Irá haver coerência? | Relvado

Irá haver coerência?

 

Allen Iverson

I Liga:

Comentários [31]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Toca a castigar

Assim haverá oportunidades para outros actuarem. Lisandro não jogou duas vezes e jogou Farias com os resultados que se sabem. Quanto à Comissão "Disciplinar"...já devem estar há muito tempo a limpar a papelada dos gabinetes porque a paciência tem limites e está a esgotar-se - e não me refiro ao castigo a Lisandro mas a um processo anterior.

Off-topic: ofereço bilhete para os Xutos&Pontapés!

Tenho um bilhete para o Casino Estoril, para a apresentação do novo álbum dos Xutos&Pontapés no próximo dia 20 de Abril. Apesar de ser grande fã dos Xutos, ir do Algarve ao Estoril, durante a semana, não está entre as minhas prioridades. Por isso, ofereço com todo o gosto o bilhete a algum relva que esteja interessado. Quem quiser é só responder a este post ou outros posts que eu faça durante a semana. Se existir mais do que um relva candidato, eu próprio faço o sorteio. Vou dar oportunidade a quem quiser durante os próximos dias. Boa sorte e bom concerto, com a melhor banda portuguesa!

Re: Off-topic: ofereço bilhete para os Xutos&Pontapés!

Da minha parte, enquanto seguidor dos Xutos e Pontapés, o meu muito obrigado pela atenção. Tal como tu, tinha um bilhete, já que comprei um cd num pack que oferecia o bilhete para o Casino Estoril, e tal como tu não poderei lá estar, por isso ofereci o bilhete a um amigo. Irei estar com certeza a 26 de Setembro, salvo erro, no Estádio do Restelo. Como sou do norte e não me dá muito jeito ir 2 vezes a Lisboa, preferi ir ao concerto do Restelo. De louvar o facto de ofereceres o bilhete, à partida, a alguém que nem conheces. Cumps Xutólicos

Tenho pena que não tenham ido buscar o meu artigo

Acerca deste tema, tive oportunidade de submeter no dia 3 de Abril, um artigo do qual apresento o seguinte excerto, que acho que vem a propósito e prova que não foi o caso Lisandro que abriu um precedente. O precedente foi aberto pela Liga, quando castigou um jogador do Benfica, em 1999! É que não sei se sabem, mas em 24 de Abril de 1999, o Benfica defrontou o Porto e empatou a um golo. Nesse jogo, o Benfica desperdiçou uma grande penalidade por Nuno Gomes, num lance em que não existiu qualquer falta sobre Poborsky. Por causa dessa simulação, passado menos de uma semana, o checo foi multado pela Liga, que o considerou culpado de simulação. Ou seja, Poborsky só não foi suspenso, porque o regulamento da Liga, só prevê suspensão, em caso de benefício claro da equipa do infractor, o que no caso desse jogo não existiu, porque o Benfica desperdiçou o penalty.

lol

Exacto Ricardo... até tem tudo a ver... :D

Re: lol

Ai não?! Olha lá e vais até Braga?

Adenda

Eu não estou contra castigar quem simula, bem pelo contrário... Estou contra é estes castigos seleccionados... Mudaram os dirigentes, mas o modus operandi não mudou. Bem que eu gostava que houvesse uma Liga interventiva que castigasse pro-activamente em vez de estar à espera da queixinha deste ou daquele... Até parece que eles não vêem os jogos...

Não, não tem nada a ver...

... e passo a explicar porquê: - quem é castigado com uma multa é o jogador. - quem é castigado com um jogo é o jogador e o clube. A semelhança é o castigo ridículo pois só é aplicado a uns e não a todos, pois em todas as equipas há um jogador que simula uma falta, um penalti, uma agressão, ou outra coisa qualquer... Nos dois casos, há claramente uma diferença no plano desportivo. Quanto a ir a Braga, vou sim senhor. Não sei é se vou dar o abafo a jogar futebol... :D Abraço

Re: Não, não tem nada a ver...

Nos dois casos só há diferença no capítulo desportivo, porque o Nuno Gomes falhou o penalty. A penalização da Liga é a mesma, ou utiliza o mesmo artigo da lei, a diferença é que como não houve benefício para o infractor, a pena foi mais leve. Eu também estava a pensar ir a Braga, mas estamos em período de reflexão. Por um lado é muito caro, por outro faz bem para um gajo desopilar...

