Benfica e Porto: a mais velha aliança do futebol nacional | Relvado

Benfica e Porto: a mais velha aliança do futebol nacional

 

Quando o Porto é o eterno rival do Boavista e o Benfica do Sporting para quê misturar águas?! O Porto é o melhor clube do Norte e o Benfica o melhor clube do Sul; para quê esta rivalidade quando a história diz que outrora ambos foram parceiros e as suas relações foram positivas?Será que é preciso falecer o Pinto da Costa para as relações voltarem a ser pacíficas e voltar a haver cooperação entre os clubes, ou será que já não vamos a tempo de um entendimento futuro e passaremos a ser eternos rivais e voltaremos a assistir a uma rivalidade saudável, mas limpa?Perpétuo

I Liga:

Comentários [78]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Só para Benfiquistas!

Invasão a Belém 2009/10 Belenenses 0 - 4 Benfica http://www.youtube.com/watch?v=xW1qYNmbK8M&feature=related

TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

QUADRO DE HONRA DOS CAMPEÕES Ao longo de cem anos as equipas e os atletas do Sporting conquistaram milhares de títulos, angariando para o Clube um glorioso pecúlio em numerosas modalidades, umas em actividade, outras extintas ou suspensas. Modalidade a modalidade, por ordem alfabética, eis o quadro de honra dos campeões nacionais, sabendo-se que, felizmente para o Sporting e os sportinguistas, ele está sempre inacabado e a ser enriquecido. ACTIVIDADES SUBAQUÁTICAS Campeonato Nacional de Caça Submarina, equipas (10 títulos) 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998 e 2000 Campeonato Nacional de Caça Submarina, individual (8 títulos) 1989 - António Silva, 1990 - António Silva, 1991 - António Silva, 1992 - António Silva, 1996 - António Silva, 1997 - João Cruz, 1998 - António Silva e 2000 - João Cruz Taça de Portugal de Caça Submarina, equipas (1 título) 1998 Taça de Portugal de Caça Submarina, individual, (1 título) 1997 - António Silva ANDEBOL Campeonato Nacional (18 títulos) 1951/52, 1955/56, 1960/61, 1965/66, 1966/67, 1968/69, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1977/78¸ 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1983/84, 1985/86, 2000/01 e 2004/05 Taça de Portugal (13 títulos) 1971/72, 1972/73, 1974/75, 1980/81, 1982/83, 1987/88, 1988/89, 1997/98, 2000/01, 2002/03, 2003/04 e 2004/05 Supertaça Nacional (2 títulos) 1997/98 e 2001/02 ATLETISMO Campeonato Nacional de Pista, equipas, masculino (43 títulos) 1941, 1943, 1945, 1946, 1947, 1948, 1950, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1981, 1985, 1987, 1988, 1995, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001 2003, 2004 e 2005 Campeonato Nacional de Pista, equipas, feminino (36 títulos) 1945, 1946, 1947, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1979, 1980, 1981, 1987, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005 Campeonato Nacional de Pista Coberta, equipas, masculino (10 títulos) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005 Campeonato Nacional de Pista Coberta, equipas, feminino (11 títulos) 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005 Campeonato Nacional de Crosse, equipas, masculino (44 títulos) 1912, 1928, 1930, 1931, 1935, 1941, 1942, 1943, 1948, 1949, 1950, 1952, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1991, 1993, 1995 e 1997 Campeonato Nacional de Crosse, equipas, feminino (3 títulos) 1972, 1973 e 1974 Campeonato Nacional de Crosse Curto, equipas, masculino (4 títulos) 2000, 2001, 2002, 2003 Taça de Portugal de Pista, equipas, masculino (4 títulos) 1997, 1998, 1999 e 2000 Taça de Portugal de Pista, equipas, feminino (5 títulos) 1996, 1997, 1998, 1999 e 2000 Campeonato Nacional de Crosse, individual, masculino (49 títulos) 1912 - Matias de Carvalho, 1923 - Albano Martins, 1928 - Manuel Dias, 1930 - Manuel Dias, 1931 - Manuel Dias, 1932 - Manuel Dias, 1935 - Adelino Tavares, 1941 - Manuel Nogueira, 1942 - Aníbal Barão, 1943 - Alberto Ferreira, 1947 - Filipe Luís, 1948 - Filipe Luís, 1949 - Afonso Marques, 1950 - Álvaro Conde, 1951 - Filipe Luís, 1952 - Filipe Luís, 1955 - Manuel Faria, 1956 - Manuel Faria, 1957 - Manuel Faria, 1958 - Manuel Faria, 1959 - Manuel Faria, 1960 - Joaquim Ferreira, 1962 - Manuel Oliveira, 1963 - Manuel Marques, 1964 - Manuel Oliveira, 1965 - Manuel Oliveira, 1967 - Manuel Oliveira, 1968 - Manuel Oliveira, 1970 - Carlos Lopes, 1971 - Carlos Lopes, 1972 - Carlos Lopes, 1973 - Carlos Lopes, 1974 - Carlos Lopes, 1976 - Carlos Lopes, 1977 - Carlos Lopes, 1978 - Carlos Lopes, 1979 - Fernando Mamede, 1980 - Fernando Mamede, 1981 - Fernando Mamede, 1982 - Carlos Lopes, 1983 - Fernando Mamede, 1984 - Carlos Lopes, 1985 - Fernando Mamede, 1986 - Fernando Mamede, 1987 - Dionísio Castro, 1990 - Domingos Castro, 1991 - Dionísio Castro, 1993 - Domingos Castro, 1994 - Domingos Castro e 1998 - Domingos Castro Campeonato Nacional de Crosse Curto, individual, masculino (4 títulos) 2000 - Rui Silva, 2001 - Rui Silva, 2002 - Rui Silva e 2003 - Rui Silva Campeonato Nacional de Crosse Curto, individual, feminino (2 títulos) 1972 - Céu Lopes e 1973 - Filomena Vieira BILHAR Campeonato Nacional de Três Tabelas, equipas (15 títulos) 1964/65, 1967/68, 1969/70, 1972/73, 1973/74, 1977/78, 1979/80, 1981/82, 1989/90, 1990/91, 1995/96, 1996/97, 1997/98, 1998/99 e 2003/04 Taça de Portugal de Três Tabelas, equipas (4 títulos) 1964/65, 1995/96, 1996/97 e 1997/98 Supertaça Nacional de Três Tabelas, equipas (3 títulos) 1995/96, 1996/97 e 1998/99 Campeonato Nacional de Três Tabelas, individual (36 títulos) 1947/48 - João Pereira, 1952/53 - João Pereira, 1953/54 - João Pereira, 1954/55 - João Pereira, 1955/56 - Jaime Pimenta, 1957/58 - João Pereira, 1960/61 - Egídio Vieira, 1961/62 - João Pereira, 1962/63 - Egídio Vieira, 1964/65 - Egídio Vieira, 1965/66 - António Vinagre, 1967/68 - Mário Ribeiro, 1968/69 - António Vinagre, 1969/70 - António Vinagre, 1970/71 - António Vinagre, 1974/75 - António Vinagre, 1977/78 - António Vinagre, 1979/80 - Jorge Theriaga, 1981/82 - Jorge Theriaga, 1982/83 - Jorge Theriaga, 1984/85 - Jorge Theriaga, 1985/86 - Jorge Theriaga, 1987/88 - Jorge Theriaga, 1990/91 - Jorge Theriaga, 1991/92 - Jorge Theriaga, 1992/93 - Jorge Theriaga, 1994/95 - Jorge Theriaga, 1995/96 - Jorge Theriaga, 1996/97 - Jorge Theriaga, 1997/98 - Jorge Theriaga, 1998/99 - Jorge Theriaga, 1999/00 - Jorge Theriaga, 2000/01 - Jorge Theriaga, 2001/02 - Jorge Theriaga, 2002/03 - Manuel Fradinho e 2003/04 - Jorge Theriaga Taça de Portugal de Três Tabelas, individual (2 títulos) 1997/98 - Manuel Fradinho e 1998/99 - Jorge Theriaga Campeonato Nacional de Uma Tabela, individual (5 títulos) 1956/57 - Alfredo Alhinho, 1964/65 - Egídio Vieira, 1976/77 - Pedro Azevedo, 1978/79 - Pedro Azevedo e 1979/80 - Pedro Azevedo Campeonato Nacional de Quadro 47/2, individual (2 títulos) 1956/57 - António Ramos e 1957/58 - Alfredo Alhinho Campeonato Nacional de Pentatlo individual (1 título) 1964/65 - Egídio Vieira Campeonato Nacional de Pool Bola 8, equipas, masculino (2 títulos) 1997/98 e 1998/99 Campeonato Nacional de Pool Bola 8, individual, masculino (3 títulos) 1997/98 - Nuno Santos, 1998/99 - Rui Edgar e 2001/02 - Francisco Claudino Campeonato Nacional de Pool Bola 8, equipas, feminino (4 títulos) 1998/99, 1999/00, 2000/01 e 2001/02 Campeonato Nacional de Pool Bola 8, individual, feminino (3 títulos) 1998/99 - Rute Saraiva, 1999/00 - Alexandra Cunha e 2001/02 - Rute Saraiva Taça de Portugal de Pool Bola 8, equipas, masculino (4 títulos) 1997/98, 1998/99, 2000/01 e 2001/02 Taça de Portugal de Pool Bola 8, individual, masculino (2 títulos) 1997/98 - Nuno Santos e 1999/00 - Rui Edgar Taça de Portugal de Pool Bola 8, equipas, feminino (1 título) 2000/01 Taça de Portugal de Pool Bola 8, individual, feminino (3 títulos) 1997/98 - Rute Saraiva, 1998/99 - Rute Saraiva e 2000/01 - Rute Saraiva Supertaça Nacional de Pool Bola 8, equipas, masculino (2 títulos) 1998/99 e 1999/00 Supertaça Nacional de Pool Bola 8, equipas, feminino (3 títulos) 1999/00, 2000/01 e 2001/02 Campeonato Nacional de Pool Bola 9, individual ( (2 títulos) 1997/98 - Pedro Grilo e 1998/99 - Rui Edgar Taça de Portugal de Pool Bola 9, individual (1 título) 1998/99 - Pedro Grilo Taça de Portugal de Pool Bola 9, equipas, masculino (2 títulos) 1997/98 e 1998/99 FULL - CONTACT Campeonato Nacional, equipas (6 títulos) 1991/92, 1992/93, 1993/94, 1994/95, 1995/96 e 1996/97 Taça de Portugal, equipas (1 título) 1995/96 Campeonato Nacional de Light-Contact, equipas (3 títulos) 1995/96, 1996/97 e 1997/98 Campeonato Nacional de Kick Boxing, equipas (1 título) 1995/96 Campeonato Nacional de Low-Kicks, equipas (3 títulos) 1989/90, 1991/92 e 1995/96 Campeonato Nacional de Light-Contact com Low-Kicks, individual, 57 kgs (2 títulos) 1995/96 - Nuno Marques, 1996/97 - Nuno Marques Campeonato Nacional de Light-Contact com Low-Kicks, individual, 79 kgs (1 título) 1995/96 - José Afonso Campeonato Nacional de Kick Boxing, individual, masculino, 75 kgs (1 título) 2000/01 - Valter Frazão Campeonato Nacional de Light-Contact, individual, feminino, 50 kgs (1 título) 1998/99 - Rita Marques Campeonato Nacional de Light-Contact, individual, feminino, mais de 60 kgs (1 título) 2000/01 - Erica Rebelo FUTEBOL Campeonato Nacional (18 títulos) 1940/41, 1943/44, 1946/47, 1947/48, 1948/49, 1950/51, 1951/52, 1952/53, 1953/54, 1957/58, 1961/62, 1965/66, 1969/70, 1973/74, 1979/80, 1981/82, 1999/00 e 2001/02 Taça de Portugal (13 títulos) 1940/41, 1944/45, 1945/46, 1947/48, 1953/54, 1962/63, 1970/71, 1972/73, 1973/74, 1977/78, 1981/82, 1994/95 e 2001/02 Supertaça Cândido de Oliveira (5 títulos) 1981/82, 1986/87, 1994/95, 1999/2000 e 2001/2002 Campeonato de Portugal (4 títulos) 1922/23, 1933/34, 1935/36 e 1937/38 Campeonato Nacional, juniores (10 títulos) 1938/39, 1945/46, 1947/48, 1955/56, 1960/61, 1964/65, 1974/75, 1982/83, 1991/92 e 1995/96 Campeonato Nacional, juvenis (8 títulos) 1962/63, 1964/65, 1975/76, 1983/84, 1986/87, 1993/94, 1998/99 e 2003/04 Campeonato Nacional, iniciados (8 títulos) 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1991/92, 1992/93, 1993/94, 2002/03 e 2003/04 FUTSAL Campeonato Nacional (6 títulos) 1992/93, 1993/94, 1994/95, 1998/99, 2000/2001 e 2003/04 Supertaça Nacional (2 títulos) 2001/02 e 2003/04 Taça Nacional (1 título) 1990/91 GINÁSTICA DESPORTIVA Campeonato Nacional, individual, masculino (1 título) 1986 - Vítor Gomes Taça de Portugal, equipas, masculino (1 título) 1972 Campeonato Nacional, individual, feminino (6 títulos) 1979 - Maria Avelina Alvarez, 1980 - Maria Avelina Alvarez, 1981 - Maria Avelina Alvarez, 1983 - Cláudia Baptista, 1984 - Cláudia Baptista, 1987 - Sandra Moura Taça de Portugal, equipas, masculino (6 títulos) 1983, 1984, 1985, 1986, 1987 e 1998 TRAMPOLIM Campeonato Nacional, individual, masculino (1 título) 1994 - Luís Nunes Campeonato Nacional, individual, feminino (1 título) 2003 - Rita Costa Campeonato Nacional, equipas, masculino (3 títulos) 1992, 1994 e 1995 DUPLO TRAMPOLIM Campeonato Nacional, individual, masculino (5 títulos) 1982 - Nuno Santos, - 1983 - João Xara Brasil, 1984 - Luís Santos, 1985 - Luís Santos, 1987 - Luís Santos Campeonato Nacional, equipas, masculino (4 títulos) 1982, 1983, 1984 e 1986 Campeonato Nacional, individual, feminino (5 títulos) 1983 - Helena Alvarez, 1984 - Maria Baptista, 1985 - Maria Baptista, 1986 - Maria Baptista, 1987 - Rita Villas-Boas. Campeonato Nacional, equipas, feminino (5 títulos) 1982, 1983, 1986, 1988 e 1989 MINI-TRAMPOLIM Campeonato Nacional, individual, masculino (4 títulos) 1983 - Luís Santos, 1985 - Rui Santos, 1986 - Luís Santos, 1988 - Luís Baltazar Campeonato Nacional, equipas, masculino (7 títulos) 1979, 1980, 1981, 1982, 1985, 1986 e 1987 Campeonato Nacional, individual, feminino (8 títulos) 1981 - Clara Prosérpio, 1982 - Helena Alvarez, 1983 - Helena Alvarez, 1984 - Maria Baptista, 1985 - Maria Baptista, 1986 - Maria Baptista, 1987 - Maria Baptista, 1988 - Maria Baptista Campeonato Nacional, equipas, feminino (4 títulos) 1981, 1982, 1983 e 1986 DUPLO MINI-TRAMPOLIM Campeonato Nacional, individual, masculino (4 títulos) 1991 - Luís Nunes, 1992 - Luís Nunes, 1993 - Luís Nunes, 1994 - Luís Nunes Campeonato Nacional, equipas, masculino (3 títulos) 1991, 1992 e 1993 TRAMPOLIM SINCRONIZADO Campeonato Nacional, masculino (1 título) 1993 - A. Teixeira/P. Valadas DESPORTOS ACROBÁTICOS Campeonato Nacional, pares, masculino (5 títulos) 1992 - J.B. Silva/Marco Reis, 1993 - J.B. Silva/Marco Reis, 1994 - J.B. Silva/Marco Reis, 1995 - N. Silva/H. Pinto, 1996 - N. Silva/H. Pinto Campeonato Nacional, pares mistos (3 títulos) 1992 - R. Jesus/ E. Ferreira, 1993 - R. Jesus/ E. Ferreira, 1996 - V. Coelho/ R. Alexandre Campeonato Nacional, trios, feminino (4 títulos) 1991 - P. Serra/C. Pereira/A. Miranda, 1992 - S. Delicado/C. Pereira/P. Alexandre, 1993 - P. Afonso/C. Ferreira/R. Alexandre, 1994 - A. Rodrigues/M. Águas/N. Reis Campeonato Nacional, quadras, masculino (1 título) 1993 - R. Jesus/J. Silva/N. Silva/M. Reis TUMBLING Campeonato Nacional, individual, feminino (1 título) 1992 - Ana Ferreira Taça de Portugal, equipas, feminino (1 título) 1996 Taça de Portugal, equipas, masculino (3 títulos) 1993, 1994 e 1995 HALTEROFILISMO Campeonato Nacional, individual, moscas (1 título) 1993 - António Sousa Campeonato Nacional, individual, plumas (4 títulos) 1987 - Isidro Rodrigues, 1988 - Isidro Rodrigues, 1992 - Pedro Duarte 1995 - Isidro Rodrigues Campeonato Nacional, individual, leves (1 título) 1989 - Alberto Alves Campeonato Nacional, individual, médios (4 títulos) 1971 - Vital e Silva, 1972 - Ernesto Sales, 1987 - Vítor Graça, 1990 - Luís Mateus Campeonato Nacional, individual, pesados ligeiros (3 títulos) 1990 - António Peixoto, 1991 - António Peixoto, 1992 - António Peixoto Campeonato Nacional, individual, pesados (2 títulos) 1989 - João Rigor, 1993 - Américo Pinto Campeonato Nacional, individual, mais de 110 kg (1 título) 1993 - Paulo Henriques Campeonato Nacional, equipas (4 títulos) 1993, 1994, 1995 e 1996 Campeonato Nacional, individual, feminino, 67,5 kg (2 títulos) 1989 - Vanda Oliveira, 1990 - Vanda Oliveira Campeonato Nacional, individual, feminino, 75 kg (1 título) 1988/89 - Dina Oliveira HÓQUEI EM PATINS Campeonato Nacional, seniores (7 títulos) 1938/39, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1981/82 e 1987/88 Taça de Portugal, seniores (4 títulos) 1976/77, 1977/78, 1983/84 e 1989/90 Supertaça Nacional (1 título) 1982/83 Campeonato Nacional da II Divisão, seniores (2 títulos) 1969/70 e 2003/04 Campeonato Nacional da III Divisão, seniores (1 título) 1999/2000 LUTAS AMADORAS Campeonato Nacional, equipas (15 títulos) 1973/74, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1985/86, 1986/87, 1993/94, 1994/95, 1995/96 e 1998/99 Taça de Portugal, equipas (9 Títulos) 1978/79, 1980/81, 1981/82, 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1991/92, 1993/94 e 1995/96 PATINAGEM Patinagem Artística Campeonato Nacional, individual, masculino (2 títulos) 1978 - Ricardo Nuno, 1980 - João Catalão Campeonato Nacional, individual, feminino (8 títulos) 1954 - Maria Antónia de Vasconcelos, 1958 - Maria Antónia de Vasconcelos, 1980 - Antonieta Santos, 1978 - Fátima Baptista, 1979 - Fátima Baptista, 1981 - Fátima Baptista, 1995 - Rita Falcão, 1996 - Rita Falcão Campeonato Nacional, pares, dança (9 títulos) 1978 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1979 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1980 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1981 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1982 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1984 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1985 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1986 - Cristina Marques / Paulo Vasco, 1987 - Cristina Marques / Paulo Vasco Campeonato Nacional, pares, mistos (2 títulos) 1978 - Fátima Baptista - João Catalão, 1980 - Cristina Marques / João Catalão Campeonato nacional absoluto, feminino (1 título) 1987 - Gabriela Tavares Campeonato Nacional, equipas, feminino 1988 Patinagem livre Campeonato Nacional, individual, masculino (4 títulos) 1978 - Ricardo Nuno, - 1979 - João Catalão, 1981 - João Madeira, 1985 - Luís Rodrigues Campeonato Nacional, individual, feminino (9 títulos) 1978 - Fátima Baptista1979 - Fátima Baptista1981 - Fátima Baptista1982 - Fátima Baptista, 1988 - Ana Rute, 1989 - Ana Rute, 1990 - Ana Rute, 1995 - Rita Falcão, 1996- Rita Falcão Campeonato Nacional, pares, dança (2 títulos) 1979 - Cristina Marques / Paulo Jorge, 1981 - Carla Santos / Pedro Almeida Campeonato Nacional, programa longo (1 título) 1981 - João Catalão / Maria João Vieira Combinado Campeonato nacional, individual, masculino (1 título) 1981 - João Catalão Campeonato Nacional, individual, feminino (4 títulos) 1982 - Fátima Baptista, 1990 - Ana Rute, 1995 - Rita Falcão, 1996 - Rita Falcão Figuras Obrigatórias Campeonato Nacional, individual, masculino (2 títulos) 1978 - Ricardo Nuno, 1985 - Paulo Gonçalves Campeonato Nacional, individual, feminino (4 títulos) 1978 - Antonieta Santos, 1982 - Fátima Baptista, 1995 - Rita Falcão, 1996 - Rita Falcão Campeonato Nacional, pares, dança (1 título) 1978 - Cristina Marques / Paulo Jorge Patim pequeno Figuras obrigatórias Campeonato Nacional, individual, masculino (3 títulos) 1978 - Peixoto Ribeiro, 1981 - João Paulo Madeira, 1982 - Carlos Carvalhinho Campeonato Nacional, individual, feminino (1 título) 1978 - Luísa Santos, 1982 - Isabel Moreira Patim pequeno Combinado Campeonato Nacional, individual, masculino (1 título) 1982 - Carlos Carvalhinho Dança livre Campeonato Nacional, individual, masculino (2 títulos) 1980 - João Carvalhinho, - 1981 - João Catalão Campeonato Nacional, individual feminino (3 títulos) 1978 - Luísa Santos, 1979 - Antonieta Santos, 1981 - Fátima Baptista Campeonato Nacional, pares (5 títulos) 1978 - Cristina Marques / Paulo Jorge, 1979 - Susana Moreira / Jorge Carvalhinho, 1980 - Susana Moreira / Jorge Carvalhinho, 1981 - Cristina Marques / Luís Madeira, 1982 - Carla Santos / Carlos Carvalhinho PESCA DESPORTIVA Pesca de Rio Campeonato Nacional, individual (1 título) 1968 - Joaquim Maria Ventura Pesca de Mar Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1998 Taça de Portugal, equipas (1 título) 1999 PÓLO AQUÁTICO Campeonato Nacional (4 títulos) 1922, 1926, 1927 e 1929 PUGILISMO Campeonato Nacional, individual, moscas/ligeiros (4 títulos) 1970/71 - Costa Martins, 1976/77 - Luís Sousa, 1981/82 - Alfredo Miranda, 1983/84 - Alfredo Miranda Campeonato Nacional, individual, moscas (1 título) 1987/88 - Aníbal Silva Campeonato Nacional, individual, galos (8 títulos) 1969/70 - Aníbal Silva, 1971/72 - Aníbal Silva, 1976/77 - João Miguel, 1977/78 - João Miguel, 1978/79 - João Miguel, 1979/80 - João Miguel, 1980/81 - João Miguel, 1981/82 - Carlos Campos Campeonato Nacional, individual, plumas (9 títulos) 1967/68 - Tavares Pereira, 1969/70 - António Gouveia, 1975/76 - João Magalhães, 1976/77 - João Magalhães, 1978/79 - João Magalhães, 1980/81 - Carlos Pereira, 1982/83 - Carlos Pereira, 1983/84 - Carlos Pereira; 1996/97 - Edson Santos Campeonato Nacional, individual, ligeiros (7 títulos) 1971/72 - João Gato, 1972/73 - Alfredo Mondim, 1976/77 - Alfredo Galego, 1980/81 - Peter Walghts, 1982/83 - Alfredo Andrade, 1985/86 - Pedro Silva , 1997/98 - Nuno Neves Campeonato Nacional, individual, meios-médios ligeiros (9 títulos) 1969/70 - João Nunes, 1970/71 - Manuel Basto, 1971/72 - Carlos Santos, 1972/73 - Osvaldo Lopes, 1979/80 - João Salgueiro, 1980/81 - Carlos Martins, 1985/86 - António Monteiro, 1996/97 - Hugo Carvalho, 1997/98 - Hugo Carvalho Campeonato Nacional, individual, meios-médios (8 títulos) 1970/71 - João Cipriano, 1974/75 - Osvaldo Lopes, 1975/76 - João Gato, 1976/77 - João Gato, 1983/84 - Vítor Carvalho, 1984/85 - Vítor Carvalho, 1985/86 - Vítor Carvalho, 1997/98 - Jorge Pina Campeonato Nacional, individual, médios ligeiros (9 títulos) 1967/68 - Lino Mário, 1970/71 - Rui Freitas, 1971/721 - Rui Freitas, 1974/75 - António Cordeiro, 1976/77 - Vítor Pereira, 1977/78 - Benjamim Moreno, 1980/81 - Vítor Carvalho, 1982/83 - Vítor Carvalho, 1998/99 - Jorge Pina Campeonato Nacional, individual, médios (10 títulos) 1967/68 - Manuel Antunes, 1970/71 - Carlos Gonçalves, 1972/73 - Matias Correia, 1975/76 - Vítor Pereira, 1977/78 - Vítor Pereira, 1979/80 - Vítor Pereira, 1994/95 - Fernando Fernandes, 1995/96 - José Manuel, 1996/97 - José Pina, 1997/98 - José Pina Campeonato Nacional, individual, médios pesados (2 títulos) 1970/71 - António Augusto, 1994/95 - Alfredo Morais Campeonato Nacional, individual, pesados (5 títulos) 1977/78 - Joaquim Miranda, 1978/79 - Joaquim Miranda, 1994/95 - Gerson Mateus, 1995/96 - Alfredo Morais, 1996/97 - João Gouveia Campeonato Nacional, individual, super pesados (1 título) 1979/80 - Joaquim Miranda Campeonato Nacional, equipas (13 títulos) 1969/70, 1971/72, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1979/80, 1980/81, 1982/83, 1983/84, 1985/86, 1994/95, 1996/97 e 1997/98 Taça de Portugal, individual, mais de 91 kg (1 título) 1997/98 - Hugues Lukoki Taça de Portugal, equipas (1 título) 1997/98 NATAÇÃO Campeonato Nacional de Clubes, equipas, feminino (5 títulos) 2000/01, 2001/02, 2002/03, 2003/04 e 2004/05 TÉNIS DE MESA Campeonato Nacional, equipas, masculino (28 títulos) 1946, 1947, 1952, 1955, 1956, 1957, 1961, 1966, 1967, 1970, 1980, 1981, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1998, 1999, 2001, 2002 e 2003 Campeonato Nacional, equipas, feminino (13 títulos) 1957, 1958, 1959, 1960, 1963, 1968, 1972, 1973, 1975, 1976, 1977, 1991 e 1992 Taça de Portugal, equipas, masculino (19 títulos) 1967, 1968, 1969, 1978, 1979, 1980, 1981, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1999 e 2003 Taça de Portugal, equipas, feminino (12 títulos) 1972, 1974, 1976, 1977, 1978, 1981, 1982, 1988, 1989, 1990, 1991 e 1992 Supertaça Nacional, equipas, masculino (4 títulos) 1999, 2000, 2001, 2002 e 2003 Campeonato de Portugal, individual, masculino (4 títulos) 1998 - Rogério Alfar, 2001 - João Pedro Monteiro, 2002 - João Pedro Monteiro e 2003 - João Pedro Monteiro Campeonato Nacional, absoluto, individual, masculino (10 títulos) 1979 - José Barroso, 1980 - José Alvoeiro, 1981 - Ivanoel Moreira, 1985 - Pedro Miguel, 1986 - Pedro Miguel, 1988 - Pedro Miguel, 1989 - Pedro Miguel, 1990 - Pedro Miguel, 1991 - Pedro Miguel e 1992 - Pedro Miguel Campeonato Nacional, absoluto, individual, feminino (6 títulos) 1981 - Anabela Fernandes, 1982 - Anabela Fernandes, 1986 - Mónica Salgado, 1991 - Odete Cardoso, 1992 - Margarida Lopes e 1993 - Luísa Lopes Campeonato Nacional, individual, sénior, masculino (21 títulos) 1947 - Gago da Silva, 1957 - António Osório, 1961 - Sebastião Carvalho, 1968 - António Osório, 1969 - Delfim Soares, 1970 - Delfim Soares, 1978 - José Alvoeiro, 1980 - José Alvoeiro, 1981 - Ivanoel Moreira, 1982 - José Alvoeiro, 1985 - Pedro Miguel, 1986 - João Portela, 1987 - Pedro Miguel, 1989 - Pedro Miguel, 1990 - Pedro Miguel, 1991 - Pedro Miguel, 1992 - Pedro Miguel, 1998 - Rogério Alfar, 2001 - João Pedro Monteiro, 2002 - João Pedro Monteiro e 2003 - João Pedro Monteiro Campeonato Nacional, individual, sénior, feminino (22 títulos) 1956 - Dina Noura, 1957 - Dina Noura, 1958 - Marília Santamarina, 1959 - Marília Santamarina, 1960 - Nelly Runa, 1961 - Marília Santamarina, 1968 - Madalena Gentil, 1972 - Ana Lia, 1973 - Madalena Gentil, 1974 - Madalena Gentil, 1975 - Madalena Gentil, 1976 - Madalena Gentil, 1978 - Madalena Gentil, 1979 - Anabela Grancho, 1981 - Anabela Fernandes, 1982 - Anabela Fernandes, 1985 - Anabela Fernandes, 1989 - Ana Plácido, 1991 - Odete Cardoso, 1992 - Luísa Lopes e 1993 - Luísa Lopes Campeonato Nacional, pares, seniores, masculino (25 títulos) 1952 - António Osório / Eduardo Osório, 1953 - António Osório / Eduardo Osório, 1955 - António Osório / Eduardo Osório, 1957 - António Osório / Sebastião Carvalho, 1962 - António Osório / João Campos, 1965 - João Campos / José Louro, 1966 - João Campos / José Louro, 1967 - João Campos / Delfim Soares, 1974 - Óscar Lameira / Ivanoel Moreira, 1979 - José Alvoeiro / Óscar Lameira, 1980 - José Alvoeiro / José Barroso, 1982 - José Marquês / José Alvoeiro, 1986 - João Portela / Pedro Miguel, 1987 - João Portela / Pedro Miguel, 1988 - João Portela / Pedro Miguel, 1990 - João Portela / Pedro Miguel, 1991 - Pedro Miguel / Paulo Fernandes, 1992 - Pedro Miguel / Paulo Fernandes, 1993 - Pedro Miguel / Rogério Alfar, 1995 - Pedro Miguel / Rogério Alfar, 1997 - Pedro Miguel / Rogério Alfar, 1999 - Pedro Miguel / Rogério Alfar, 2001 - João Pedro Monteiro / Francisco Santos, 2002 - João Pedro Monteiro / Ricardo Filipe e 2003 - João Pedro Monteiro / Ricardo Filipe Campeonato Nacional, pares, seniores, feminino (18 títulos) 1956 - Nelly Runa / Dina