Em caso de dúvida deve-se beneficiar equipa que ataca | Relvado

Em caso de dúvida deve-se beneficiar equipa que ataca

 

Parece que os demais relvas antes de serem adeptos de futebol (adeptos de golos, adeptos de incertezas de resultados, adeptos de ver equipas a darem a volta ao resultado, adeptos de verem os pequenos a constantemente testarem a grandeza dos ditos gigantes!) são adeptos de clubes e somente isto!Que tal criticarem mais as performances das suas equipas? Que tal criticarem mais as suas próprias decisões durante os jogos? Que tal interrogarem-se sobre o que podem fazer pelo jogo ao invés do que os outros podem fazer pelo jogo?Talvez por as pessoas serem assim, passam ao lado do que realmente interessa, transformar a nossa Liga num campeonato mais competitivo, espectacular e por isso mais rentável a nível europeu.10G

I Liga:

Comentários [64]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Boca forte

Muita gente critica, mas é verdade. No entanto, se eu fosse bracarense protestaria na mesma. O ser humano é assim. Cumps

Dúvida?

essa história de tomar determinada atitude EM CASO DE DÚVIDA, não iliba o erro. Um erro é um erro!

Vou abrir um negócio rentável

Uma loja de multiópticas. Parabens CRISTIANO RONALDO Quando estiveres com o Mourinho dá-lhe desprezo porque é o que este arrogante merece.

oculos

pa pecisas de oculos o david luis ta completamente fora de jogo nao ha duvida tal como o golo do reteria esse anulado"

Deve-se beneficiar sempre os atacantes...

Mas temos de ver que caso de dúvida não é offside a um quilómetro é sim, uma dúvida no máximo de um pé ou assim. Agora, David Luiz nunca pode ser considerado um offside com dúvida... Foi um erro que foi, para variar, a favor do Benfica.. PS: Ronaldo apesar das críticas, apesar da arrogância algumas vezes, contra muitos e mesmo portugueses, CHEGOU LÁ E TENHO ORGULHO! FORÇA PORTUGAL!! Cumps

Concordo contigo

só um aparte, o Reguila não estava em off-side. Em todos os campeonatos os árbitros falham e o português não é excepção. Aliás, como podem ver no youtube, existem lances de autentico escândalo noutras ligas que até são bem melhores que as nossas e em competições internacionais. E isso acontece todas as semanas e eles não "batem" tanto nos árbitros como nós. Aquilo que nos diferencia dos outros (leia-se melhores) é precisamente a nossa MENTALIDADE! Ainda no ultimo jogo da taça da liga inglesa, acho eu, o MU marcou o único golo da partida em fora de jogo e os jornais referiram isso com normalidade, e chega. Vi o lance na sportv e o comentador frisou a boa jogada mas não frisou o fora de jogo. Pode até acontecer o melhor golo do ano em toda a europa na nossa liga, mas se for de um dos grandes vamos sempre buscar aquele pontapé de baliza que era pontapé de canto ou aquele fora de jogo inexistente 5 minutos antes do lance. É triste Mas o principal culpado de tudo isto é a COMUNICAÇÃO SOCIAL, e o portuga vai atrás do que eles dizem. Nós raramente temos opinião formada, temos sempre que ir buscar a dos outros. E infelizmente vai continuar a ser assim assim. A comunicação social apenas transmite aquilo que a maioria dos leitores/espectadores quer ouvir. Sem mais Cumps

Beneficiar equipa que ataca ?

Concordo ! Mas no jogo do Benfica contra o Braga o árbitro deveria ter o mesmo critério, e não o teve. Beneficiando o atacante deveria no mínimo ter assinalado dois penaltis a favor do Braga onde na tinha perspectiva, foram dois erros grosseiros tendo em conta a forma como os jogadores Bracarenses foram impedidos de jogar a bola. Se o critério fosse idêntico, tudo bem ! Como não foi, aí está o verdadeiro problema. Até posso desculpar o erro do fora-de-jogo que acabou por dar em golo, mas não posso compreender que o mesmo fiscal de linha e o árbitro não tenham visto dois penaltis claríssimos. As equipas grandes deveriam "chorar" menos vezes, pois essas, são as que mais vezes saem beneficiadas por estas situações.