Eh?

Um artigo com quatro linhas? A edição anda assim tão desesperada?

vê a lei primeiro

Entre os diversos pontos que condenan o jogador um deles é assinalar penalti. Que eu saiba nenhum deles foi assinalado.

nao a castigos

lizandro foi castigado por enganar o arbitro,levando este a marcar penalti. dos jogadores referidos,nenhum consegui enganar o homem do apito...como tal...

Re: nao a castigos

Em duas frases resumiste tudo. abraço

Nenhum dessas situações...

...de que falas resultaram em beneficio do infractor porque o arbitro não se deixou enganar, portanto não são situaçoes equiparáveis ao lance do Lisandro penso eu de que.O Lisandro conseguiu enganar o arbitro, já o Sapu e o Mariano não. (O Mariano ate acho que foi ele que tropeço nele próprio diga-se em abono da verdade)

Sobre o lance de Sapunaru não me lembro..

..mas Mariano e David Luiz estão totalmente inocentes. O argentino do Porto tropeçou no seu próprio pé "simulando" efectivamente uma grande penalidade e proporcionando aos 37 mil portistas que estavam no Dragão um bom motivo para uma monumental assobiadela. Se ele fez isso com intenção é um verdadeiro artista, mas não deixa de ser demasiado conspirativo seguir essa teoria! Já o David Luiz pelo que pude constatar no resumo tropeçou no pé do adversário que se aproximou pelas suas costas, logo tb não há tentativa de enganar o árbitro. No entanto, quer num caso quer noutro, não houve lugar à marcação de uma grande penalidade e mesmo que houvesse teriam de ser convertidas, para que se pudesse aplicar a lei. Logo, e como isso não aconteceu a questão da coerência ou falta dela levantada pelo autor do artigo nem se chega a colocar.

Foi um esguicho.

Foi uma tentativa de orgasmo sério mas só esguichou.

O ARTIGO QUE A EDIÇÃO QUER OCULTAR

"E o penalti da Naval em Alvalade? Muitos programas de futebol começaram com o suposto penalti de Abel em Matosinhos, em que a bola lhe bateu no peito, depois de disparada à queima-roupa... Ninguém abriu esses mesmos programas com o penalti claríssimo sobre o Derlei, cometido ainda na 1ª parte, muito antes desse lance que tanto ostentaram, e que poderia dar o 2 a 0 ao SCP sobre o Leixões. Nova jornada, NOVO PENALTI, mas desta vez nenhuma estação televisiva o repete. Mão na bola de um jogador da Naval bem dentro da área, a cortar cruzamento do SCP para o centro da área... E eis que não abrem programas a falar de uma mão BEM MAIS CLARA E EVIDENTE que a suposta mão de Abel da jornada anterior... Qual o critério que prevalece na edição de informação desportiva nos vários canais de televisão, públicos e privados? Colocar em causa o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL e ocultar a VERDADE DESPORTIVA, a TODO O CUSTO, até o da VERDADE INFORMATIVA, no cumprimento da ÉTICA DEONTOLÓGICA DA PROFISSÃO QUE REPRESENTAM? QUEM PRETENDEM ENGANAR COM ESSAS "AUTÊNTICAS" LAVAGENS CEREBRAIS, COM A MENTIRA ENCAPOTADA?" AH POIS É, HÁ ARTIGOS SOBRE A VERDADE QUE SÃO CENSURADAS, NA TELEVISÃO E AQUI NO RELVADO... PORQUE SERÁ???

Esses casos não são "casos"

- Mariano sofre realmente um toque no pé, que leva esse mesmo pé a bater no outro, sendo ou não sendo penalty (na minha opinião é) NÃO EXISTE simulação e nem sequer foi marcado penalty. - Ele sofre um toque mas faz-se ao penalty (é portanto, simulação), mas não foi marcado. - David Luiz, não vi, nem preciso de ver....não foi marcado penalty. Mas nessa jornada existe um verdadeiro caso que cumpre os requisitos: Renteria - Foi na área - Foi simulação - Foi marcado - Foi decisivo no resultado

O Mariano não simulou!

