boas relações com

dias ferreira.

e nos ultimos tempos, embora sempre enfermo do seu sportinguismo, ate se tem contido.

nota-se neste senhor um odio e um anti-benfiquismo sem concorrencia a altura.

acredito que seja a preferencia da maioria dos sportinguistas para seu presidente.

junta um amor inegavel ao seu clube, a um odio inabalavel pelo slb.

quanto ao porto, a vassalagem de quem quer chegar longe no futebol portugues.

nada de novo.

o seara é que é muito fixe nao e?

nao e?

A resposta diplomaticamente correcta

É óbvio que o saudável é manter boa relações institucionais com qualquer outro clube, seja entre os chamados grandes ou os pequenos.

Nesta semana, só para dar um exemplo, já é quinta-feira e tenho até estranhado não haver as habituais picardias antes de um clássico SLB-scp.

No entanto, e como adepto Benfiquista, tenho acompanhado, ainda que por alto, os "piropos" trocados por Veiga e pelo sr. Nuno.

Sinceramente, não consigo dizer qual se expõe mais ao rídiculo.

O presidente azul e branco, refugia-se no crédito das conquistas desportivas sôb o seu comando do fcp para poder ofender tudo e todos, já que a qualquer tentativa de resposta, terá sempre o êxito desportivo como arma de destruição massiva de último recurso para atirar ao adversário.

Entretanto, José Veiga, parece-me, conhecedor dos feitos menos próprios do presidente azul e branco e responde-lhe à letra, sempre com o cuidado de não entrar no terreno onde sabe estar as maiores armas do seu rival. Inclusive, chama adversário ao sr. Nuno, enquanto este chama inimigo a Veiga e ao Benfica.

Pessoalmente, acho que o comportamento do sr. Veiga não aporta nada de positivo ao prestígio do SLB.

Em relação ao sr. Nuno, os seus seguidores têm a palavra.

                                                                                                                          JPS

Re:A resposta diplomaticamente correcta

Engraçado...

Em relação ao Sr. Nuno, os seguidores têm a palavra.

Já em relação aos senhores Luis e José já podem descer de nível à vontade apesar de "não aportar nada de positivo para o SLB".

Engraçado, engraçado é ouvir e ler agora os maiores detratores de Pinto da Costa a minimizar, no seu clube, aquilo que durante décadas andaram a apontar como defeitos ao presidente portista.

Lá está, é a diferença de opinião mediante a cor da camisola...

Re:A resposta diplomaticamente correcta

Viva o Benfica e Viva mesmo ao Excelentíssimo Senhor José Veiga

Benfica campeão 2005/2006

Re:A resposta diplomaticamente correcta

tens a chave de euromilhoes?

Pois é.

É evidente que tudo seria bem melhor se não houvesse tanta picardia entre os dirigentes dos clubes nacionais. É que podem defender as suas cores, sem entrarem em ruptura com os outros. Para se ser respeitado, tem que se respeitar primeiro.
A verdade é que ninguém quer dar o braço a torcer... Assim será dificil.
Lembro-me de ter lido uma entrevista de um nosso ex-presidente (Fernando Martins), que dizia que apesar de rivais, ele sempre conseguiu ter uma relação de amizade com Pinto da Costa. Isso nunca impediu o Benfica de vencer, como também não impediu o FC Porto de vencer.
A vontade de se ter protagonismo, dá nisto! E quem fica a perder é o futebol!!!!

Saudações Benfiquistas.

Cada um tem de gerir

Cada um tem de gerir a sua casa.
Isto de ter boas relações, mais lembra um caso romanesco.
A verdade é que , cada um olha por si , e o mercado é o recinto aberto onde se encontram, tão somente isso.
Os interesses de um , ás vezes colidem com outros, é natural, o mercado é quem tutela.
Isto de boas relações entre empresas, mais sugere parcerias.É de parcerias que se fala, coligações?Nunca serão duradouras, pois ninguém irá abrir mão de algo que pretende sob pena de se prejudicar.
Se há uma coligação entre o SCP e o BEnfica, uma coisa é certa, algum dos dois estará a ser prejudicado, pois num mercado aberto e com leis, não carece de relações, ou lá o que isso queira dizer.
Carece antes, é de uma estratégia, bom planeamento e melhor gestão.Todos esses "ajuntamentos amorosos", só fazem sentido caso se esteja a falar de aliadós.
Mas, aliados em quê ?Para quê?
Mais vale aliar a boa gestão a uma boa visão, que andar ai de mão dada a finjir que se amam.Cada um que trate da sua casa.
Ao caso em concreto, não me parece que o SCP haja sido beneficiado, bem pelo contrário, com aqueles jantares com LFV.

Re:Cada um tem de gerir

queres tu dizer que o administrador da galp não pode ter relações (salvo seja) com os homologos da BP ou Repsol por causa das leis do mercado?

