Mas afinal de quem é a culpa? | Relvado

Mas afinal de quem é a culpa?

 

Frases feitas como «errar é humano» são o fundamento mais forte daqueles que defendem a posição dos homens do apito. Obviamente isto não é mentira nenhuma.«Os árbitros são corruptos», defenderão outros. E até pode ser que alguns o sejam.Seja como for, porquê dar este protagonismo a quem deve ser, em teoria, o elemento neutro de uma partida de futebol? Que interesses terão aqueles que mandam no futebol para que este estado de sítio se mantenha? E não falo só no futebol português.Actualmente a tecnologia é de tal ordem evoluída que conseguimos ver a partir do espaço uma bola de ténis com uma precisão "centimétrica". Mas não conseguimos ver uma bola do tamanho de uma melancia a passar uma linha de golo.Não estaria já na altura de retirar da alçada do árbitro lances como golos, foras e off-sides, minimizando assim a sua intervenção?E já agora, porque não dar acesso aos árbitros às imagens televisivas? Se estas últimas servem para castigar jogadores e para constatar algumas injustiças, porque não servirão para decidir lances?Mas afinal de quem é a culpa desta estagnação tecnológica dentro das quatro linhas? Deste mal desnecessário!melrinho

I Liga:

Comentários [24]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Re: Mas afinal de quem é a culpa?

A verdade é que o peso do factor arbitragem é demasiado grande para ser ignorado. Numa altura em que uma vitória num jogo pode significar Milhões de Euros, e num tempo em que se regista cada vez maior equilíbrio entre as equipas, um penalty mal assinalado ou um jogador expulso praticamente decide um resultado. Para bem dos próprios árbitros devia ser possível tirar-lhes esse peso dos ombros, dando por exemplo 3 “jokers” a cada equipa para recorrer a esclarecimentos através do vídeo.

Re: Mas afinal de quem é a culpa?

pois, mais ou menos como no tenis. acho que podem recorrer de uma decisão do árbitro pelo menos uma vez. nos jogos de futebol era importante ter esses recursos a juizes exteriores com o recurso ao video e outros meios. Um treinador teira um certo numero de recursos possíveis para recorrer nos lances que ache polémicos/duvidosos como lances para vermelho, agressões que escapem ao árbitro etc. os golos seriam sempre alvo de recurso automático (não contabilizado) sendo posteriormente validado, ou não. isso e um tribunal do desporto...

2-0 para o Braga

A culpa é do povinho !

Toda a gente sabe que errar é humano. Faz parte de nós, faz parte de qualquer jogo, faz parte da natureza. O que se passa no futebol é algo contra-natura, ou seja, um jogador é desculpado por falhar com a baliza aberta, mas nesse mesmo jogo não é perdoado ao árbitro caso decida tirar mal um fora-de-jogo milimétrico que poderia resultar um golo por exemplo ! Há expressões de treinadores que quando perdem dizem "Há dias assim ! Há dias que nada nos corre bem.", mas são rápidos a julgar um árbitro chamando-lhe incompetente ou corrupto ( em alguns casos ) quando o árbitro, que relembro que é também humano, tem dias menos bons. De quem é a culpa ? De todos ! Vai desde os dirigentes e os mídia, que para mim são os principais culpados por esta anarquia, até aos jogadores e adeptos. É de realçar que em Portugal deverá ser um caso único do mundo que se discute coisas que se passaram à 20 30 e 40 anos atrás sobre o "tal" fora-de-jogo que deveria ser e afinal não foi que resultou num golo.... Uma palermice ! É uma bola de neve já que ninguém gosta de ver sua dama ofendida e depois, uma coisa leva a outra acabando por vezes em discussões sem nexo e com muita clubite à mistura. Se repararem, a maior parte dos programas de futebol analisam quase exclusivamente os lances polémicos deixando o que realmente interessa de lado. Assim não vamos a lado algum e remete-nos à nossa mesquinhez e insignificância. Deveremos analisar sim os lances polémicos, mas discuti-los no momento e depois enterrá-los definitivamente e não arrastá-los indefinidamente. Poderemos ver o exemplo Inglês e de outros países... Uma dessas causas, é por gostarmos de atribuir os nossos falhanços ao "vizinho" e não assumir o que deveremos assumir. Não vou dar exemplos já que nenhum clube é isento de culpas, ou "virgem" na matéria e todos eles contribuem para o actual estado do futebol Português. Exemplos ? Há todas as semanas.... Se quisermos ser melhores, devemos deixar de olhar para o umbigo dos outros e olhar para o nosso. Não vale a pena criticar a situação da casa dos outros se na nossa a situação está completamente caótica.... não é correcto nem temos moral para fazer tal coisa. Temos as nossas opiniões e devemos discutir e respeitar as opiniões dos outros, mas devemos igualmente assumir a nossa cota parte das responsabilidades quando o temos que fazer, e é aí que se vê quem realmente é coerente e humilde, e quem não o é.

