Pedro Henriques, Bruno Paixão e a dualidade de critérios | Relvado

Pedro Henriques, Bruno Paixão e a dualidade de critérios

 

Não me entendam mal, Pedro Henriques mereceu a nota negativa, não pelo lance de que toda a gente fala que a meu ver é FALTA, mas sim por antes, nesse mesmo lance, não ter visto uma mão de um jogador do Nacional na área, e por ter sido muito suave nos amarelos, quer a Yebda, quer a Katsouranis que com um árbitro rigoroso não tinham acabado o jogo. Para mim o árbitro errou para os dois lados de forma grave, logo mereceu a nota negativa.O que eu não percebo é a dualidade de critérios dos senhores observadores, que este ano no jogo da Taça arbitrado pelo senhor Bruno Paixão deram nota positiva ao árbitro depois de uma arbitragem escandalosa para os dois lados! Esse jogo foi um autêntico cocktail de casos, mas parece que os únicos a ver isso foram os espectadores e os adeptos que se deslocaram ao estádio. Para o observador foi quase uma arbitragem normal...Eu pergunto: não será isto a prova que faltava para TODOS vermos que existem cunhas nas arbitragens e uns árbitros são tratados como filhos outros como bastardos?Eu pergunto: assim como é possível a arbitragem evoluir?Cumprimentos.Vingador_Azul

I Liga:

Comentários [44]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

fabuloso!

E não é que tudo aquilo por que o Sporting chorava e chorava e chorava se torna agora uma verdade universal e sem necessidade de demonstração? O Sporting sempre se bateu pela divulgação dos relatórios dos observadores, e pela penalização dos árbitros em casos de erros graves. No entanto, (E COM VOTO CONTRA DO SPORTING, ÚNICO DOS 3 GRANDES A FAZÊ-LO), na última AG da Liga foi aprovado o fim de os clubes poderem reclamar da nota atribuída. Mas bastou o Benfica ser notoriamente prejudicado para tudo se tornar evidente. AINDA BEM. MAIS VALE TARDE DO QUE NUNCA. Quanto ao corporativismo da arbitragem e dos observadores, não me digas que só agora reparaste nisso? Porque raio é que o Pinto de Sousa cozinhava classificações, não era para premiar os "bons" árbitros? E hás de ver como é a situação no ínício da carreira, é que quem for bom e não quiser entrar em jogos é afastado. E posso dar um exemplo, real. Este ano, existe muita dificuldade da Associação de Futebol de Leiria em assegurar árbitros para todos os jogos. tem havido semanas com mais de 30 jogos sem árbitros disponíveis (e alguns árbitros já são importados a Associações vizinhas, como Castelo Branco). Para além disso, já houve três agressões a árbitros este ano. Mas o que interessa ao presidente da Associação e ao presidente do conselho de arbitragem distrital não é isso, é promover os amigos. Os que não são amigos e têm jeito para a coisa desmoralizam e desistem. Ficam os simpáticos. E não me apetece contar outra vez a história da subida vertiginosa do Olegário, era apenas mais um exemplo de como as coisas se passam.

Re: fabuloso!

LG eu não sou Benfiquista, já falo disto dos observadores dos arbitros ha alguns anos, acho que grande parte do problema reside ai obviamente quando falo dos observadores falo por arrasto de quem os nomeia. Cumps

eu sei o teu clube

o que estava a comentar é apenas o facto de apenas agora isto tudo se tornar evidente e discutido por todos. O Sporting já alertava para tudo isto HÁ ANOS. E posso remeter também para estes artigos: http://relvado.aeiou.pt/?st=76936 http://relvado.aeiou.pt/?st=64566 E tenho a certeza que nunca se esteve duas semanas a discutir diariamente um golo anulado ao Sporting no último minuto. Acho até que nem o famoso não-golo do Petit contra o Baía foi discutido tanto tempo

Porque será?

Dos nove (9) árbitros que dirigiram jogos do Benfica, quatro (4), tiveram nota negativa! Porque será?!

Re: Porque será?

E desses 4 jogos o benfica não perdeu nehum!!!! Um deles foi os 6 a zero no funchal!! PORQUE SERÁ????????

O grande problema da arbitragem...