Contra o NAcional

usaste o mesmo raciocinio? se sim, tudo ok. dou te os parabéns pela lucidez. quanto a mim o fora de jogo (quase todos eles) são muito dificeis de ajuizar , muitas vezes é fisicamente impossivel de se estar a olhar para onde a bola vai e de onde parte. para mim o ideal era 1 chip em cada chuteira e um leitor óptico na lateral. era impossivel falhar....

Ai que riso...

ISto a gente mesmo cega, que é para não chamar outra coisa! O fora de jogo de Reguila não existe eo do Di Maria exite! Percebes a diferenças?!?!!? Já agora o penalty não assinalado sobre o Matheus, tb beneficia quem ataca?!?!!? E já agora como se deve benefeciar quem ataca, o pseudo penalti sobre o di maria foi bem marcado? É pah, deixem de ser ridiculos, voces são todos iguais, todos curruptos, e lutam para ver entre os 2/3 quem tem amior poder de infuencia, pk é tudo farianha do mesmo saco!!!

Dass

nao se percebe nada do que escreves… Fora de jogo do Di Maria ? Entao mas nao foi o David Luiz que marcou em fora de jogo ? E o penaltie sobre o Di Maria foi inexistente ? Porquê ? Por ele vestir a camisola do SLB ?

LOL

Comparar o "dentro-de-jogo" do Reguila com o "a-quilómetros-de-jogo" do David Luiz é a mesma coisa que comparar o João Moutinho com o Carlos Martins, por exemplo!!

Isto a sério?

"Em ambos os casos, a diferença no fora-de-jogo não é escandalosa, pelo que acredito que o árbitro tenha tido as suas dúvidas." Se for a gozar, é bem apanhado. A diferença entre o Reguila e o David Luiz é que um está bem em jogo (apesar da SportTv e derivados ter começado a abafar a repetição que o mostra claramente) e o David Luiz estar bem fora de jogo, o fiscal de linha estar no enfiamento e não ser especialmente um lance rápido. Mas, lá está, se a frase que dá o mote para este artigo for a gozar, os meus parabéns.

OFF-TOPIC

A edição do Relvado já se esqueceu de nós novamente? Notícias? Não há? RONALDO é o melhor do MUNDO! Não merece destaque? Tranferencias, não há? Por favor, respeitem quem vos deu este sucesso! Cumps

Como é possivel?

Comparar as duas situações? "Em ambos os casos a diferença no fora-de-jogo não é escandalosa"? - Se virmos que num caso há fora de jogo no outro não, se calhar já existem uma diferença bastante grande entre uma situação e outra não? "Que tal criticarem mais as performances das vossas equipas?" Vou estar atento se vais fazer isso quando FCP ou SCP forem beneficiados... Tens tido bons comentários no RELVADO mas acho que este artigo com toda a sinceridade, deixou muito a desejar. Cumps

Parabéns Ronaldo...

Toda a gente sabe que eu não vou muito á bola com o "miudo" mas o prémio é totalmente merecido, assim como o segundo e o terceiro lugar foram muito bem atribuidos, Messi fez uma segunda metade de época fantastica e está a fazer um começo de época igualmente fantástico(para o ano é dele o prémio) e Torres também esteve muito bem (se fosse Xavi a ficar em terceiro também era justo). Que o "miudo" ganhe um pouco de maturidade com este prémio, e que o motive para ajudar a nossa selecção que bem precisa. Cumps