Noura, 1957 - Nelly Runa / Dina Noura, 1958 - Nelly Runa / Dina Noura, 1959 - Marília Santamarina / Margritt Thomas, 1960 - Marília Santamarina / Nelly Runa, 1962 - Marília Santamarina / Dina Noura, 1963 - Marília Santamarina / Dina Noura, 1967 - Madalena Gentil / Gizela, 1972 - Madalena Gentil / Ana Lia, 1973 - Madalena Gentil / Ana Lia, 1977 - Ana Lia / Ana Rebordão, 1978 - Madalena Gentil / Ana Lia, 1979 - Madalena Gentil / Ana Lia, 1980 - Odete Cardoso / Anabela Fernandes, 1985 - Anabela Fernandes / Mónica Salgado, 1988 - Luísa Lopes / Margarida Lopes, 1989 - Luísa Lopes / Margarida Lopes e 1992 - Luísa Lopes / Margarida Lopes Campeonato Nacional, pares, mistos, seniores (26 títulos) 1956 - António Osório / Aldora Rodrigues, 1957 - António Osório / Aldora Rodrigues, 1958 - Sebastião Carvalho / Nelly Runa, 1959 - António Osório / Marília Santamarina, 1960 - António Osório / Marília Santamarina, 1961 - António Osório / Marília Santamarina, 1962 - António Osório / Marília Santamarina, 1965 - Joaquim Campos / Loreta K, 1969 - Delfim Soares / Octávia Vale, 1971 - Óscar Lameira / Ana Lia, 1972 - Óscar Lameira / Ana Lia, 1974 - Ivanoel Moreira / Madalena Gentil, 1976 - Óscar Lameira / Ana Lia, 1978 - José Alvoeiro / Madalena Gentil, 1979 - Óscar Lameira / Ana Lia, 1981 - José Alvoeiro / Anabela Fernandes, 1985 - João Portela / Mónica Salgado, 1986 - João Portela / Mónica Salgado, 1988 - João Portela / Margarida Lopes, 1990 - Pedro Miguel / Luísa Lopes, 1991 - Paulo Fernandes / Odete Cardoso, 1992 - Pedro Miguel / Luísa Lopes, 1994 - Pedro Miguel / Alexandra Filipe, 1995 - Pedro Miguel / Alexandra Filipe, 1996 - Pedro Miguel / Alexandra Filipe, 1997 - Tiago Rocha / Odete Cardoso TAEKWON DO Campeonato Nacional, galos, 54 kg (2 títulos) 1983/84 - Carlos Esteves, 1986/87 - Luís Correia Campeonato Nacional, plumas, 58kg (3 títulos) 1981/82 - Paulo Reis, 1982/83 - Paulo Reis, 1985/86 - Domingos Teixeira Campeonato Nacional, leves, 64 kg (1 título) 1981/82 - Pedro Pereira Campeonato Nacional, médios, 70 kg (3 títulos) 1981/82 - Luís Tafo, 1983/84 - Pedro Pereira, 1985/86 - João Raimundo Campeonato Nacional, médios, 76 kg (2 títulos) 1981/82 - Nelson Costa, 1986/87 - Alfredo Alcobaça Campeonato Nacional, médios pesados, 83 kg (1 título) 1981/82 - Paulo Amorim Campeonato Nacional, pesados, mais de 83 kg (1 título) 1983/84 - Francisco Ganhão Campeonato Nacional, equipas (5 títulos) 1981/82, 1983/84, 1985/86, 1986/87 e 1995/96 Taça de Portugal, equipas (2 títulos) 1986/87 e 1995/96 Campeonato Nacional, galos, 47 kg (1 título) 1986/87 - Isaura Gomes Campeonato Nacional, plumas, 51 kg (2 títulos) 1985/86 - Maria Eduarda Carvalho, 1986/87 - Rosa Rodrigues Campeonato Nacional, médios, 60 kg (3 títulos) 1985/86 - Conceição Pilar, 1986/87 - Conceição Pilar, 1991/92 - Ana Rita Campeonato Nacional, médios, 65 kg (3 títulos) 1983/84 - Maria Carvalho, 1985/86 - Cristina Rodrigues, 1986/87 - Paula L. Santos Campeonato Nacional, médios pesados, 70 kg (1 título) 1986/87 - Teresa Gaspar Campeonato Nacional, pesados, mais de 70 kg (1 título) 1986/87 - Sofia Silva Campeonato Nacional, equipas, feminino (5 títulos) 1983/84, 1985/86, 1986/87, 1991/92 e 1995/96 Taça de Portugal (2 títulos) 1985/86 e 1995/96 TIRO À BALA CARABINA DE AR COMPRIMIDO Seniores Taça de Portugal, individual (1 título) 1976 - Fernanda Carmo Taça de Portugal, equipas (7 títulos) 1933, 1934, 1973, 1974, 1975, 1976 e 1988 Posição de Pé Campeonato Nacional, individual (16 títulos) 1958 - Armando Henriques, 1962 - Armando Henriques, 1963 - Armando Henriques, 1976 - Fernando Edgar Carmo, 1978 - Armando Henriques, 1979 - Mário Serafim, 1980 - Mário Serafim, 1981 - Mário Serafim, 1982 - Mário Serafim, 1983 - Mário Serafim, 1984 - Mário Serafim, 1986 - Mário Serafim, 1987 - Mário Serafim, 1988 - Mário Serafim, 1989 - Ricardo Avelar e 1993 - Sérgio Costa Campeonato Nacional, equipas (12 títulos) 1956, 1962, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1986, 1987, 1988 e 1989 Posição Deitado Campeonato Nacional, individual (7 títulos) 1958 - Armando Henriques, 1962 - Mário de Oliveira, 1963 - Armando Henriques, 1971- Fernando Edgar Carmo, 1979 - Armando Nunes, 1989 - Ricardo Avelar e 1998 - Sérgio Costa Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1962 e 1979 Posição de Joelhos Campeonato Nacional, individual (1 título) 1962 - Mário de Oliveira Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1962 e 1989 Três Posições Campeonato Nacional, individual (5 títulos) 1962 - Mário de Oliveira, 1963 - Armando Henriques, 1969 - Rui Ramalho, 1979 - Sérgio Costa e 1989 - Rui Avelar Campeonato Nacional, equipas (5 títulos) 1962, 1969, 1979, 1989 e 1998 CARABINA LIVRE Posição Deitado Campeonato Nacional, individual (15 títulos) 1963 - Armando Henriques, 1969 - Rui Ramalho, 1971 - Armando Marques, 1972 - Manuel Delfim Guerreiro, 1973 - Armando Marques, 1975 - Rui Romão Ramalho, 1976 - Armando Henriques, 1979 - Armando Henriques, 1985 - Luís Simas, 1987 - Sérgio Costa, 1988 - Ricardo Avelar, 1989 - Ricardo Avelar, 1990 - Rui Avelar, 1992 - Armando Henriques e 1993 - Mário Serafim Campeonato Nacional, equipas (6 títulos) 1970, 1988, 1989, 1991, 1992 e 1993 Posição de Pé Campeonato Nacional, individual (10 títulos) 1963 - Manuel Costa, 1969 - Fernando Carmo, 1972 - Fernando Carmo, 1976 - Fernando Carmo, 1978 - Armando Henriques, 1979 - Fernando Carmo, 1986 - Ricardo Avelar, 1987 - Ricardo Avelar, 1990 - Rui Alves e 1992 - Sérgio Costa Campeonato Nacional, equipas (3 títulos) 1969, 1990 e 1993 Posição de Joelhos Campeonato Nacional, individual (9 títulos) 1969 - Fernando Carmo, 1970 - Mário Ribeiro, 1972 - Mário Ribeiro, 1976 - Armando Henriques, 1978 - Armando Henriques, 1988 - Mário Serafim, 1990 - Rui Alves, 1991 - Sérgio Costa e 1992 - Sérgio Costa Campeonato Nacional, equipas (3 títulos) 1969, 1990 e 1991 Três Posições Campeonato Nacional, individual (9 títulos) 1969 - Fernando Carmo, 1972 - Mário Ribeiro, 1978 - Armando Henriques, 1987 - Ricardo Avelar, 1988 - Mário Serafim, 1990 - Rui Alves, 1991 - Rui Alves e 1993 - Mário Serafim Campeonato Nacional, equipas (5 títulos) 1985, 1988, 1990, 1991 e 1993 CARABINA STANDARD Posição Deitado Campeonato Nacional, individual (4 títulos) 1970 - Armando Henriques, 1971 - Fernando Carmo, 1975 - Armando Henriques e 1976 - Armando Henriques Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1970 Posição de Pé Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1970 - Armando Henriques, 1975 - Armando Henriques e 1976 - Armando Henriques Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1970 Posição de Joelhos Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1970 - Armando Henriques, 1975 - Armando Henriques e 1976 - Armando Henriques Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1968 e 1970 ESPINGARDA DE GUERRA Tiro Olímpico Campeonato Nacional, individual (1 título) 1936 - Alfredo Costa Santos 200 Metros Pé Campeonato Nacional, individual (1 título) 1934 - Rafael Afonso Sousa 200 Metros Joelhos Campeonato Nacional, individual (2 títulos) 1934 - António Joaquim e 1962 - Rui Ramalho 300 Metros Pé Campeonato Nacional, individual (2 títulos) 1932 - Rafael Afonso Sousa e 1935 - António José Baptista 300 Metros Joelhos Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1932 - António José Baptista, 1936 - Rafael Afonso Sousa e 1953 - Manuel Adelino Pereira 300 Metros Deitado Campeonato Nacional, individual (1 título) 1936 - António Joaquim 300 Metros Três Posições Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1934 - Rafael Afonso Sousa, 1936 - Rafael Afonso Sousa e 1937 - Rafael Afonso Sousa Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1929 e 1930 PISTOLA DE GUERRA Livre 25 Metros Campeonato Nacional, individual (6 títulos) 1932 - Rafael Afonso Sousa, 1934 - Joaquim Rodrigues Mendes, 1935 - Joaquim Rodrigues Mendes, 1936 - Francisco Rafael Rodrigo, 1966 - Cayolla Carpinteiro e 1978 - José Jacques Pena Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1934 Livre 50 Metros Campeonato Nacional, individual (1 título) 1990 - José Jacques Pena PISTOLA DE AR COMPRIMIDO Posição Deitado Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1973 - José Lacerda, 1979 - José Jacques Pena e 1985 - José Jacques