Negativo!

Tudo isto que se passa no futebol tem a ver tão somente com a educação ou falta dela, e parece-me que nesse sentido os dirigentes dos clubes de Lisboa Teem-se comportado como Srs.

Re:Cada um tem de gerir

Tem-se portado como Senhores?
É o que se tem visto!!

Boa harmonia

É conhecida a rivalidade entre os dois clubes mas não é por causa disso que os dirigentes, em nomes das instituições que representam, se tenham de dar mal, até porque isso, muitas vezes, despolta reacções nos jogadores e nos adeptos, o que é negativo para o futebol.
Honrem as camisolas e as instituições.
Cumps!

razoáveis

Já seria tempo de as direcções dos três grandes terem comportamentos de pessoas adultas.

Mas quando vemos Pinto da Costa a falar, apercebemo-nos que estamos perante um incendiador de massas. Os grandes de Lisboa, têm tido direcções mais viradas para os problemas dos clubes do que para os problemas estructurais do futebol português.

mas boas relaçoes para ir para a cama?

bos relaçoes para que?para irem para a cama juntos?
Deixa estar assim como esta.
Cada clube que se preocupe com o seu proprio clube que se lixe os outros.

Alguas questões

Em princípio, os interesses desportivos e, sobretudo, financeiros em jogo ditariam um comportamento mais civilizado e racional. Não se concebe, por exemplo, em Inglaterra o sr Glazer e o sr.Abramovitch em disputas públicas idênticas às que os marretas do futebol nacional nos oferecem, para gáudio da imprensa "desportiva" e de muitos adeptos fanatizados.

Por outro lado, talvez as "Potências do Eixo" - SCP, SLB, FCP - sofram da síndrome do espaço vital, espécie de doença infantil, que as impede de ver claro e assumir uma postura empresarial mais digna e, quiçá, mais conforme aos seus interesses...

Contudo, qualquer leitura da situação não pode deixar de ser pessimista. As massas adeptas destes clubes estão maioritariamente polarizadas por questões que transcendem o estrito campo desportivo, onde se misturam os anos de imperio benfiquista com o apito dourado, os calabotes com os guímaros, os 17 penalties do Sporting com o jogo do Estoril em Faro, etc. etc.
 
Quando a pertença clubística (em si mesma normal e saudavel) se deixa determinar por padrões de comportamento histérico o diálogo deixa de ser possível, dando lugar a uma justaposição de monólogos de cariz mais ou menos paranóide. Aqui, neste mesmo forum, temos visto isso.

Há uma questão engraçada que se pode deixar aqui, que tem a ver com o facto de saber se "nós" (este "nós" tem que se lhe diga) seríamos capazes de funcionar num ambiente clubista ideal, isento desta parafernália. Seremos ainda capazes de apenas comentar o jogo pelo jogo, desvalorizando as incidências arbitrais, e as suspeições do costume?

eu sinceramente...

se fosse presidente do slb,mantinha as boas relaçoes com o scp, mas nem sequer pensava em qualquer tipo de relacionamento com os actuais dirigentes do fcp, porque nao têm nivel nem seriedade.
è gentinha de muito baixo nivel, portanto esquece....
Pode ser que no futuro o fcp, fique melhor representado nos quadros directivos e aí sim, podera valer a pena voltar a ter boas relaçoes

mas boas relaçoes para ir para a cama?

bos relaçoes para que?para irem para a cama juntos?
Deixa estar assim como esta.
Cada clube que se preocupe com o seu proprio clube que se lixe os outros.

O futebol só teria a ganhar

Se os três grandes estivessem de boas relações e interessados em melhorar a modalidade.
Há reformas fundamentais que só se farão quando todos estiverem de acordo.

Mas com Dias da Cunha, Pinto da Costa e Filipe Vieira na liderança dos mesmos torna-se quase impossível um entendimento, pelo menos com o Benfica.

Talvez no dia em que os clubes pequenos do nosso país se unam com o intuito de reclamar uma maior fatia do bolo televisivo ( `*a semelhança do que acontece em Itália actualmente ) os grandes se vejam obrigados a colaborar entre eles.

Foi o Manifesto...


...que aproximou os dois clubes da capital, porque antes havia uma espécie de aliança entre FCPorto e Sporting, até pela troca ou venda de jogadores entre estes dois (Clayton, Ricardo fernandes, etc.), ficando o Benfica de fora.

Depois do Manifesto foi o que se viu, mas foi sempre o LFV que levou a melhor sobre Dias da Cunha, obtendo sempre mais protagonismo, e mais importante, êxitos desportivos.

Só conheço Dias Ferreira do episódio Miguel e do programa desportivo, mas caso ele seja eleito presidente, o Sporting passará a contar com um homem à altura de Pinto da Costa e LFV.