O golo

em fora de jogo do D.Luiz, aceita-se, sim porque o arbitro esta mal posicionado e o fiscal de linha esta obviamente do lado oposto de onde a bola foi jogada por D.Luiz. O que faz que é mais complicado para ajuizar este tipo de lances. Onde os jogadores das duas equipas mexem muito num espaço muito reduzido, metem-se em fora-de-jogo e logo a seguir metem-se em jogo constantemente, baralha muito a visao de jogo dos juizes. E, em caso de duvida, beneficia-se a equipa ataquante, claro ! Ou pensem que os arbitros veêm o jogo de "cima" ? Como nos ? So mesmo quem nunca calçou pitons é que pode pensar assim ! (Por falar em visao de jogo dos arbitros, sabiam que um jogador, nao pode vestir uma camisola interior da mesma cor que a camisola da equipa adversaria ?) Agora sim, podem se queixar dos dois penalties que nao foram assinalados ao favor do Braga. E foi, escândoloso… Por falar em penalties, aquele que o Di Maria sofre é completamente legal… Ja li por aqui, que o penaltie nao existe… Enfim. Agora, sem querer minimisar a "ajudinha" do arbitro, acho estranho é que quando as equipas adversarias do SLB sao beneficiadas, nao se vê tanta inquisiçao ! Pelo menos, a roubalheira do jogo Sporting vs Braga nao fez tanto barulho… Estranho no minimo. Ou têm medo do SLB ? Pelo os vistos, nao mete medo a ninguem, como ja li por aqui… Mas nao se preocupem, os três grandes da maneira como têm jogado, vao perder muitos pontos até ao final da competiçao, e ai, quem for o menos "mau" sera Campeao ! Cumps.

o autor deste artigo quer fazer dos outros burros

o benfica foi escandalosamente beneficiado, aliás como tem sido durante todo este campeonato, e este jogo foi só mais um de vários onde o campo geralmente se inclina para o vermelho. mas quem sobrevive à custa de favores de arbitragem, mais tarde ou mais cedo cai. e quando o benfica cair, vai ser com estrondo. Já chega de arbitragens desavergonhadas como a do jogo com o Braga. Passa-se de um resultado que provavelmente seria o 0-1, caso o Braga marcasse o seu penalti, para um resultado de 1-0 com um golo em claro fora de jogo e um penalti sonegado ao Braga! é escandaloso!

Este Ganda Comentário, fez-me arreganhar a tacha!

Ay Deus & u son? Já aqui disse que o Sporting devia aprender com o "BENFAS", de modo a acabar com o escândalo das arbitragens em Alvalade. Da única vez em que aparentemente foram prejudicados, os galináceos armaram um pandemónio, com choradinhos a roçar o amaricado, «qual escandaleira NACIONAL», primeiras páginas em tom apocalíptico, chantagem emocional, e o diabo a quatro...???!!! Funcionou. Na moribunda Taça da Liga, um penaltizito evidente perdoado, que poderia dar o empate ao Vitória. Hoje um golo em fora de jogo. A coisa está a funcionar/marchar é o COLINHO... Já em Alvalade, onde já se viram golos limpinhos anulados, (dois deles na mesma jornada, em que o Miguel Vítor assistiu com a mão, e que motivou toda a histeria vermelhusca) um penálti de falta quase a meio campo, uma bola toda lá dentro que não contou (poderão ser duas, ainda não vi a repetição de ontem), penaltizitos a eito por marcar, bolas aliviadas por defesas isolados (note-se o plural) sem nenhum jogador do Sporting por perto mas que afinal são pontapés de baliza, guarda-redes a jogar a bola impunemente fora da área, etc..., em Alvalade não se fazem choradinhos (tirando as lamentáveis e isoladas declarações do Paulo Bento) nem se vem para os jornais com melodramas românticos, nem com insónias publicitadas. Talvez por isso continue o escândalo, como ainda ontem se viu, repetidamente. Note-se bem que não me move qualquer teoria conspirativa contra os árbitros. Já o disse muitas vezes: não acredito que sejam corruptos, são sim tremendamente incompetentes. Mas com tanta pressão, é natural que em caso de dúvida, e para evitar más classificações devido à arruaça mediática (já os que passeiam a sua incompetência em Alvalade, e com erros publicamente reconhecidos como bem mais graves, têm BOM), acabam por apitar de forma mais avermelhada, como se viu a meio desta semana e hoje. Fico muito ansioso por saber qual será a classificação do árbitro de hoje, e mais ainda para ver se para a próxima jornada apita - embora me pareça que, apesar de ter falseado um resultado, não seja líquido que tenha o mesmo tratamento que o Pedro Henriques, pois parece que estas coisas só funcionam se o o "BENFAS" é prejudicado e vem armar escandaleira nos "media". Mas voltemos ao título desta texto. D. Dinis, na célebre cantiga, chorava-se pelo seu amor, plangendo "ay Deus & u é?" (Ai Deus, e onde está?). Pois eu digo ai deus, onde estão(*) - os que se rojaram no chão de angústia por um golo anulado? Imagino que as insónias do Quique já tenham passado. --- (*) Ainda que eu não acredito nem em ovnis nem em deuses...???!!! Eu cá acredito em DEUS e na Justiça Divina. in facciosis Jadscl