Re: A culpa é do povinho !

ó Samy, o teu comentário até está bom, mas esse "mídia" no meio é que estraga tudo. Isso é a forma brasileira anglosaxonizada de dizer media, uma palavra latina que deve ser pronunciada como "e", e não com "i" (a não ser que o acordo ortográfico tenha tenha diposto sobre essa palavra).

oopsss

peço desculpas pela gaffe ortográfica. ;)

1-0 para o Braga

Só mudava uma coisa

Na minha opinião é urgente um detector na linha de baliza,para detectar se a bola entra ou não.porque casos como este http://www.youtube.com/watch?v=nDaS8Aw3r08&NR=1 podem decidir titulos.

Re: Só mudava uma coisa

Quantos 3D's queres que eu faça com a bola fora da linha de golo ? :-)

Re: Só mudava uma coisa

Podes fazer as que quiseres ,lol. Qualquer um vê que a bola entrou.

Re: Só mudava uma coisa

http://www.youtube.com/watch?v=Qm5aMh9ksGI http://www.youtube.com/watch?v=lKWQxO3B78w http://www.youtube.com/watch?v=W2xSH4iMhgs http://www.youtube.com/watch?v=ZxUexQUsksM http://www.youtube.com/watch?v=YxSonEBgJ9U http://www.youtube.com/watch?v=_VC95mtgHNs http://www.youtube.com/watch?v=6Dw8tu76Zjs Vê por ordem e nao saltes capítulos ... Inté amanhã, abraço

Re: Só mudava uma coisa

Eh pá, graças aos teus vídeos descobri um também muito giro: http://www.youtube.com/watch?v=dLf6gasyt48&feature=related

Re: Só mudava uma coisa

http://www.youtube.com/watch?v=TLYSF-LPCT0 Nós para ganhar tem de ser com o dobro do esforço. Ficaram a jogar com 10 mas deviam acabar com 8... Agressões puras, que até a comunicação social tem medo de dizer em directo ...

Re: Só mudava uma coisa

eu também quero ligar para pedir fruta! qual é o numero?

O futebol

Devia seguir os bons exemplos dos outros desportos e penso que o raguebi é um bom exemplo pois não é por em lances duvidosos o um dos arbitros consultar as imagens que pára o jogo e se perde o interesse do mesmo. Também no raguebi as comunicações entre arbitro e assistentes são audiveis em todo o Estádio e para quem não tem nada a esconder nada melhor! Ou o caso do ténis com "olho de falcão" que no futebol poderia dar um "jeitão" mas a sua utilização no futebol só deveria ser utilizada em caso de lances de golo em que houvesse duvida, para pontapés de baliza e cantos não seria utilizado. Mas a introdução de um chip na bola já seria muito bom mas os "pensadores" do futebol não pensam assim porque há interesses instalados que convêm preservar.

A culpa não é dos árbitros...

A culpa é de quem apita fora das quatro linhas É verdade que os erros da arbitragem acontecem com maior frequência e isso merece uma avaliação. Mas é preciso lembrar que os erros sempre aconteceram porque o árbitro não é infalível e por causa deles a discussão leva à paixão, o forte sentimento que faz do futebol o desporto Rei. Na minha opinião, a tecnologia que falas expôs mais os erros dos árbitros. Câmeras espalhadas por todos os cantos do campo mostram a sequência de cada lance, e isso ajuda-nos a tirar dúvidas sobre o que realmente aconteceu. Lá dentro, a decisão do árbitro é tomada numa fração de segundo, sem direito a repetição por outros ângulos ou um computador para ajudar. Se ele acerta não faz mais do que obrigação e ninguém se exalta a dificuldade para essa ou aquela decisão tomada. Mas se ele erra é condenado e execrado por jogadores, técnicos, dirigentes, adeptos e principalmente pelo clube prejudicado. Quando o erro é a favor não há nenhum dirigente digno no nosso futebol, ou um treinador com carácter, que diga que foi beneficiado por erro, só reclamam quando são prejudicados. Só há uma solução: profissionalizar a arbitragem e dar-lhe independência, como acontece na NBA. Sem pressão e sem ter que responder por erros de gestões equivocadas e inescrupulosas é possível diminuir muitos dos erros dos árbitros.