é o mesmo que o inefável Miguel Sousa Tavares refere no seu artigo de ano novo do Expresso: Corporativismo! Se repararem, todos os árbitros do quadro principal, são cunhas de A, B ou C, mandatados a favorecer os interesses que todos conhecemos. Mérito é que não! Por que isso dá muito trabalho e os resistentes das divisões inferiores ou os excluídos por não serem filhos de A ou B apenas esperam a sua oportunidade de poder "agradar" a quem domina a Apaf e a Liga de Clubes! E essa é que é a verdade! Os árbitros apenas estão na arbitragem para "agradar" quem os lá meteu. Senão reparem: - Olegário afilhado de Garrido, Garrido funcionário do clube A. - Bruno Paixão funcionário da Valadares, empresa de um adepto de um clube de renome. - Paulo Costa empregado de uma empresa relacionada com um adepto de um clube de renome. - Pedro Henriques braço direito de quem chegou a presidente do conselho de arbitragem, ultrapassando tudo e todos, de fiscal de linha a melhor árbitro de Portugal(menos internacional)! Depois há a questão "familiar" e vejam lá se não se confundem os apelidos Genovese, Riina, Provenzano e Nitti com Paraty, Costa, Soares Dias, Duarte e Martins dos Santos! O papel dos observadores é apenas um. Classificar árbitros em função das preferências de presidentes da Liga, do Metro do Porto, do Cunha Leal e de quem for apanhado nas escutas que já nem se sabe se são legais como foram as subidas de rankings dos árbitros nos últimos 30 anos! Cappice? Saudações Leoninas

Re: O grande problema da arbitragem...

Está cappiçado toma lá um interessante.

Mas qual dualidade de critérios?

O critério é sempre o mesmo: premiar a incompetência! Não há qualquer dualidade. Sobre o caso específico do Pedro Henriques, logicamente a nota só podia ser negativa. Primeiro, porque errou e esse erro teve influência directa no resultado. É um lance ingrato de analisar mas, a decisão mais sensata seria deixar a jogada seguir. Segundo, porque o militar já não pode ambicionar a mais do que continuar na primeira categoria da arbitragem. A nota negativa, diluída no meio de todas as outras positivas dificilmente terá grande impacto na nota final. Até porque notas negativas parecem ser coisa rara na arbitragem. Terceiro, porque não é moço de recados nem faz arbitragens encomendadas. Logo, tem de ser penalizado de vez em quando. Quarta, porque prejudicou o Benfica. A campanha que foi feita na comunicação social nos dias seguintes ao jogo, com capas e mais capas de choradinho de jogadores e dirigentes só podia dar nisto. E ainda falam do Sporting…

Não é o problema, é OS PROBLEMAS!

O problema vem de trás. O problemas está a começar por baixo, árbitros em categoria têm padrinhos que os sobem à primeira liga. Depois é o resultado que se vê. Pior que isso, é os observadores serem antigos árbitros de distritais. Ou seja, temos observadores de árbitros que não têm qualificações nenhumas nem sequer experiência de alto nível a avaliar árbitros de primeiro escalão! Depois o resultado é o que se vê. O nosso sistema está todo errado, caro vingador não é dualidade de critérios, é incompetência! Abraço

Re: Não é o problema, é OS PROBLEMAS!

O menino viu o ultimo D.Desportivo,não foi? :) Cumps

Re: Não é o problema, é OS PROBLEMAS!

Por acaso não sigo o programa sequer. Não gosto. Porquê? Foi parecido com o meu comentário? Cumps

Re: Não é o problema, é OS PROBLEMAS!

Moderado com interessante

Com Luis Guilherme de volta

Os problemas com os arbitros vão acabar! Será por isto que Rui Costa diz que não precisa de ir ao mercado?! É por demais evidente que arbitros como Duarte Gomes e Bruno Paixão,têm padrinhos na arbitragem.

Re: Com Luis Guilherme de volta

Deve ser por isso que o Benquerença vai voltar a arbitrar o Benfica já amanhã.

Re: Com Luis Guilherme de volta

Deixa lá,que nós ainda no domingo levamos com um sócio e accionista do glorioso.Mas afinal vocês não gostam do Olegário porquê?! O gajo até é raro vos apitar.

Re: Com Luis Guilherme de volta

Sócio e accionista que não teve pejo em assinalar(e bem) uma grande penalidade para o porto aos 90 minutos de jogo, outros que não são sócios nem accionistas do Benfica não sei se teriam a mesma coragem. O Benquerença já nos roubou duas vezes esta época em Matosinhos, a sua nomeação é claramente provocatória, é o arbitro do em caso de dúvida é contra o Benfica.

Re: Com Luis Guilherme de volta

estas a falar do Penalty que o Wesley sofreu no jogo para o campeonato e ele não marcou? :)

Re: Com Luis Guilherme de volta

Estou a falar, como tu bem sabes, do golo anulado ao Yebda que podia dar o 2-0 ao Benfica e praticamente decidia o jogo naquela altura, mas estou sobretudo a falar da dualidade de critérios durante o jogo que esse senhor tem sempre que o Benfica é interveniente.

Re: Com Luis Guilherme de volta

Quanto ao critério largo do arbitro, lembro-te que o arbitro perdoou duas expulsões por faltas sucessivas uma para cada lado, VASCO FERNANDES e DAVID LUIZ... Sinceramente ha jogos que vocês tem razões de queixa mas esse do campeonato não me parece ser um deles, um arbitro errou para os dois lados. Cumps

Re: Com Luis Guilherme de volta

Deve estar a falar do golo mal anulado ao Yebda...