Re: Este Ganda Comentário, fez-me arreganhar a tacha!

Hey, tu achas que eu sou.. o .. ______ . Deixa-me rir.

MINHA QUEIXA NA ERC II

. Ex(a)s Sr(a)s ERC Venho por este meio apresentar queixa/reclamação contra o jornal “Record”, por desavergonhada falta de rigor informativo que falseia por completo a Verdade Desportiva. Não se tratam de artigos de opinião, a rubrica em causa é a crónica do jornal do jogo Benfica-Braga, ora numa crónica de um jogo de futebol é pressuposto ser-se imaculadamente rigoroso e objectivo, principalmente tratando-se de uma área tão sensível como os casos do jogo relativamente à arbitragem ( página 9 ). O jornalista em causa é o já nosso conhecido António Magalhães. Os lances mais polémicos reportam-se a 4 situações de eventuais pénaltis. Como devem saber, a grande maioria dos lances de futebol encerram alguma carga de subjectividade, os jornaleiros de serviço aproveitam-se desse facto, e em caso de qualquer “duvidazinha” ( por maior e mais ridículo que seja o preciosismo ), decidem sempre contra o Benfica. Desta vez o jornaleiro de serviço não conseguiu controlar os seus impulsos, e entrou claramente no domínio da velhacaria esquizofrénica. Para fundamentar a minha Queixa transcrevo um texto que pus a circular na Net para denunciar a situação: I) – Lance na área do Benfica envolvendo o Bracarense Alan e o Benfiquista Katsouranis. O António não tem dúvidas, é pénalti. Analisando a coisa com objectividade e rigor: este é um lance de natureza bem duvidosa e oferece diferentes leituras. Tudo começa num lance de bola parada, um lançamento de linha lateral, segundo alguns o lançamento é executado de forma irregular, sinceramente não sei, é uma situação a aclarar. O João Pereira lançou a bola com bastante força para o interior da área, numa repetição dá para ver que realmente o Katsouranis agarra por instantes o Alan, mas nos lances de bola parada é normal os jogadores agarrarem-se e puxarem-se mutuamente numa luta desenfreada pela melhor posição. Nos lances de bola parada, a lei do bom senso diz-nos que só deve ser marcada falta, quando um jogador é obstruído num lance em que potencialmente pode chegar à bola. Não era este o caso porque a bola foi endossada ao Renteria ( Braga ) e passou muito por cima do Alan. O árbitro fez o que se costuma fazer na grande maioria destes casos, deixou seguir o lance. A bola seguiu para o Renteria, há quem diga que ele jogou a bola com o braço, sinceramente não sei, é uma situação a aclarar. Entretanto a bola sobra para o Alan, o jogador do Braga tem o braço esticado para trás dando a sensação de estar a tentar afastar o Katsouranis, o Katsouranis esticou a sua perna ( por entre as pernas do Alan ) e jogou a bola. Parece-me natural que, como o Alan tinha o braço esticado para trás, o Katsouranis lhe tenha tocado no braço ao fazer o corte. Aparece uma imagem no Record a retratar essa situação, ambos os jogadores têm os braços numa posição, digamos que, ligeiramente suspeita. Mais uma vez acho que o árbitro fez bem em deixar seguir. Apesar do lance deixar muitas dúvidas, parece-me claro que a maioria dos especialistas ( estrangeiros ) isentos considerariam a decisão do árbitro como a mais ajustada. II) - Lance na área do Braga envolvendo o Benfiquista Di Maria. Aqui o António já começa a mostrar alguns sinais de delírio, segundo ele, não é pénalti. Analisando a coisa com objectividade e rigor: este lance também é duvidoso mas acho que é mais “consensual” ( menos duvidoso ) do que o anterior. O Di Maria driblou um adversário, entrou na área e