Tropeçou nas próprias pernas e caiu! Em relação aos outros dois que falas, existe simulação é um facto, mas segundo sei, a lei pela qual o Lisandro foi suspenso só é aplicável quando a simulação dá lugar à marcação de uma grande penalidade e por sua vez essa grande penalidade tem influência no resultado final. O que não foi o caso em nenhum desses casos que falas logo não deverá haver lugar a nenhum castigo.

Nenhum deles terá o mesmo castigo...

...uma vez que não cumpriram todos os requisitos necessários nomeadamente não ter sido assinalado penalti, não ter resultado em golo e penso que não ter tido influência no resultado.

olá

Infelizmente a regra é ridícula. Há por aqui alguns relvas que vao explicar mais em detalhe essa regra, mas basicamente só e apenas pode ser castigado um jogador que faça simulaçao, em que um penalti é apitado, que deia golo e que esse golo tenha uma influença directa no resultado. Mais simples : Um jogador pode à vontade continuar a fazer simulaçoes, só é castigado com muito "azar". Ridículos estes dirigentes que inscrevem essas novas leis... Hoje os jogadores podem ser castigados graças aos meios televisivos. Pena que os jogadores nao possem ser despenalizados de arbitragens erradas graças a esses mesmos meios... coêrencias... padrinho

Tás bom da cabeça?!

Ponto nº 1: O Mariano não simulou absolutamente nada! Sofre um toque nas costas e escangalha-se todo no meio do chão! Ele bem que tentou manter-se de pé e prosseguir a jogada, mas o empurrão fê-lo bater com uma perna na outra e cair atabalhoadamente. TALVEZ NÃO FOSSE PENALTI, MAS EM MOMENTO ALGUM O MARIANO TENTOU ILUDIR O ÁRBITRO! Ponto nº 2: Tanto Sapunaru como David Luiz tentaram, realmente, cravar um penalti iludindo em erro o árbitro. MAS O PENALTI NÃO FOI MARCADO E NÃO PODE, POR ISSO, SER ANALISADO PELA LIGA DA MESMA FORMA QUE FOI O DO LISANDRO. Ponto nº 3: A suspensão do Lisandro foi tão ridícula e absurda que NÃO PODE, NEM DEVE, SER REPETIDA. Por favor! No entanto, seja como for, estamos inteiramente gratos à Liga por termos de jogar com o Farías! Ponto nº 4: QUE RAIO DE ARTIGO É ESTE?!?! Abraço, JC

Re: Tás bom da cabeça?!

As regras não são para cumprir? É isso que queres dizer quando falas do lance do Lisandro? Quanto ao resto...disseste tudo...

Re: Tás bom da cabeça?!

Se a regra existe, fala em simulação, marcação de penalty e adulteração do resultado final, que critério faltou preencher para o Lisandro poder ser suspenso?

Re: Tás bom da cabeça?!

Nenhum. Só faltou foi a todos os outros que também simularam a falta, deram origem a penaltis e esses penaltis foram convertidos e influenciaram o resultado final...

Re: Tás bom da cabeça?!

Lamento, mas, assim de repente, não me lembro de mais simulações grosseiras que tenham dado origem a penaltie(s) convertido(s) em golo e que, retirando esse(s) golo(s) falsos da equação, o resultado (vitória, derrota ou empate) fosse outro. A regra é absurda (sobretudo pelos muitos critérios), mas o caso do Lisandro é precisamente o tipo de lance a que se referia quem fez esta lei.

Re: Tás bom da cabeça?!

Não te lembras? Digo-te já um de cabeça, o do Di Maria no jogo com o Braga. Simulação, penálti, influência no resultado. Agora se fores ver todos os jogos de todas as equipas dos últimos 2 anos(que é desde quando a lei existe) com toda a certeza que encontrarás pelo menos uma dezena de lances.

Re: Tás bom da cabeça?!

Não me posso lembrar de coisas que não aconteceram. O "penalty" sobre o Di Maria com o Braga não foi golo.

Não...

... o Acordão é que foi feito à medida para castigar o Lisandro...

Re: Não...

Claro, fizeram o acórdão e ficaram à espera que o Lisandro simulasse um penalty que o árbitro assinalasse e evitasse um derrota do Porto. Só pode ter sido isso.