Re: Com Luis Guilherme de volta

Mas não comentaste o lance do Wesley ou não te lembras? :) Agora dizer que o SLB foi prejudicado nesse jogo parece-me no minimo ridiculo ou então um caso de memória selectiva. Cumps

Re: Com Luis Guilherme de volta

Mal anulado???!!! Só podes estar na tanga! Se consideras que foi mal anulado,deduzo que para ti Marcos faz penálti sobre o Bruno Alves?

Re: Pedro Henriques, Bruno Paixão e a dualidade de critérios

Essa de quererem fazer passar que houve um penalti antes do lance polémico é mto boa. Tantas vezes se repete uma mentira que passado um tempo passa a verdade indiscutivel... A bola bate claramente nas costas do jogador do Nacional. Cumprimentos e venha a proxima jornada que eu quero é ver futebol.

Re: Pedro Henriques, Bruno Paixão e a dualidade de critérios

Claramente! Eu gostava de ver uma única imagem que comprovasse esse "claramente". E atenção que eu não digo que não tenha tocado nas costas. Mas daí a ter sido claro...

Re: Pedro Henriques, Bruno Paixão e a dualidade de critérios

Em primeiro lugar sou portista não vejo qual a vantagem que teria em passar MENTIRAS como tu dizes... Em segundo lugar acho que a bola bate na mão do jogador do nacional Em terceiro isso não era o fundamental da questão caso não tenhas notado. Cumps

Arbitragem

O problema não são os observadores. O problema é o futebol português. O problema tem origem em quem os escolhe para avaliar os árbitros. O problema está na forma como os juízes desportivos conseguem fazer carreira em Portugal. O problema está nos dirigentes que são os mesmos há vários ou que são substituídos pelo amigo do amigo. O problema está nas mentalidades, é intrínseco ao país em que vivemos. Felgueiras, Isaltino e Valentim, todos continuam em cargos directivos depois de arcarem com suspeitas que deveriam apenas resultar no seu abandono. O culpado? É o povo. O povo gosta de gente corrupta, caso contrário já todos tinham marchado dali para fora. Eu sei que estou a misturar política com desporto, mas os princípios básicos são os mesmos. O Loureiro é herói no Bessa, o Pinto é herói no Dragão, o Isaltino domina em Oeiras e a Felgueiras comanda a sua homónima. E onde queremos nós chegar assim? O problema é dos portugueses...

Re: Arbitragem

Nem mais, finalmente um comentário com todo o sentido! Por mais que se queira - e se deseje - os factores causadores ou favoraveis à corrupcao no futebol portugues nao podem ser analisados sem ter em conta a mentalidade conformista que predomina no nosso pais. Os paralelos entre dirigentes corruptos nos mundos da politica e do futebol, ou, como no caso do Major, dos dois em simultaneo, nao podem deixar de ser merecedores duma analise mais profunda. Sejam Felgueiras, Loureiros, Santanas Lopes só para falar dos mais prominentes continuam a ser adolados pelos cidadaos, como que a dizer: enrabem-me outra vez, voces sao os maiores! Nao quero com isto dizer que o povo portugues em geral goste de se submeter mas talvez sejam ainda reflexos de tantos anos de ditadura, ainda tao fresca nas mentes de tantos concidadaos. Ao mais novos vai-se passando como que de um mal hereditário se tratasse. Por isso partilho o cepticismo do ramzi quando afirma que nem a mundaca do arbitro A ou B ou do Presidente C ou D vai cortar o mal pela raiz. As raizes estao mais fundas... na mente das pessoas. Pode ser que vá ao lugar, espero ainda andar por cá para ver...

Re: Arbitragem

Fazes mal em misturar politica e futebol.O que o "povo" quer,são melhores condições e melhor qualidade de vida. Já agora não precisavas de tanta lenga lenga, só para chegar ao Pinto da Costa.

Re: Arbitragem

Curva sul, o Pinto da Costa, todos o sabemos, incluindo os adeptos portistas, é um dos maiores corruptores portugueses e o maior de todos a nível do futebol. Dantes, diziam os adeptos portistas: Não foi condenado ainda, logo é inocente. Quando for condenado, daremos a mão à palmatória. Agora que já foi condenado, não vejo nenhum portista a dar a mão à palmatória e ainda ficam muito sensibilizados quando se fala no nome dele. Dirão que ele foi condenado apenas "numa coisinha". Mas o problema é exactamente esse, porque esses casos de corrupção e tráfico de influências são muito difíceis de provar. Mas todas as pessoas ligadas ao fenómeno futebol sabem o que ele fez nos últimos 20/30 anos. Não percebo como é que ainda há adeptos portistas que continuam a defender com unhas e dentes a inocência de Pinto da Costa e se consideram ofendidos quando alguém o relaciona com casos de corrupção e tráfico de influências.

Re: Arbitragem

Sim, foi mesmo com esse objectivo. Chegar ao Pinto, esse intocável...