Competitividade do Futebol Português | Relvado

Competitividade do Futebol Português

As 32 equipas das duas ligas profissionais deveriam ser colocadas em três divisões.
 

A minha proposta para aumentar a competitividade do futebol português: pegar nas 32 equipas das duas ligas profissionais e dividi-las em 3 divisões:
- Primeira Liga com 10 equipas e 4 voltas.
- Segunda Liga com 10 equipas e 4 voltas.
-Terceira Liga com 12 equipas e 4 voltas.

Com isto teríamos: mais jogos, logo aumento da capacidade de competição das nossas equipas. Ficávamos com campeonatos de 36 jornadas, na primeira e segunda ligas, ao nível dos melhores campeonatos europeus, e com 44 jornadas na terceira liga que poderia, a termo, ser também reduzida a 10 equipas.

Teríamos muito mais jogos entre as equipas de topo do nosso futebol o que traria mais espetáculo e mais audiência. As duas Ligas inferiores seriam também elas mais vivas e mais competitivas com esses jogos todos, habituando os jogadores a um ritmo de época mais exigente que os preparava para dar o salto para outros voos.

Que pensam disto?

I Liga:

Comentários [7]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Aumenta competitividade mas aumenta o fosso entre equipas

A melhor solução possível para o futebol português é claramente esta: http://barboville.blogspot.com/2014/02/novo-modelo-primeira-liga-ideia-q...

Não entendo algumas respostas

Pode-se concordar ou não com o conteúdo do artigo, pode-se achar ou não que vale a pena experimentar uma solução destas, mas não consigo compreender a posição de alguns que, sem darem qualquer argumento, vêm dizer que o artigo é uma estupidês! Não dá para entender porque é que não se pode admitir um artigo destes que é sobre futebol, que tem uma idéia e uma tese e que a põe à discussão de todos! Ou será que só gostam de artigos com insultos e clubismos exacerbados?
Sobre o tema em si, não tenho certezas nenhumas, mas a verdade é que os países que experimentaram soluções semelhantes não tiveram grande êxito! Escócia, Suiça e Áustria fizeram opções deste tipo há alguns anos e elas não trouxeram maior competitividade ou ao menos melhoria do nível de futebol! Em Portugal, há poucos anos, diminuímos o número de equipas de 18 para 16 e não está provado que isso tenha trazido qualquer benefício ao futebol nacional! Creio que temos de fazer, antes de mais, uma avaliação séria do que se tem passado, aqui e noutros países, antes de optarmos por soluções radicais que podem ser um desastre quando aplicadas ao nosso cantinho!

Ess estupidês é qualquer

Ess estupidês é qualquer coisa. Será influência dos péssimos jornalistas que aqui escrevem?

COMPETITIVIDADE!!!

Boa noite e os meus cumprimentos.Oh meu caro Ealago, reconhecendo-lhe o direito a ter e até a exprimir as
suas opiniões mas, não concordo com esta. A competitividade do futebol português só poderá melhorar com
os treinadores e jogadores a pensarem/agirem diferentemente do que tem acontecido. Dou-lhe um exemplo
bem actual: No Mundial Feminino e no Mundial Sub 17 que têm estado a decorrer, já aconteceram vários jogos
que fariam CORAR DE VERGONHA a maior parte dos jogadores,equipas e treinadores do nosso campeonato.
Queira notar que nem me refiro ás comparações individuais mas principalmente ás exibições colectivas que
no caso do futebol são importantíssimas. Em minha opinião não é tão importante quem joga(jogadores) mas
sim como se joga(equipas)...Saudações desportivas e benfiquistas

Este site está cada vez mais

Este site está cada vez mais estúpido.

A minha ideia

Será de 12 equipas na Liga principal com
2 voltas depois os 6 primeiros jogavam todos contra todos e os 6 ultimos igual para as despromoções.

assim teriamos 22 jornadas 1 fase mas 10 da 2 fase o que dava 32 , mais duas do que agora mas muito mais competitivas .

Na segunda liga seria formato identico em que deviam subir entre as ligas 3 equipas para dar mais espetaculo.

?

Isto é alguma brincadeira? o.o'