Pena Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1979 Taça de Portugal, individual (1 título) 1992 - Sérgio Costa PISTOLA LIVRE Campeonato Nacional, individual (9 títulos) 1972 - João Lacerda, 1976 - Paulo Simões, 1978 - José Jacques Pena, 1981 - José Jacques Pena, 1987 - José Jacques Pena, 1989 - José Jacques Pena, 1991 - José Jacques Pena e 1992 - José Jacques Pena Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1989 Taça de Portugal, equipas (4 títulos) 1970, 1971, 1972 e 1973 TIRO COM ARCO Campo Campeonato Nacional, equipas, masculino C (1 título) 1991 - Miguel Nicolau, Virgílio Mira e Vítor Ferreira Campeonato Nacional Mini FITA, equipas (1 título) 1991 - Armando Mira, Rui Parafita e Helena Pedroso Sala Campeonato Nacional, equipas, feminino C (1 título) 1997 - Patrícia Arrabaça, Cristina Matos e Inês Pereira Campeonato Nacional, equipas, masculino B (1 título) 1993 - Vítor Ferreira Campeonato Nacional, equipas, masculino C (3 títulos) 1990 - Nuno Simões, 1993 - Marco Martins, 1994 - Nuno Simões Campeonato Nacional, Compound Ilimitado, equipas, masculino A (1 título) 1992 - Miguel Nicolau, Virgílio Mira e António Manuel Campeonato Nacional, Compound Ilimitado, equipas, masculino B (1 título) 1993 - Vítor Ferreira, Paulo Nabais e Virgílio Mira Campeonato Nacional, Compound Ilimitado, equipas, masculino C (3 títulos) 1991 - Virgílio Mira, Vítor Ferreira e Miguel Nicolau, 1993 - Marco Martins, Luís Falcão e Acácio Lopes, 1994 - Nuno Simões, Henrique Santos e Acácio Lopes Campeonato Nacional, Compound Ilimitado, equipas, masculino (2 títulos) 1995 - Pedro Serralheiro, Luís Vieira e Francisco Marques, 1996 - Pedro Serralheiro, Luís Vieira e Francisco Marques XADREZ Partidas clássicas Campeonato Nacional, individual (14 títulos) 1962 - Joaquim Durão, 1963 - João Mário Ribeiro, 1967 - João Cordovil, 1969 - João Cordovil, 1970 - Joaquim Durão, 1971 - Joaquim Durão, 1972 - João Mário Ribeiro, 1975- Fernando Silva, 1976- Fernando Silva, 1977- Fernando Silva, 1978 -Luís Santos, 1979 -Luís Santos 1981- Fernando Silva Campeonato Nacional, equipas (3 títulos) 1982, 1983 e 1986 Taça de Portugal, equipas (4 títulos) 1979, 1984, 1985 e 1999 Partidas Semi-Rápidas Campeonato Nacional, individual (1 título) 1983 - Rui Silva Campeonato Nacional, equipas (4 títulos) 1978, 1981, 1982 e 1983 Partidas Rápidas Campeonato Nacional, individual (5 títulos) 1969 - João Cordovil, 1970 - Joaquim Durão, 1971 - João Cordovil, 1977 - Luís Santos, 1985 - José Pereira Santos Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1979 e 1981 Campeonato Aberto Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1978 - Luís Santos, 1980 - Luís Santos, 1983 - Silva Pereira MODALIDADES EXTINTAS ANDEBOL DE ONZE Campeonato Nacional, (3 títulos) 1960/61, 1964/65 e 1965/66 AUTOMOBILISMO Automóveis Campeonato Nacional de Ralis (2 títulos) 1970 e 1971 Campeonato Nacional de Grande Turismo e Desporto (2 títulos) 1969 e 1970 Campeonato Nacional, absoluto, individual (2 títulos) 1964 - Fernando Bazílio dos Santos, 1971 - Américo Nunes Campeonato Nacional, absoluto, equipas (4 títulos) 1954, 1958, 1959 e 1970 Campeonato Nacional de Rampa (1 título) 1951 - Conde de Monte Real Campeonato Nacional de Perícia, pista (1 título) 1951 - Filipe Nogueira Campeonato Nacional de Regularidade Absoluta (1 título) 1957 - Fernando Pereira Campeonato Nacional de Turismo, individual, masculino (3 títulos) 1963 - Manuel Gião, 1964 - César Torres, 1966 - Manuel Gião Campeonato Nacional de Turismo, equipas (2 títulos) 1962 e 1963 Campeonato Nacional, 3º Grupo (1 título) 1957 - Abreu Valente Campeonato Nacional de Grande Turismo, equipas (2 título) 1962 e 1970 Campeonato Nacional de Grande Turismo, individual (2 títulos) 1962 - Horácio Carvalho Macedo, 1964 - Fernando Bazílio dos Santos Campeonato Nacional de Velocidade, equipas (1 título) 1971 Campeonato Nacional de Fórmula Ford (1 título) 1970 Motorizadas Campeonato Nacional, absoluto, individual (3 títulos) 1957 - Vítor José Névoa, 1958 - Afonso Hermes Espalha, 1964 - Ângelo Dinis Scooters Campeonato Nacional, equipas (1 título) 1964 BADMINTON Campeonato Nacional, individual, masculino (1 título) 1955/56 - José Trigo da Silva Campeonato Nacional, pares, masculinos (1 título) 1955/56 - José Trigo da Silva/Aníbal Rebelo Campeonato Nacional, pares, mistos (1 título) 1955/56 - Maria Guida de Freitas/José Trigo da Silva Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1957/58 - Rui de Melo, Vítor Pinto Alves, Francisco Lemos e Alberto Fernandes, 1958/59 - Francisco Lemos, Nelson Silva, Fernando Pinto, José Silva, Moreira da Silva e René Perlico BASQUETEBOL Campeonato Nacional (8 títulos) 1953/54, 1955/56, 1959/60, 1968/69, 1975/76, 1977/78, 1980/81 e 1981/82 Taça de Portugal (5 títulos) 1954/55, 1974/75, 1975/76, 1977/78, 1979/80 CICLISMO Campeonato Nacional de Rampa, seniores (2 títulos) 1964 - Leonel Miranda, 1972 - José Branha Campeonato Nacional de Rampa, profissionais, (5 títulos) 1964 - João Roque, 1966 - Leonel Miranda, 1968 - Leonel Miranda, 1971 - Firmino Bernardino, 1975 - Francisco Miranda Campeonato Nacional de Perseguição, equipas (3 títulos) 1973, 1974 e 1975 Campeonato Nacional de Velocidade em Pista, equipas (26 títulos) 1914, 1915, 1916, 1917, 1918, 1919, 1920, 1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925, 1926, 1927, 1928, 1929, 1930, 1932, 1933, 1934, 1937, 1952, 1958, 1962 e 1970 Campeonato Nacional de Fundo, individual (12 títulos) 1938 - José Marquês, 1942 - Francisco Inácio, 1943 - João Lourenço, 1945 - José Baptista Alves, 1946 - João Rebelo, 1952 - José Trindade, 1955 - Pedro Polainas, 1969 - Joaquim Agostinho, 1970 - Joaquim Agostinho, 1972 - Joaquim Agostinho, 1973 - Joaquim Agostinho, 1974 - Joaquim Agostinho Campeonato Nacional de Fundo, equipas (1 título) 1957 - Pedro Polainas, Américo Raposo e Manuel Graça Porto - Lisboa (11 títulos) 1912 - Laranjeira Guerra (17h04m00s), 1936 - Alfredo Trindade (11h15m53s), 1938 - Filipe de Melo (11h45m55s), 1939 - Ildefonso Rodrigues (11h03m17s), 1941 - Francisco Inácio (13h11m41s), 1954 - Américo Raposo (10h54m00s), 1960 - Pedro Polainas (9h47m23s), 1963 - João Roque (9h43m01s), 1969 - Emiliano Dionísio (10h10m08s), 1974 - Leonel Miranda (9h06m10s), 1987 - Américo Silva (9h39m36s Volta a Portugal Equipas (13 títulos) 1933, 1940, 1941, 1961, 1962, 1967, 1968, 1970, 1971, 1972, 1973, 1984 e 1985 Individual (9 títulos) 1933 - Alfredo Trindade, 1940 - José Albuquerque "Faísca", 1941 - Francisco Inácio, 1963 - João Roque, 1970 - Joaquim Agostinho, 1971 - Joaquim Agostinho, 1972 - Joaquim Agostinho, 1985 - Marco Chagas, 1986 - Marco Chagas ESGRIMA Campeonato Nacional, sabre, individual (3 títulos) 1935- Fernando Cruz Ferreira, 1936 - Fernando Cruz Ferreira, 1958 - Manuel Valente Borrego Campeonato Nacional, espada, individual (1 título) 1957 - Manuel Valente Borrego Campeonato Nacional, florete, individual (2 títulos) 1957 - Manuel Valente Borrego, 1958 - Manuel Valente Borrego Campeonato Nacional, florete, equipas (2 títulos) 1957 - Manuel Valente Borrego, Santos Silva e Luís Ferreira, 1958 - Manuel Valente Borrego, Santos Silva e Luís Ferreira PENTATLO MODERNO Campeonato Nacional, individual (3 títulos) 1978- Roberto Durão, 1985 - Roberto Durão, 1986 - Gonçalo Durão TÉNIS Campeonato Nacional, individual, masculino (3 títulos) 1953 - José Roquette, 1954 - Carlos Figueira, 1955 - Carlos Figueira Campeonato Nacional, equipas (2 títulos) 1932 e 1953 Campeonato Nacional, individual, feminino (4 títulos) 1955 - Peggy Brixhe 1954 - Maria Silva Araújo 1953 - Maria Silva Araújo 1937 - Gabriela Catarino, 1953 - Maria Silva Araújo, 1954 - Maria Silva Araújo, 1955 - Peggy Brixhe TIRO COM ARMAS DE CAÇA Campeonato Nacional de Fosso Universal, equipas (1 título) 1964 VOLEIBOL Campeonato Nacional, masculino (5 títulos) 1953/54, 1955/56, 1991/92, 1992/93 e 1993/94 Taça de Portugal, masculino (3 títulos) 1990/91, 1992/93 e 1994/95 Supertaça Nacional, masculino (3 títulos) 1990/91, 1991/92 e 1992/93 Taça de Portugal, feminino (2 títulos) 1984/85 e 1985/86 Supertaça Nacional, feminino (1 título) 1985/86 Fonte: http://www.centenariosporting.com/index.php?content=1115 Venha de lá o palmarés Benfiquista até 2004 e comparemos para acabar com estas postas de pescada para o ar... 1407 títulos...