desviou a bola de outro adversário que lhe apareceu ao caminho, como já levava alguma velocidade ganhou alguma vantagem sobre o último adversário directo, este para contrariar essa vantagem do Benfiquista obstruiu a sua progressão de forma ilícita. Os lances de ombro a ombro são regulares, mas só acontecem quando ambos os jogadores estão em igualdade de circunstâncias para chegarem à bola, lado a lado encostam os ombros ganhando a luta o mais forte naquele momento. Não foi o que se passou neste lance, o Bracarense estava em desvantagem e quando provocou o contacto não estava com o seu ombro ao lado do ombro do Di Maria. O Bracarense com o seu ombro carregou o Di Maria na parte de trás do seu ( Di Maria ) ombro. Carga irregular! Este é daquele tipo de lances que fora da área os árbitros geralmente apitam! Apesar do lance deixar algumas dúvidas, parece-me claro que a grande maioria ( provavelmente, mais de 70% ) dos especialistas ( estrangeiros ) isentos considerariam a decisão do árbitro como a mais ajustada. III) – Lance na área do Benfica entre o Luisão e Bracarense Matheus. Aqui o António entra claramente no domínio do delírio, segundo ele, é pénalti. Analisando a coisa com objectividade e rigor: este lance também é duvidoso mas acho que é ainda mais “consensual” ( menos duvidoso ) do que o anterior. O Matheus, já dentro da área, aparece sobre a esquerda do ataque Bracarense, o Luisão faz o carrinho ( cerca de 30-40 cm ) à frente do Matheus para evitar o centro ( género de lance bastante frequente nestas circunstâncias ), o Matheus deixa deliberadamente a bola para trás e vai à procura do contacto com o Luisão. Em nenhum instante a acção do Luisão impediu ilicitamente o Matheus de chegar à bola, ele é que a deixou para trás e forçou o contacto. Lance regular! Aliás, para reforçar a minha “tese”, houve um lance ( Guimarães-Benfica, para o Campeonato ) do Aimar na área Vimaranense com algumas semelhanças com este, um defesa do Guimarães fez um carrinho, houve contacto com o Aimar e ele caiu. Acontece que foi o ( Aimar ) avançado que forçou o contacto, tal como no caso do Luisão. A falta de vergonha na cara e velhacaria dos jornaleiros Filhos da Fruta começa a tornar-se evidente! Aliás, na descrição do lance do Luisão, o António começou a entrar em desespero de causa e começou a perder as estribeiras, enveredando pela mentira descarada. Segundo ele: « O Matheus é ceifado pelo carrinho do Luisão ». Basta ter apenas uma pequena familiaridade com a linguagem do futebol, para saber que o termo “ceifar” se utiliza apenas nas jogadas em que um jogador vai directamente às pernas do adversário. Ora, acontece que, na própria imagem do Record é claramente visível que o Luisão fez o carrinho ( 30-40 cm ) à frente do Matheus. Apesar do lance deixar algumas dúvidas, parece-me claro que a grande maioria ( certamente, mais de 70% ) dos especialistas ( estrangeiros ) isentos considerariam a decisão do árbitro como a mais ajustada. IV) – Lance na área do Braga envolvendo o Benfiquista Suazo. Aqui o António diz que o lance é duvidoso, refugia-se num cliché mais velho e prostituído do que “a mais velha profissão do Mundo”: « Não há a certeza absoluta que o movimento do capitão do Braga provoca a queda ( do Suazo ) ». Qualquer pessoa com meia dúzia de neurónios funcionais no cérebro e um pingo de vergonha na cara, sabe perfeitamente que este lance é “mais pénalti” do que qualquer um dos outros reclamados pelos Bracarenses. Analisando a coisa com objectividade e rigor: houve um centro, o Suazo estava em vantagem para chegar