Relações entre os 3 grandes? Ao invés de bocas estúpidas e ataques sem nexo, gostaria que as relações entre eles fossem cordiais.

Muito difícil

Darem-se todos bem é muito difícil pois existem um sem número de interesses divergentes.

O que eu noto é que cada vez o Porto beneficia menos com o clima de guerrilha ao contrário de há 6 ou 7 anos atrás. É um ou outro jogador que é desviado para um rival, é um ou outro jogador que desviamos (e que depois se revela má aquisição), é o constante bate-boca nos jornais, por aí fora...

Ainda para mais não posso deixar de pensar que o dinheiro ganho nas competições europeias está a ser extremamente mal gerido. A SAD do Porto deixa muito a desejar em termos de competência. Verificaram-se um número abismal de contratações falhadas nas últimas épocas o que não era habitual no Porto e o facto de os outros as fazerem, para mim, não pode servir de atenuante.

Depois há o estigma pendente do Apito Dourado. Penso que em caso de se comprovarem os piores receios dos portistas, fica claro que é impossível aos outros clubes terem boas relações institucionais com o Pinto da Costa (não confundir com FC Porto). Caso nada venha a ser provado, a questão deve ficar sanada.
Não obstante e sem querer faltar ao respeito merecido a um presidente que praticamente fez o clube, está na hora da transição de Pinto da Costa. Já não há porque se tornar a candidatar, até porque já foi campeão europeu novamente e o estádio novo já está construido (os seus dois ultimo grandes objectivos)...

O Veiga é um traste, quanto a isso não tenho dúvidas, que tem a escola de Pinto da Costa e que se serve do Benfica para concretizar os ajustes de contas que o seu ego inchado demanda. Sem o nome Benfica por trás, Veiga seria mais um peso-pluma a quem os jornais não dariam crédito (dariam o destaque, mas não o crédito) por se tratar de um outra figura escorraçada e despeitada à semelhança de Filomena.

Se Dias Ferreira ganhar as eleições iremos assistir aos mais hilariantes momentos do futebol Português, desde que o outro se montou em cima do burro para ir ao estádio da Luz, com o inconveniente das consequências em termos de cordialidade e credibilidade sofrerem um abalo muito perto de 10 na escala de Richter.

A ver vamos...

* PLO *

Para mudar, há que encontrar gente nova

Primeiro que tudo gostaria de aplaudir o comentário do Estrelado nesta página, é assim que o desporto deve ser praticado fora das 4 linhas.
Enquanto esses dirigentes da "velha guarda" andarem no dirigismo, iremos assistir a estes combates verbais constantes. São pessoas que se conhecem bem, sabem os "podres" de cada um e em certas alturas mandam cá para fora uns bitaites que nunca são muito claros porque sabem que da outra parte podem sair outros. Por vezes entram em "paz" uns com os outros, ficam "amigos" e arranjam uns jantares de reconciliação pelo meio, quase sempre com o patrocínio do eterno Major Valentim Loureiro!
Enquanto estes senhores andarem por aí nada vai mudar, iremos assistir a filmes que são cópias de outros já vistos.
Para isto mudar de vez, teríamos de ter gente nova (não me refiro à idade mas sim a pessoas que nunca andaram nestas lides anteriormente).
Eu apoiaria Rui Moreira (Presidente da Associação Comercial do Porto) para liderar o meu clube, acho que Humberto Coelho seria uma boa opção para o Benfica. Sobre o Sporting, não me lembro de nenhum nome sugestivo mas teria de ser alguém que percebesse de futebol e não um tecnocrata como tem tido nos últimos tempos.

Sporting

É inevitável a existência de picardias entre os clubes seja pelas arbitragens, pelas politicas seguidas, se por causa dos derbis, eja mesmo pela habilidade conflituosa dos dirigentes!
Agora se formos pela lógica, seria do interesse da Liga de Futebol, dos Clubes e dos dirigentes, se quieserem realmente credibilizar o futebol português, acabarem com as suas disputas entre portas e tentando realmente resolver o problema do "polvo" que se tem tornado a questão da gestão do futebol português.
Sejam abertos e claros nas declarações e se tiverem questiunculas parvas para resolver, por favor resolvam entre si e deixem-se de palhaçadas porque para ver palhaços vou ao circo e não ao futebol.

Sinceramente ?

A malta quer é discussões e postas de pescada ! Não precisamos de boas relações para nada... Temos de as ter é com os outros para comprar/vender/emprestar jogadores ! ahah

É giro assim.. tudo ás turras =)

VeDrIx

boas relaçoes para irem para a cama?

bos relaçoes para que?para irem para a cama juntos?
Deixa estar assim como esta.
Cada clube que se preocupe com o seu proprio clube que se lixe os outros