Re:

é de salutar a rica história do ecletismo que os sportinguistas tanto se orgulham e dou os parabéns pelo vasto palmarés...no entanto, se formos a comparar o palmarés dos 3 grandes no futebol e nas restantes modalidades colectivas de maior prestígio, maior mediatismo em Portugal (maior destaque nos jornais desportivos e com direito a transmissões televisivas semanalmente) e que por inerência onde surgem as grandes rivalidades entre os clubes: Andebol, Basquetebol, Futsal, Hóquei em Patins e Voleibol...ou seja, juntando os titulos do futebol mais destas modalidades que no seu conjunto constituem a grande montra de trofeus dos clubes...perdoem-me sportinguistas mas o sporting encontra-se bem longe dos seus 2 grandes rivais... Ora vejamos: FUTEBOL •1º SL Benfica - 66 Títulos (2 Taças dos Campeões Europeus / Ligas dos Campeões Europeus, 1 Taça Latina, 31 Campeonatos Nacionais, 3 “Campeonatos de Portugal”, 24 Taças de Portugal, 1 Taça da Liga, 4 Supertaças Nacionais) •2º FC Porto - 64 Títulos (2 Mundiais de Clubes / Taças Intercontinentais, 2 Taças dos Campeões Europeus / Ligas dos Campeões Europeus, 1 Taça UEFA, 1 Supertaça Europeia, 24 Campeonatos Nacionais, 4 “Campeonatos de Portugal”, 14 Taças de Portugal, 16 Supertaças Nacionais) •3º Sporting CP - 45 Títulos (1 Taça das Taças, 18 Campeonatos Nacionais, 4 “Campeonatos de Portugal”, 15 Taças de Portugal, 7 Supertaças Nacionais) ANDEBOL •1º Sporting CP - 31 Títulos (17 Campeonatos Nacionais, 12 Taças de Portugal, 2 Supertaças Nacionais) •2º FC Porto - 28 Títulos (14 Campeonatos Nacionais, 7 Taças de Portugal, 3 Taças da Liga, 4 Supertaças Nacionais) •3º SL Benfica – 14 Títulos (7 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal, 2 Taças da Liga, 2 Supertaças Nacionais) BASQUETEBOL •1º - SL Benfica: 52 Títulos (21 Campeonatos Nacionais, 18 Taças de Portugal, 6 Taças da Liga, 7 Supertaças de Portugal) •2º - FC Porto: 30 Títulos (10 Campeonatos Nacionais, 11 Taças de Portugal, 4 Taças da Liga, 4 Supertaças de Portugal, 1 Torneio dos Campeões) •3º - Sporting CP: 13 Títulos (8 Campeonatos Nacionais, 5 Taças de Portugal) FUTSAL •1º Sporting CP – 13 Títulos (8 Campeonatos Nacionais, 2 Taças de Portugal, 3 Supertaças Nacionais) • SL Benfica – 13 Títulos (5 Campeonatos Nacionais, 4 Taças de Portugal, 4 Supertaças Nacionais); •3º FC Porto – 0 Títulos (nunca praticou a modalidade) HÓQUEI EM PATINS •1º FC Porto – 54 Títulos (2 Taças dos Campeoões Europeus / Ligas dos Campeões / Ligas Europeias, 2 Taças CERS, 2 Taças das Taças, 1 Supertaça Europeia / Taça Continental, 18 Campeonatos Nacionais, 13 Taças de Portugal, 16 Supertaças Nacionais) •2º SL Benfica – 39 Títulos (1 Taça CERS, 20 Campeonatos Nacionais, 12 Taças de Portugal, 6 Supertaças Nacionais) •3º Sporting CP – 17 Títulos (1 Taça dos Campeões Europeus / Liga dos Campeões / Liga Europeia, 1 Taça CERS, 3 Taças das Taças, 7 Campeonatos Nacionais, 4 Taças de Portugal, 1 Supertaça Nacional) VOLEIBOL •1º SL Benfica – 16 Títulos (Séniores: 3 Campeonatos Nacionais, 12 Taças de Portugal, 1 Supertaça Nacional) •2º FC Porto – 15 Títulos (9 Campeonatos Nacionais, 6 Taças de Portugal) •3º Sporting CP – 11 Títulos (5 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal, 3 Supertaças Nacionais) TOTAL SL Benfica - 200 Títulos FC Porto - 191 Títulos ... Sporting CP - 130 Títulos Nota: Sporting a 61 Títulos de FC Porto e a 70 de SL Benfica...FC Porto tem possibilidades de vir ultrapassar SL Benfica no futebol e no conjunto destas modalidades em 2009/2010

