Manuel Cajuda, o caval(h)eiro português | Relvado

Manuel Cajuda, o caval(h)eiro português

 

Deixo-vos com alguns excertos de uma entrevista concedida por Cajuda recentemente a um sítio desportivo na Internet:1) Ingresso num grande clube:«Ainda bem que nas alturas em que tive a possibilidade de ir para um grande tive a coragem de não ir. Porque não é fácil dizer que não a um grande clube.»«Eu tenho horror às pessoas que dizem que querem dar um salto para um grande. Não admito que um jogador meu diga isso. Ninguém está no V. Guimarães para dar o salto para um grande, está para fazer um Vitória maior.»2) Maturidade como treinador e relação com jornalistas:«Disse há dez anos que não tinha ainda capacidade para treinar um grande e penso que agora estou muito melhor. Muito melhor. Estou menos irreverente, mais lúcido, com um discurso menos sacanita. Mas ainda com algum bom humor.»«Eu gosto de falar de futebol e não me incomoda que os jornalistas me façam perguntas difíceis. Perguntas difíceis significam respostas mais brilhantes.»3) Porquê das vitórias do FCP:«O FC Porto tem coisas que me encantam em termos de estrutura e de organização. Há ali uma série de estruturas que trabalham tão bem a organização que quem não a tem, só pode ter ciúmes. Por isso não pode dizer-se que o FC Porto ganha por isto ou por aquilo. Ganha porque é melhor.»
Pietro

I Liga:

Comentários [25]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Tenho dito

«Por isso não pode dizer-se que o FC Porto ganha por isto ou por aquilo. Ganha porque é melhor»

fala barato

que engana tolos...

tiro pela culatra

mas saiu o tiro pela culatra... vai ser enganado pelo emilio que quer o domingos já...

Re: tiro pela culatra

O Nenê sempre foi vendido?

Lembro-me

quando o Cajuda foi para a Naval e lhe perguntaram porque tinha aceitado treinar um clube que vinha da Liga de Honra, Cajuda respondeu que mesmo os pequenos clubes também tinham direito a grandes treinadores. Essa imagem para mim passou a ser a imagem de marca do Cajuda. Reconheço que fez um bom trabalho no Vitória, pelo menos nos dois primeiros anos. Mas acho que ele se arrepende muitas vezes daquilo que diz.

ao Vattimo / A quem esteja interessado

...em ter uma visão diferente do mundo em que vive. O documentário é grande (O filme tem à volta de duas horas), reparte-se em 2: "Zeitgeist: the movie", que deve ser visto em 1º lugar e pode-se seleccionar legendas em Português, e "Zeitgeist: addendum", a ser visto após o filme. Questionar.

Re: ao Vattimo / A quem esteja interessado

Também já o vi. É um filme interessante. Gosto como aborta a religião.

Re: ao Vattimo / A quem esteja interessado

Agradeço a sugestão, acabo de o começar a``piratear´´,e de ter mais uma conduta da pseudo evolução-humana...``o plágio´´ Saudações

Re: ao Vattimo / A quem esteja interessado

Tenho esse filme e já o vi umas duas vezes. É bom para se oferecer no Natal ;)

Re: ao Vattimo / A quem esteja interessado

São 2 horas por cada documentário.

Não sei

Terá algum dia uma hipótese de singrar num grande? Se os dentes não forem impedimento... ;)

Re: Não sei

Lool , realmente o Cajuda tem umas favolas de meter medo ao Drácula , eh eh

Agora o Cajuda

Com o seu bigode novo , vai fazer maravilhas , vão ver .

Cajuda

O papelão que fez no jogo de apresentação do ano passado,foi muito feio.

Grande apresentação, sem dúvida !!! eheh

cumps

pelo contrário

Eu pessoalmente até nem alinho muito pelo Cajuda. Tem aquilo a que podemos chamar um descontrole verbal. É vaidoso e não se consegue conter. Quanto a alinhar em coreografias, com algum (evidente) toque de humor, aí acho que só revela uma mente aberta e inteligente.

Re: pelo contrário

Eu não me esqueço da careografia de mente aberta e inteligente,que o Vitória fez!! Cumps

não gosto do cajuda

está sempre a dizer que é muito humilde, sempre a fazer-se de coitadinho, de vitima. Aparece sempre nos flash interview com muita calma, a querer ser muito simpático para o jornalista. Sempre a queixar-se que não lhe dão importância, que não lhe dão reconhecimento... é pá já chateia. É sempre a mesma coisa. Por mim não tem qualidade para um grande, e não me admirava nada que fosse demitido antes do fim da próxima época. Muito superior a ele são Manuel Machado ou Domingos por exemplo, apesar de tambem não gostar muito da postura deste último.

Re: não gosto do cajuda

Fala-se do Domingos como se o homem fosse o melhor do mundo ,ele tem 2 anos de carreira,ainda nao sabemos cmo vai ser daqui a 5 ou 6

Cavalheiro?

Não passa dum provocador que depois gosta de se passar por santo...só engana quem não tem olhos na cara...

Acho...

que o cajuda tem qualidade, já o mostrou várias vezes no Braga e o Vitória, e acho que como o JJ poderia ser campeão no FCP.

Manuel Cajuda

é um treinador que me enerva solenemente. O discurso que tem tira-me do sério por isso nada mais tenho a dizer deste senhor. È um bom treinador com êxitos nas equipas por onde passou mas de cada vez que o oiço dá-me um nervoso miudinho que era capaz de lhe dar um chapão se tivesse há minha frente. Tem qualquer coisa que não está certo. Cumps

Re: Manuel Cajuda, o caval(h)eiro português

1- Ouviste Jesus? Jesualdo, atento? Boa mentalidade. Tão boa, quanto difícil imaginar a sua legitimidade. Mas, pelo menos, disse-o. 2- Parece querer contradizer o ponto um. Afinal, uma questão de aptidão, não de respeito ou consciência? Aah! Gosta de falar de futebol mas não de tácticas, o que é pena. Aliás, ele diz mesmo que não há tácticas no futebol.

cavalheiro?

O algarvia pode ser muitas coisas, mas cavalheiro não me parece. Já cavaleiro aceito, ás vezes de guerras perdidas. E para acompanhar, num artigo tão a propósito, se ele vai ficar muito tempo em Guimarães, depois das recentes críticas que fez ao presidente (e com a devida resposta). E o Domingos tão perto do Minho, deixei de saber foi para onde

Re: cavalheiro?

É certo e sabido que esta direcção só está à procura de uma desculpa para despachar o Cajuda. Um acto muito 'grato' para com um treinador que em 16 meses pegou numa equipa que lutava para não descer à IIB, e qualificou-a para a Pré-Eliminatória da Champions. Mas enfim... cá em Portugal se um treinador ganha 25 jogos seguidos, se perde 2 passa logo a besta que não vale nada.