Não..

Isso ia estragar o futebol!!! E é facil saber porque tem havido cada vez mais pressão, porque os da 2 circular tem levado no corpo todos os anos e como não têm futebol para ganhar tentam justificar com arbitragens!!! Digo isto porque eu como adepto de um "pequeno" que para mim é grande, muito grande mesmo, fui roubado durante decadas e não havia este alarido, porque a imprensa só dá importancia quando convém!!!

Re: Não..

porque os da 2 circular tem levado no corpo todos os anos e como não têm futebol para ganhar tentam justificar com arbitragens!!!« Tem levado no corpo? De quem? Não consta que tenham ido À 2ª liga. Sobre o futebol para ganhar, relembro-te que fomos a Guimarães dar 3-1. E também nós somos nós que marcamos golos off-side ou que nem entram na baliza - vide Braga. (Eu sei que o assunto principal não é este, mas querem ir por esse caminho, têm de ouvir a resposta)

Re: Não..

Disse alguma mentira??? E isto tem haver com o artigo!!! Já que falas no jogo cá em guimaraes caso não saibas no vosso 1 golo não era falta, e no 3 também é irregular!!! Pois é fomos para a segunda mas olha onde estamos hoje, olha para cima mas não partas o pescoço!!!1

Re: Não..

Não podes afirmar que nenhum desses golos é irregular. A mim parecem-me regulares ( e nem a questão do eventual braço do Cardozo na 3º é muito viável). E o vosso pareceu-me bem mais irregular, o que poria fim a qualquer questão.

Re: Não..

Tens o teu ponto de vista e eu tenho o meu!!! O que é certo é que para mim aquilo não é falta é o rui costa que se atira ao chão!!! E o terceiro mesmo eu sabendo que não é intencional, mas ele corta a bola com o braço, logo devia ser assinalado!!!

É preciso mais árbitros em campo!

Na verdade, para além das ajudas electrónicas que seja possível e que me parecem bem desde que não signifique que sejam as televisões a arbitrar os jogos (muitas vezes não resolvem nada!), o que me parece necessário é que haja mais árbitros sobre o terreno de jogo! O futebol, desde que comecei a ver nos anos sessenta, evoluiu muito! Tornou-se muito mais rápido e com marcações muito mais rigorosas e apertadas! Evoluiu muito excepto numa coisa: na arbitragem que continua a ser feita com um único árbitro, todo poderoso, e dois fiscais de linha. Ah! Esquecia-me! Criou-se um quarto árbitro que tem por missão aborrecer os treinadores e levantar placas! Ridículo! Ao contrário de outros desportos que aumentaram o número de árbitros para responder à maior velocidade dos jogos, o futebol só deixou aumentar o número de câmaras à volta do campo que chegam a ser 16! Enquanto isso, o árbitro só tem dois olhos a apontar no mesmo sentido, isto é, tem apenas uma única câmara para ver o que se passa no relvado! Creio que seriam necessários mais dois juízes, a meu ver e de preferência com idênticos poderes, aceitando contudo, como defende Platini, com um árbitro central e dois de área que permitam ver melhor o que se passa em todo o campo de jogo! E acabava-se com o 4º árbitro que não tem qualquer utilidade! Aumentar o número de árbitros teria, aliás, uma vantagem adicional: é que seria muito mais difícil corromper (comprar) a equipa de juízes já que sendo mais é mais natural que resistam! De qualquer forma, mais importante de tudo, é que cada um assuma as suas responsabilidades! Não faz sentido que os árbitros sejam sempre culpados das derrotas (nas vitórias nunca!) e não haja treinadores a assumirem que perderam por más opções tácticas ou dirigentes a aceitarem que os maus resultados se deveram a terem preparado mal a época!

E depois como seria?

De que serviria ao presidente da Juventus pedir um árbitro de confiança para um jogo da Champions, um tal português de seu nome Cardoso? Acho que é perfeitamente perceptível o porquê da não introdução de certas medidas no futebol que sem dúvida alguma só trariam vantagens, acabando com alguns dos lances mais polémicos. Quando os interesses falam mais alto...

Off-topic o jogo leixões-Braga passa no portocanal