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Há um clube português que se diz o maior nas modalidades ditas amadoras, agora mais vezes designadas por de alta competição. Não o é (tem cada vez menos em actividade) nem o foi ao longo da existência dos três clubes. Deixo uma lista um pouco desactualizada mas é o que tenho agora. No entanto resalvo os seguintes parâmetros: Somo os títulos nacionais das principais modalidades praticadas (actualmente ou no passado) pelos três grandes clubes nacionais, É só uma questão de fazer contas. Considerando as 11 modalidades mais relevantes que possuem campeonatos nacionais colectivos e somando os títulos conquistados por cada um dos clubes, verifica-se que o Benfica soma 135, contra 129 do Sporting e apenas 61 do FC Porto. Isto apesar da desvantagem no atletismo (21 títulos), modalidade na qual apenas dois campeonatos (ambos ganhos pelo FC Porto) não foram conquistados por Sporting ou Benfica. Se contabilizarmos os títulos do futebol – a modalidade mais importante nos três clubes – a vantagem do Benfica aumenta para 19 títulos. Isto numa altura em que o Benfica está a fortalecer-se nas principais modalidades e o Sporting as está a extinguir. Títulos Nacionais das Principais Modalidades SLB SCP FCP Andebol 6 17 10 Atletismo 22 43 2 Basquetebol 20 8 10 Ciclismo(V.Port.) 9 13 12 Futsal 2 6 - HóqueiemPatins 21 7 14 Natação 6 4 - Râguebi 9 - - Ténis 13 2 - TénisdeMesa 24 28 - Voleibol 3 5 9 TOTAL 135 133 57 Futebol 31 18 20 TOTAL 166 151 77 Nota: Consideram-se apenas os principais campeonatos colectivos de cada modalidade (Volta a Portugal, no caso do ciclismo), já que não fazia sentido haver mais que um campeão por modalidade (casos da pista coberta no atletismo ou da piscina curta na natação, por exemplo). Tal como não considero desportos individuais. Nem provas diversas dentro das modalidades. Refiro novamente que os números estão desactualizados pois tenho esta lista guardade à algum tempo. Só nos últimos 3 anos o Banfica ganhou 3 campeonatos de fusal um de basket e um de andebol. P.S. Pistola de guerra?? FDX quem é contabiliza quantos campeonatos de pistola de guerra alguém ganha????????

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

"Pistola de guerra?? FDX quem é contabiliza quantos campeonatos de pistola de guerra alguém ganha????????" Quem aprecia esse desporto...mas porque és tu a decidir quais os desportos mais importantes? Porque há-de ter o praticante de tiro ou de ténis-de-mesa menos relevo que os outros desportos? Aliás, ambos são modalidades Olímpicas, porque hão-de ser descriminados?

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Passando os olhos pela longa lista vejo que a grande maioria dos títulos conquistados são até 1990 sendo um reduzido número de títulos de então para cá. Pergunto eu sem clubismos alguns. O Sporting de agora é este Sporting eclético que aparece nesta lista? Não estará a desaparecer esse Sporting? Não estará o ecletismo do Sporting a desaparecer com o tempo? È que olhando para o vasto palmarés consigo entender que de facto foram campeões em variadíssimas modalidades mas que muitas delas já não existem no clube. Não estará o Presidente do Sporting demasiado focado no futebol esquecendo as modalidades que tanto engrandeceram o clube? Cumprimentos

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Está a voltar agora a pouco e pouco...ainda há cerca de meia dúzia de anos é que voltaram algumas modalidades que entretanto tinham sido extintas e já se sabe que até a máquina voltar a carburar vai precisar de muito tempo e paciência. Felizmente essa tendência de "eliminar" modalidades, está a inverter agora o rumo.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Não sei actualmente caro user... Mas há alguns anos atrás pratiquei andebol no Sporting e posso dizer que grande parte da formação do Sporting foi para outros clubes portugueses porque a secção de andebol estava pela hora da morte, com muita pena minha, que sempre adorei o andebol que o Sporting praticava e fui habituado desde pequeno a jogar contra formações sportinguistas (quando jogava no Ginásio Clube de Odivelas). Cumprimentos, Not_me

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Pelo menos este ano apostaram forte no andebol sénior, em termos de formação já não o sei, mas julgo que agora com o avançar do pavilhão previsto para 2010, o voltar às raízes talvez aconteça.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Espero que sim caro user. Como praticante penso que o Sporting tem capacidade ecléctica para construir uma boa equipa e ter uma boa formação no andebol. De facto aquele pavilhão que existia era no mínimo caricato. Situado num 2 ou terceiro andar sem bancadas. Os jogos tinham que ser no pavilhão do Casal Vistoso nas Olaias, quando o Sporting jogava em casa. Cumprimentos, Not_me