à bola e em boa posição para fazer golo, e fica a clara sensação que o defesa do Braga utilizou deliberadamente as mãos/braços para obstruir a acção do Suazo. Este ( António ) mentiroso velhaco e compulsivo, se tivesse meia dúzia de neurónios funcionais no cérebro, saberia perfeitamente que os jogadores não podem utilizar deliberadamente os braços/mãos para impedir a acção dos adversários. Lance irregular! Apesar do lance deixar algumas dúvidas, parece-me claro que a grande maioria ( certamente, mais de 70% ) dos especialistas ( estrangeiros ) isentos considerariam que a decisão mais ajustada seria assinalar o pénalti. 1 – Vá lá, o António conseguiu acertar uma, o golo do Benfica foi irregular porque foi precedido de fora-de-jogo. O golo ( irregular ) do Benfica é a única situação que o Braga tem de queixa, na questão dos pénaltis não têm razão absolutamente nenhuma. 2 – É por demais evidente, os jornaleiros “prostituídos” e todos os Filhos da Fruta ( incluindo os da Comunicação Social ) aproveitaram-se destes lances duvidosos para fabricar um escândalo. O objectivo é por demais evidente, pressionar os árbitros para que, no futuro, em qualquer caso com a mínima duvida apitem sempre contra o Benfica. Como em futebol grande parte dos lances encerram uma certa carga de subjectividade, isto trata-se de um gravíssimo caso de incentivo à batota por parte da Comunicação Social. 3 – Para fundamentar o que digo, vejam o seguinte vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=GNgOUM-cW9w Ah pois é, entrando com preciosismos, reparem bem no instante 2:00, o preciso instante em que o Suazo remata a bola na marcação do pénalti: O que vêem sua cambada de grandessíssimos velhacos? O que vêm sua cambada de grandessíssimos Filhos da Fruta? 4 – Ah pois é! Não andamos todos a dormir! Quatro irregularidades! REPITO … Quatro, four, quatre, IV, 4 irregularidades! Perceberam? Ou querem que lhes faça um boneco? 5 – O guarda-redes tem os 2 pés adiantados cerca de 20-30 cm em relação à linha de baliza … e … estão 3 jogadores do Braga dentro da área! Sabem o que isto quer dizer, cambada de jornaleiros atrofiados mentais? Ah pois é! O pénalti devia ter sido repetido! 6 – Afinal quem tem razão de queixa na questão dos pénaltis? 7 – Ah pois é! Afinal deram-se mal com a vossa Chico-esperteza dos preciosismos! CAMBADA DE VELHACOS ESQUIZOFRÉNICOS! 8 – É verdade que a situação do guarda-redes ligeiramente adiantado é um preciosismo, porque nestas situações geralmente os árbitros não mandam repetir os pénaltis. Já o caso dos jogadores dentro da área é diferente, porque um deles se aproveita dessa irregularidade para depois impedir que o Suazo faça a recarga, e porque eu já vi árbitros mandarem repetir pénaltis por causa de jogadores dentro da área. 10 – É obvio que a estas irregularidades bem mais claras, os jornaleiros prostituídos nem sequer fizeram referência. A falta de rigor informativo e de isenção da Comunicação Social Desportiva está a atingir níveis vergonhosamente escandalosos, nesse aspecto estamos bem pior do que muitos Países do Terceiro Mundo. 11 – Algumas Leis Gerais, as Leis que regulam a Comunicação Social e os estatutos da ERC não deixam margem para dúvidas, é à ERC que compete a regulação destas situações completamente ilícitas e imorais da Comunicação Social. A ERC tem a obrigação Legal, Ética e Moral de intervir nesta situação vergonhosa de descarada falta de rigor informativo e isenção da Comunicação Social Desportiva. Afinal, como justificam o dinheiro que recebem do Orçamento Geral do Estado? .