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Não tenho essa ideia mas também não sou profundo conhecedor das modalidades do Sporting. Se assim for saúdo essa aposta e creio que seja um caminho a seguir. Tal como saúdo a aposta do Benfica nas modalidades. È importante para os clubes e para os projecto olímpicos portugueses que devagar devagarinho caminham em passos seguros para algo mais e melhor. Cumprimentos

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Voltou há pouco o Hóquei, o Ciclismo, estão a apostar agora na Superleague Formula... Mas podes ver a lista de modalidades no link, inclusive as extintas... http://www.sporting.pt/Info/Modalidades/Modalidades.asp

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Esta foi bem metida só foi pena não teres ido buscar um outro site que tem tudo actualizado até ao ano passado. Depois para mostrares a nossa grandeza,ficou também a faltar o número de filiais,casas do clube e núcleos espalhados por todos os cantinhos do mundo.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Epá encontrei este site por acaso e ficou logo nos favoritos...:P Manda aí o link desse tal site actualizado! ;)

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

O teu artigo é de enaltecer. Isto é uma autêntica eciclopédia. Nem eu sabia que o Sporting tinha tantos titulos. Houvia dizer que foi um dos maiores clubes ecleticos do Mundo, mas nunca pensei que fossem tantos os títilos. Benfica, Porto e Jornalistas embrulhem.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Mérito do site que tive sorte em encontrar. Aparentemente fizeram esse site no ano do centenário, mas desconhecia-o, encontrei-o por acaso quando um Benfiquista aqui no Relvado me desafiou a apresentar o palmarés do Sporting, devido à afirmação de sermos o segundo clube da Europa com mais títulos a nível de modalidades...:P

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Depois de tanto copy-paste vais agora ao início da página, ao título do artigo, e vês lá a palavra futebol.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

O copy-paste foi só um... "O Porto é o melhor clube do Norte e o Benfica o melhor clube do Sul;" Então quer dizer que posso pegar no Atletismo e afirmar que o Sporting é o único grande em Portugal?

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

No que toca a atletismo.. podes!

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Lol mas é estúpido...imagina esta conversa com um "estrangeiro": - Olha dominamos o Atletismo, a pesca desportiva, somos o melhor clube em Portugal, mais nenhum se compara...

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Mas a divisão só pode ser feita por desportos. De outra maneira é impossível. Porque não podemos colocar Xadrez no mesmo saco de Futebol. Isso sim não faz sentido.. e se assim fosse o Ginásio Clube do Sul seria um dos melhores clubes do Portugal.. por exemplo.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Mas isso é o que eu estou a dizer...a ideia aqui passada é a de clube e num clube mexe muita coisa para além do futebol. Ele que afirmasse que o Benfica a nível Histórico e a nível de títulos já conquistados no futebol ao longo do tempo é o melhor e aí já não havia lugar a grandes "exibições" de títulos da minha parte, agora querer passar a ideia que o Benfica é melhor clube que o Sporting tem duas grandes falhas. -Em termos de todas as modalidades, o Benfica tem menos títulos que o Sporting. -Mesmo falando de futebol, actualmente o Sporting é melhor que o Benfica.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Actualmente o Braga é melhor que os 3 grandes. É que até o actualmente é susceptível a discussão. Para ti actualmente é por exemplo 10 anos. Para outros 5, para outros 20 :P Pelo que nunca iríamos sair daqui. eheh

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

e vês lá a palavra futebol. Mas não se pode distinguir a grandeza de um clube só pelo futebol. A grandeza de um clube vê-se pelo seu todo. Agora também compreendo apesar de não aceitar que cada um defenda a sua dama tentando fugir da realidade.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Demasiado seca isso tudo! Acho que ninguem quer saber, nem se deram ao trabalho de ler. Só um grande idiota com muito tempo para estas coisas. Vejo também que és muito bom de "rato", com um "copiar" e "colar", colocaste aqui todos os títulos das modalidades do Sporting! Mas a grande pergunta é: O que raio tem a ver toda essa conquista com o futebol? Mérito do Sporting enquanto instituição e não enquanto clube de futebol! Se querias elevar o teu clube de futebol e disfarçar o momento de crise, esses dados todos não adiantaram de nada. Pelo menos na caça submarina o Sporting teve mais sucesso que o rival Benfica, os meus parabéns "lagarto"! Isto é de rir ... quando vi caça submarina logo no ínicio vi logo que era deprimente. Onde chegamos nós, estamos num site de futebol e vêm para aqui gente colocar mensagens sobre os títulos da caça submarina e de outras modalidades de grande "prestígio"!

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Está o resumo na última linha, não é preciso ler tudo...lol Rato? Teclado meu amigo...o rato só serve para onde o teclado ou não chega, ou demora demasiado tempo a chegar... E eu pergunto, o que tem a ver o futebol com o melhor clube a "Sul"? Pergunto-te o mesmo que perguntei ao Chocoloco, será que posso pegar no Atletismo e dizer que o Sporting é o único clube "grande" em Portugal? "quando vi caça submarina logo no ínicio vi logo que era deprimente." Já deu para ver que há por aqui pessoal muito elitista. Não é dos desportos que mais aprecio, nem que tenho hábito de acompanhar, mas é uma competição que move pessoas que o apreciam, se calhar mais que o próprio futebol...porque deve então ser ignorados os títulos? Porque não interessam aos elitistas, é isso? Estamos a falar de clubes e não de equipas de futebol. O Perpétuo falou de clubes e como tal aqui está o palmarés do meu clube. Se quisesse falar de equipas de futebol, que as referisse...

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Rato ou teclado isso fica ao teu critério e da maneira que te der melhor jeito. Quando eu venho ao relvado venho na esperança de ver argumentos com base no futebol, não propriamente em todas as outras modalidades do clube. A grandeza do clube isso são conquistas, é história ... o futebol em si tem de ser com base na actualidade e aqui no relvado pede-se que se fale de futebol. Para falar de outras coisas troquem os vossos mails e falem do que vos apetecer. Também não me parece que a caça submarina mova mais pessoas que o futebol, mas se assim o dizes é porque estás informado... ou realmente escreveste sem reflectir. Mas é assim, os clubes têm várias modalidades mas a verdade é que associamos sempre ao futebol os clubes, porque o futebol é mesmo a modalidade com mais seguidores. Não estou a desvalorizar as outras modalidades, mas é a verdade. E vemos que certos clubes têm no seu nome "Futebol". Por exemplo: Futebol Clube Barcelona. Mas este clube também é bom em Hóquei, no entanto, o seu nome completo tem a palavra futebol. Diz muita coisa. Tem algumas semanas de relvado e já me apercebi que as moderações aos comentários são feitas sem imparcialidade. Já vi moderações ridículas.

Re: TÍTULOS DE TODAS AS MODALIDADES ATÉ 2004-2005

Futebol e actualidade?Continua o Sporting a ser o melhor clube a "Sul"...

Re: Benfica e Porto: a mais velha aliança do futebol nacional

"Será que é preciso falecer o Pinto da Costa para as relações voltarem a ser pacíficas" ou então "Será que é preciso falecer o Filipe Vieira para as relações voltarem a ser pacíficas" Dás a ideia que as relações são más por causa de Pinto da Costa, mas segundo o Pinto da Costa que era amigo do Vieira este virou-lhe as costas quando se tornou Dirigente do Benfica. Esta história é muito complicada e por muito que argumentemos aqui nunca se vai saber ao certo quem começou a dita "guerra". O problema da questão é que são "dois galos para um só poleiro" e daí terem nascido grandes problemas quando o FCP se tornou ganhador e o Benfica perdedor - antes disso nunca houve grandes problemas. Como resolver o problema que não interessa a ninguém a não ser a alienados, pessoas movidas pelo ódio por causa de problemas pessoais e que encontram no futebol uma escapadela para não irem dentro de si mesmos e arrepiarem caminho? Só o tempo o resolverá com outras gentes a dirigirem ambos os clubes, ninguém espere que saia um só e quem entrar vá pedir desculpa ao outro - isso nunca acontecerá. Quem perde com isto é o futebol porque hoje em dia movimenta muito dinheiro e há questões essenciais em que os clubes deviam estar unidos excepto claro o cada um querer vencer. Há um ditado que diz "não há mal que sempre dure" e temos o exemplo das civilizações com guerras e inimigos de ontem deixaram de o ser. Se cada um de nós der um pequeno contributo que seja para não acirrar os ânimos com o tempo as coisas mudarão mas certamente com outros dirigentes - estes já bateram muito no fundo nas guerras para ser possível um entendimento. Não sejamos contudo uns carneiros a dizer o que os nossos "chefes" dizem, se não o formos eles terão que entrar por outro caminho se não o da paz pelo menos da acalmia.

Re: Benfica e Porto: a mais velha aliança do futebol nacional

Isso não há problemas, mata-se um deles, só tens que dizer qual? Ou melhor mata-se os dois, e fundem-se num só clube.