Re: Apesar da tua sanidade mental me

deixar algumas dúvidas,parece-me claro que a grande maioria ( certamente, mais de 70% ) dos especialistas ( estrangeiros ) isentos considerariam que a decisão mais ajustada seria considerar-te um caso perdido.

Re: MINHA QUEIXA NA ERC II

O Di Maria driblou um adversário, entrou na área e desviou a bola de outro adversário que lhe apareceu ao caminho, como já levava alguma velocidade ganhou alguma vantagem sobre o último adversário directo, este para contrariar essa vantagem do Benfiquista obstruiu a sua progressão de forma ilícita. Segundo está citado na crónica o jogador do Braga obstruiu o Di Maria. Se obstruiu é porque fez uma obstrução. Vejamos o que a lei diz quando há uma obstrução. Pontapé-livre indirecto Um pontapé-livre indirecto será concedido à equipa adversária do guarda-redes que, encontrando-se na sua própria área de grande penalidade, cometa uma das quatro faltas seguintes: manter a bola em seu poder durante mais de seis segundos antes de a soltar das mãos; tocar uma nova vez a bola com as mãos depois de a ter soltado, sem que ela tenha sido tocada por outro jogador; tocar a bola com as mãos vindo de um passe atirado deliberadamente com o pé por um seu colega de equipa; tocar a bola com as mãos vinda directamente de um lançamento lateral efectuado por um colega de equipa. Um pontapé-livre indirecto será igualmente concedido à equipa adversária do jogador que, no entender do árbitro: jogue de uma maneira perigosa; faça obstrução à progressão de um adversário; impeça o guarda-redes de soltar a bola das mãos; cometa outras faltas não mencionados anteriormente na Lei 12, pelas quais o jogo seja interrompido a fim de advertir ou expulsar um jogador O pontapé-livre indirecto deve ser executado no local em que a infracção foi cometida.* Só por aqui se vê a credibilidade que o SR. António Magalhães tem e, por acrecento o autor do artigo.

Re: MINHA QUEIXA NA ERC II

A mim parece-me que o colete de forças está muito apertado, cortando assim o fluxo de sangue para o teu "cérebro"....

Re: MINHA QUEIXA NA ERC II

Este bate mesmo mal não bate????

Re: MINHA QUEIXA NA ERC II

Tu querias era mais Calabotes como este Paulo Batista, não era?..

Vamos lá a esclarecer este tema de uma vez...

...por todas. Primeiro, vê os lances na televisão. Segundo, o Reguila não está fora-de-jogo (o Maxi Pereira coloca-o em situação legal). Terceiro, o David Luiz está claramente em fora-de-jogo e era impossível o árbitro assistente não ter reparado (a não ser que estivesse a olhar para outro lado ou mal posicionado o que considerando tratar-se de uma jogada de bola parada é verdadeiramente uma actuação incompetente). Quarto, eu quero ver é os Media farão tanto escabeche com esta situação como fizeram com a actuação do Pedro Henriques.

Re: Em caso de dúvida deve-se beneficiar equipa que ataca

Uma coisa é o avançado estar num movimento de sentido contrário ao da defesa adversária, o que aumenta a dificuldade em analisar a situação (foi o que aconteceu com o Reguila). Outra coisa é a posição escandalosa em que o David Luiz está na altura em que o jogador do Benfica bate o livre, lance supostamente bem mais fácil de ajuizar.

Ronaldo é o melhor do mundo há duas horas...

Tão à espera do quê para darem a puta da notícia?

duvida

duvida tenho eu da sanidade mental de algumas pessoas!!!!!!!!!!!!!!!

De que clube serás tu?

O do Reguila não era fora de jogo. O soutro só é duvidoso se o fiscal de linha estiver bêbado. Caso contrário os benfiquistas daqui diriam que não estava fora de jogo. Aliás quando acontece alguma coisa os adeptos do clube envolvido têm não sei por que raios sempre uma opinião diferentes dos adeptos dos clubes rivais.